Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Segunda-feira, 03 de janeiro de 2005 - Nº 1190 Edições Anteriores

Giorgio Portal da Palmeira Locação

Região
Trilhas em parques revelam a riqueza da Mata Atlântica
Freqüentadores são "devotos" da natureza
Praias terão reforço de salva-vidas
Preços no litoral disparam na temporada
Comerciante alega defasagem
Confira os preços cobrados a beira mar

Caraguatatuba
Após missa, Aguilar toma posse na Câmara Municipal
José Aguilar recebe faixa em Caraguá


Ilhabela
Manoel Marcos, Simões e vereadores tomam posse em Ilhabela
Luiz Lobo é eleito presidente da Câmara Municipal de Ilhabela
Praia deserta garante paz e tranquilidade
Ilhabela vai seriar o Campeonato Brasileiro de Laser em Janeiro

São Sebastião
Juan toma posse e revoga aumento de tarifa de ônibus
Wagner Teixeira é o novo presidente da Câmara de São Sebastião

Ubatuba
Prefeito suspende temporariamente cobrança de estacionamento na praia
Posse de prefeito, vice e vereadores é marcada por tumulto em Ubatuba
Confusão em Ubatuba atrasa posse
Assista a Sessão na Câmara de 02/01/2005 (Domingo)
Superpopulação de animais ameaça o ecossistema da Ilha Anchieta
Aves são ameaçadas de extinção
Pesquisador avalia danos à vegetação
Projeto é implantado sem critério técnico
Ubatuba preserva paraísos

Seções
Artigos
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

 Trilhas em parques revelam a riqueza da Mata Atlântica
Vale e Litoral Norte possuem 13 reservas naturais abertas para passeios

Litoral Norte - O Vale do Paraíba possui refúgios de mata natural que muitas pessoas desconhecem. Cerca de 20% da vegetação nativa da região está preservada e distribuída em 13 reservas florestais abertas ao público.
Os passeios oferecidos pelos parques são, em sua maioria, monitorados e voltados para a família, grupos de escolas ou apreciadores da natureza.
A idade mímina aconselhada para realização das caminhadas é de 7 anos.
As principais atrações das trilhas são os rios de água limpa, cachoeiras, animais silvestres e a vegetação nativa dos parques. Os níveis de dificuldade e a extensão das trilhas variam muito, podendo exigir dos participantes até um dia de caminhada pela mata.
"Cada parque tem sua característica. Alguns estão preparados para receber os turistas sem hora marcada, outros não. Mas todos são locais de lazer para os amantes da natureza", disse o coordenador DRPE (Divisão Regional de Parques Estaduais), José Luiz de Carvalho, 46 anos.
O Parque Estadual da Serra do Mar possui 315 mil hectares e é considerado a maior porção contínua preservada de Mata Atlântica do Brasil. Ele possui seis núcleos de preservação --Núcleo de Santa Virgínia (São Luís do Paraitinga); Núcleo de Piracinguaba (Ubatuba); Núcleo de Caraguatatuba, Núcleo Cunha e Núcleo de São Sebastião. Os parques estaduais de Ilhabela e da Ilha Anchieta completam as reservas de mata nativa na Serra do Mar. Já a Serra da Mantiqueira abriga o Parque Estadual de Campos do Jordão, onde está localizado o Horto Florestal e o Parque Estadual Mananciais de Campos do Jordão (veja quadro abaixo).
De todas as áreas de preservação do Vale do Paraíba, apenas o Parque Estadual Mananciais de Campos do Jordão, que não é aberto à visitação, e a Unidade de Preservação de Bananal são destinadas à pesquisa científica.
SEGURANÇA - Para realizar uma caminhada tranquila nas trilhas das reservas de mata existentes na região é necessário tomar alguns cuidados. A maioria dos passeios só pode ser feito após agendamento com os guias que, além de garantir a segurança durante o percurso, dão explicações sobre plantas e animais silvestres.
"As trilhas mais puxadas, com mais de 10 km, devem ser feitas apenas por pessoas que já estão acostumadas a longas caminhadas na mata. Para realizar a trilha do Pico do Corcovado (Núcleo Santa Virgínia), por exemplo, é preciso um dia inteiro andando", disse o técnico em gestão de unidade de conservação do Núcleo Santa Virgínia, em São Luís do Paraitinga, Giordano Bruno Automare, 30 anos.
Os turistas devem trajar roupas leves, calça jeans, tênis adequado para caminhadas, boné e agasalho para eventuais mudanças do tempo.
"Também é aconselhável levar um sanduíche natural, frutas e água", disse o servidor municipal Dídimo Marcon, 46 anos, que realiza trilhas há oito anos.
Ele também alerta para o cuidado com o meio ambiente. "Todo o lixo deve ser recolhido para manter limpa a mata. Todos devem levar um saco de lixo na mochila." (Fonte: ValeParaibano)

Freqüentadores são "devotos" da natureza

Litoral Norte - O contato com a natureza é a principal motivação para os freqüentadores dos parques no Vale e Litoral Norte. "Fazer as trilhas é muito bom. Tenho oportunidade de estar com meu amigos e de conhecer melhor a natureza da região, que é muito rica", disse o relações públicas Tiago Presotto, 21 anos, que conheceu o Núcleo Santa Virgínia, em São Luís, aos 13 anos durante uma excursão escolar. Pelo menos três vezes ao ano, Presotto faz caminhadas no local. O inspetor de qualidade José Paixão Nascimento, 56 anos, também frequenta os parques. "Sempre vou com os amigos, mas já cheguei a fazer algumas trilhas sozinho. O bom é que você acaba conhecendo pessoas que se tornam seus amigos durante a caminhada." (Fonte: ValeParaibano)

Praias terão reforço de salva-vidas

Litoral Norte - As praias mais frequentadas do Litoral Norte contarão com reforço de guarda-vidas para a temporada. O Salvamar (Salvamento Marítimo) aumentou de 74 para 203 o número de guarda-vidas nas praias, com apoio das Prefeituras e Petrobrás.
Devido ao aumento do número de turistas, o Salvamar também colocou guarda-vidas em outras 21 praias da região. Em São Sebastião, por exemplo, o número de praias com a presença de guarda-vidas passou de 2 para 7, no período que vai entre o Réveillon e o Carnaval.
São Sebastião conta com 70 guarda-vidas e Caraguá, com 69. Ubatuba tem 64. As praias de Ilhabela não têm guarda-vidas.
Segundo o tenente Igor Klein, que comanda o Salvamar, a Prefeitura de Ilhabela não havia manifestado interesse no convênio.
Segundo Klein, o reforço foi definido de acordo com o movimento de banhistas nas praias. A praia de Martin de Sá, em Caraguá, por exemplo, que recebe 10 mil banhistas nos feriados prolongados, terá 12 guarda-vidas no verão. Fora deste período, a praia conta com quatro homens.
Na "Operação Verão", o Salvamar terá o apoio do helicóptero Águia, da Polícia Militar, que sobrevoa as principais praias durante a manhã e tarde, além de viaturas e botes infláveis. Entre as funções dos guarda-vidas estão a orientação aos banhistas sobre os locais mais seguro para o banho e também a localização e identificação de crianças perdidas. (Fonte: ValeParaibano)

Preços no litoral disparam na temporada
Turistas e moradores reclamam de reajustes no verão; comerciantes alegam aumento do custo

Litoral Norte - Comerciantes à beira-mar, principalmente, bares, quiosques e restaurantes, aumentaram seus preços com a chegada da temporada. Uns alegam que os preços estavam defasados há um ano; outros, que tudo subiu, inclusive a matéria-prima utilizada nos produtos e até o combustível.
O comerciante Luciano Reid, do restaurante Papagaio, em Ilhabela, disse que reajustou seus preços em até 8% para a temporada. "Tudo subiu, não tinha como manter os mesmos preços", justificou.
O quiosque Canto Bravo, na Praia Martim de Sá, em Caraguá, aumentou os preços das porções de peixe e camarão. O peixe passou de R$ 12 para R$ 16 e o camarão, de R$ 13 para R$ 15. "Nossos preços eram os mesmo desde a última temporada", justificou a gerente Luciane Souza.
Em Ubatuba, o quiosque Cantão, na praia Grande, aumentou a lata de cerveja de R$ 2,20 para R$ 2,50. "Fico constrangido de aumentar o preço", comentou o proprietário Rafic Shaar. Segundo ele, o reajuste foi provocado pelo aumento no preço da bebida por parte do distribuidor.
As associações comerciais e de quiosques alegam que os reajustes são normais nesta época do ano, porque os preços estavam defasados e tabmém devido aos aumentos de luz, água, energia e combustível (leia texto nesta página).
O turista Valter Silva, de Campinas, disse que não vê problema nos preços cobrados nos quiosques e restaurantes, mas que lamenta o preço cobrado pelo combustível na região. "São bem mais caros que os cobrados em Campinas", afirmou.
No Litoral Norte, o preço do litro de gasolina varia R$ 2,39 a R$ 2,53, e, o do álcool entre R$ 1,23 e R$ 1,57.
Francisco Toledo, de São Paulo, disse que constatou aumento nos preços dos restaurantes self service e nos sorvetes vendidos pelos ambulantes. "O sorvete era vendido a R$ 0,50 e agora custa até R$ 1 nas praias", afirmou.
CONSUMIDORES - Os moradores da região também constataram aumento de preços em açougues, quitandas e padarias. Eles alegam que isso é comum em todo início de temporada de verão.
A dona-de-casa Rosângela Pereira, do bairro do Indaiá, em Caraguá, afirmou que constatou aumento nos preços das carnes no açougue em que faz compras. "O quilo do filé mignon passou de R$ 14 para R$ 17 nesta semana."
Já Leila Borges, de Ubatuba, afirmou que constatou aumento no preço do pãozinho esta semana. "Custava R$ 0,20 e agora passou para R$ 0,25", reclamou. Ela disse que já se acostumou com os reajustes de preços durante a temporada.
O escritor Maurício Neto, de Caraguá, contou que o restaurante self service onde almoça diariamente aumentou preço de R$ 3,50 para R$ 4,50 esta semana. Ele aproveitou para fazer um trocadilho: "Ano novo, novos preços".
O aposentado Benedito Marcondes, também de Caraguá, afirmou ser um desrespeito para com a população local o reajuste de preços antes do início da temporada. "Nós consumimos o ano inteiro por aqui", disse Marcondes. (Fonte: ValeParaibano)

Comerciante alega defasagem

Litoral Norte - O presidente da Associação Comercial de Ilhabela, Marcelo Carlos, afirmou que os preços no litoral são reajustados uma ou duas vezes ao longo do ano, em função do aumento da matéria-prima e até dos combustíveis.
"Os comerciantes aproveitam o início da temporada para atualizarem seus preços, que deverão permanecer os mesmos até a próxima temporada", disse.
Segundo ele, o consumidor está cada vez mais exigente, por isso, os comerciantes evitam aumentos abusivos.
O presidente da Associação Comercial de Caraguá, Jorge Washington de Camargo, afirmou desconhecer reajustes nos preços esta semana. Com relação ao preço dos combustíveis, Camargo afirmou que o consumidor tem pesquisar e procurar abastecer nos postos com as melhores ofertas.
O presidente da Associação dos Quiosques de Caraguá, Mozzart Russomano, justifica que os preços de bebidas, porções de peixe e de camarão, foram mantidos ao longo do ano pelos comerciantes, mas que tiveram que ser reajustados agora devido ao aumento dos produtos para os comerciantes.
O assessor técnico do Procon em Caraguá, Rafael Dias, disse que o órgão não recebeu nenhuma denúncia por parte dos consumidores. "Caso o consumidor constate aumentos abusivos pode apresentar queixa ao Procon, afirmou. (Fonte: Imprensa Livre)

Confira os preços cobrados a beira mar

Caraguá - Praia Martim de Sá (Quiosque Canto Bravo)
Cerveja em lata R$ 2,50
Refrigerante R$ 2,00
Caipirinha R$ 5,00
Porção de Peixe R$ 16,00
Porção de Camarão R$ 15,00

Ubatuba - Praia Grande (Quiosque Cantão)
Cerveja em lata R$ 2,50
Refrigerante R$ 2,00
Porção de Peixe R$ 18,00
Porção de Camarão R$ 18,00
Caipirinha (Pinga) R$ 5,00

Ilhabela - Praia do Curral (Restaurante Papagaio)
Cerveja em lata R$ 3,00
Refrigerante R$ 2,80
Porção de Badejo R$ 29,00
Porção de Camarão R$ 29,00
Caipirinha(Pinga) R$ 7,50

São Sebastião - Praia de Maresias (Bar da Praia)
Cerveja em lata R$ 3,00
Refrigerante R$ 2,50
Porção de Mexilhão R$
Porção de Lula R$ 32,00
Caipirinha(Pinga) R$ 8,00 (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Após missa, Aguilar toma posse na Câmara Municipal

Caraguatatuba - O prefeito eleito José Pereira de Aguilar tomou posse hoje em cerimônia realizada na Câmara Municipal. A mudança de administração foi iniciada às 17h, com uma missa celebrada na Igreja Matriz de Santo Antonio, pelo bispo diocesano Dom Fernando Mason e os demais padres da cidade.
Após o encerramento da missa, Aguilar seguiu acompanhado de todo seu secretariado para a sede do legislativo, onde o até então prefeito Antonio Carlos Silva e os dez vereadores eleitos já o esperavam. Aurimar Mansano, o vereador mais votado da eleição passada, foi nomeado presidente interino da Câmara e nessa condição deu andamento à cerimônia de posse.
Todos os vereadores fizeram o juramento, seguidos pelo vice-prefeito Lucio Fernandes. O ultimo a jurar foi Aguilar. Depois de empossados no cargo, cada um pôde fazer uso da tribuna. Antonio Carlos da Silva também se manifestou. Ele aproveitou para fazer um balanço da sua administração e de como está deixando a prefeitura, que tem em caixa R$ 5 milhões.
Na seqüência do processo de mudança de administração, Mansano deu um intervalo na sessão, estipulando o prazo para a volta, que era 21h05. Até esse horário, os vereadores poderiam inscrever suas chapa para a eleição dapresidência da mesa do legislativo.
Nesse intervalo, os presentes foram convidados para participar da transmissão de cargo e a entrega do dispositivo municipal a Aguilar, que aconteceu no gabinete.
Antonio Carlos e Aguilar assinaram a documentação da transmissão. Depois o ex-prefeito entregou a faixa destinada ao prefeito, que foi implantada no final de 2004 e é utilizada pelo prefeito e presidente da Câmara em ocasiões especiais.
Antonio Carlos pediu para se ausentar logo após entregar a faixa e a cerimônia teve prosseguimento, com o discurso do prefeito empossado e a assinatura da nomeação de cada secretário.
O evento terminou com o lançamento da logomarca da nova administração, realizado também na prefeitura. Ontem a noite, o novo lema de Caraguatatuba também seria apresentado no show do conjunto Roupa Nova, que marca o início do mandato de Aguilar.
Juarez Pardim é eleito presidente da Câmara - Depois de muitas negociações, os boatos de que Juarez Pardim seria eleito presidente da Câmara foram confirmados. Ele ganhou a presidência da casa por unanimidade, liderando chapa única.
Pardim diz que está muito satisfeito com o resultado e pretende fazer um bom trabalho nessa posição. Ele conta que pouco a pouco foi recebendo o apoio dos demais vereadores, até chegar ao ponto da eleição unânime.
O vereador diz que lançou-se candidato por incentivo de seus colegas Aurimar e Omar Kazon. Conta ainda que recebeu o apoio de Wilson Gobetti, que deixa a presidência. Além disso, outros dois vereadores que integram a chapa garantiriam o resultado.
Germinio é o primeiro secretário e Francisco Carlos Marcelino, o segundo. Aurimar é o vice-presidente eleito. "Não resolvi entrar para a presidência da Câmara por vaidade pessoal, mas devido ao trabalho que pretendo realizar pela comunidade", afirmou. (Fonte: Imprensa Livre)

José Aguilar recebe faixa em Caraguá

Caraguatatuba  - Em Caraguatatuba, o prefeito José Pereira Aguilar (PSDB), recebeu ontem à noite o cargo do 'padrinho' político e antecessor, Antônio Carlos da Silva (PSDB), em cerimônia que reuniu cerca de 400 pessoas na sede da Câmara.
Aguilar foi eleito em 3 de outubro com 28.454 votos (62,73% do total de válidos), contra 15.204 (33,52% dos válidos) de Alvaro Trindade (PMDB).
Ele recebeu ainda a faixa de prefeito, na primeira vez em que a honraria fez parte da solenidade de posse.
Estiveram presentes ao evento diversas autoridades, como o novo presidente da Câmara de Jacareí, Júnior Raad (PSDB), e o diretor do Deinter 1 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), Claudinê Pascoetto, de São José dos Campos.
Também foram empossados ontem os 10 vereadores, que antes da cerimônia passaram pelo teste 'antidoping', conforme previsto no Regimento Interno. O exame é feito para atestar as condições de saúde dos parlamentares.
A sessão foi presidida por Aurimar Mansano (PTB), vereador mais votado do último pleito.
Em seu discurso na transmissão do cargo, Antônio Carlos afirmou que deixará ao seu sucessor R$ 5,4 milhões em caixa e R$ 4 milhões a serem investidos em obras.
Ele disse que neste ano irá se dedicar à família e aos negócios e que deixará para definir apenas em 2006 se será candidato a deputado estadual ou federal. (Fonte: ValeParaibano)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Sailing Shop

Manoel Marcos, Simões e vereadores tomam posse em Ilhabela

Ilhabela - O prefeito reeleito Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB) e seu vice-prefeito, Antonio Cajado Simões (PL) tomaram posse na prefeitura de Ilhabela, para o mandato 2005/2008, na tarde de ontem.
Também foram empossados os 9 vereadores eleitos do município. A sessão solene da instalação da nova legislatura começou às 17h00 com uma leitura da Bíblia, (Salmos 23). O evento contou com a presença de diversas autoridades do Legislativo, Judiciário, além de eclesiásticos. Também estiveram presentes o deputado federal Julio Semeghini e o senador Gilberto Miranda, entre outras personalidades.
A sessão solene iniciou-se com o coral da Igreja Matriz Nossa Senhora
D´Ajuda, entoando o Hino Nacional Brasileiro e o Hino da Cidade de
Ilhabela. Logo em seguida, o vice-prefeito, Simões, ressaltou a importância de reeleição de Manoel Marcos. "Tentaremos, a partir deste segundo mandato, encurtar ainda mais as distâncias, evitando a desigualdade social em nosso município", diz.
Ele também fez uma homenagem às vítimas do maremoto "Tsunami", que tirou milhares de vidas no Oceano Índico. Os vereadores fizeram um juramento prometendo cumprir as regras do Regimento Interno, de acordo com o Artigo 5º, parágrafo 4º.
O prefeito Manoel Marcos destacou que a vantagem de não haver transmissão de cargo é a possibilidade de se "continuar o plano de governo nos próximos 4 anos". Ele disse que retribuirá a confiança depositada em sua pessoa. "Faço com entusiasmo redobrado trabalhar pelo município que cresci e que amo".
O Chefe do Executivo finaliza dizendo que não deixou dívidas na prefeitura. "Iniciarei o novo mandato com um superávit de R$ 1 milhão".
O prefeito relembrou o falecimento do seu ex vice-prefeito Gilson Tangerino, no ano de 2004. Ao final, Manoel Marcos revelou que logo no início de sua gestão entregará uma creche, um fórum, 80 unidades habitacionais, além de 2,4 mil novas instalações de rede de esgoto.
"Iremos lutar pela preservação dos mananciais e transformaremos nosso município em um dos melhores do mundo para se viver", finalizou.
O prefeito anunciará o nome do novo secretário municipal de Juventude, Esportes e Lazer na próxima segunda-feira.  (Fonte: Imprensa Livre)

Luiz Lobo é eleito presidente da Câmara Municipal de Ilhabela

Ilhabela - O vereador Luiz Antonio dos Santos, o Luiz Lobo (PL) foi eleito o novo presidente da Câmara Municipal nesta na noite de ontem. O novo chefe do Legislativo teve 7 votos e uma abstenção, por parte da vereadora Nanci Perez de Araújo Zanato (PTB). A votação foi aberta e nominal e contou com a presença de mais de 100 pessoas nas galerias.
A chapa única “Ilhabela forte” foi eleita e a mesa diretora agora é composta por Luiz Lobo na Presidência, José Roberto Campos, o Beto (PMN) como vice, além de Márcio Garcia (PL) como 1º Secretário e Joadir Luiz Capucho (PPS) e Guilherme Henrique Maria Vieira (PMDB). O novo presidente permanecerá no cargo até 2006.
A vereadora Nanci Perez de Araújo Zanato diz ter se ausentado da votação devido a “motivos particulares”. Ela comentou que “alguns sapos pode-se engolir, mas outros são impossíveis”.
No encerramento da solenidade, o novo presidente Luiz Lobo declarou que suas principais plataformas para o biênio 2005-2006 é a instalação e centralização do 190 no município de Ilhabela (Polícia Militar), uma Câmara mais participativa, além de incentivo ao esporte e à cidadania.  (Fonte: Imprensa Livre)

Praia deserta garante paz e tranquilidade

Ilhabela - Para evitar a superlotação à beira-mar nesta época do ano no Litoral Norte, só mesmo refugiando-se em uma das praias ainda desertas e selvagens existentes na região. O acesso a esses refúgios nem sempre é fácil e pode exigir espírito de aventura e preparo físico, mas a recompensa é gratificante.
Ilhabela, por exemplo, tem várias opções para aqueles que desejam fugir do movimento. A baía de Castelhanos é uma delas. Situada a 22 km do centro da ilha, a baía abriga uma praia que leva o mesmo nome e tem como vizinhas praias incríveis como a dos Gatos, Mansa, Vermelha, Guaxumas e Serraria.
A viagem a Castelhanos, de carro ou de barco, pode ser fretada a R$ 50 por pessoa junto a empresas que oferecem o serviço na ilha.
Castelhanos é uma praia selvagem com cerca de 1,5 km de extensão, ideal para banho e prática de surfe. O vilarejo de pescadores não tem energia. Não existe nenhuma pousada no local, mas pode-se acampar em algumas áreas.
Um prato feito, com peixe capturado pela manhã, arroz e feijão custa em média R$ 8. A cachoeira do Gato é uma atração imperdível. À noite o pessoal se reúne para conversar e curtir um violão.
PARAÍSO - Bonete, no sul da ilha, é outra praia ideal para quem procura privacidade e um pouco de paz nas férias de verão. A praia tem cerca de 600 metros de extensão, é cercada de chapéus de sol e é ideal para banho.
O acesso pode ser feito de barco ou a pé. A caminhada até Bonete leva cerca de cinco horas, mas oferece a oportunidade de conhecer duas cachoeiras: a da Laje e a do Areado.
A viagem pelo mar pode ser agendada com pescadores que vivem na Ponta da Sepitiba ou no Borrifo. Bonete também é uma vila de pescadores artesanais. No local há um camping, uma pousada e também barzinhos simples e aconchegantes e restaurantes. A pé pode-se conhecer a praia de Enchovas, são 40 minutos de caminhada.
A Praia de Jabaquara é outro paraíso à beira-mar. O acesso pode ser feito de barco ou a pé. A praia, mansa e com 1,2 km de extensão, é procurada por praticantes de caça-submarina e pesca. (Fonte: ValeParaibano)

Ilhabela vai seriar o Campeonato Brasileiro de Laser em Janeiro

Ilhabela - Falta menos de um mês ! Entre os dias 21 e 29 de janeiro a BL3 Armação em Ilhabela será palco das disputas pelo Título Brasileiro da Classe Laser nas categorias Standard, Radial e 4.7.
Estão sendo esperados cerca de 200 velejadores de todo o país além de alguns de outros países. Presença confirmada do hepta-campeão mundial e bi-campeão olímpico, Robert Scheidt e habitual frequentador do local. Acompanhe aqui todas as notícias do evento.
E para aquecer o pessoal está programado a realização da Taça Armação nos dias 15 e 16 de janeiro. Serão até 6 regatas na mesma raia do campeonato. Não perca esta oportunidade de dar o último treino antes das regatas do Brasileiro. (Fonte: Correio do Litoral)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

Juan toma posse e revoga aumento de tarifa de ônibus

São Sebastião - O médico Juan Manoel Pons Garcia tomou posse ontem como prefeito de São Sebastião e, conforme havia declarado à imprensa, baixou um decreto municipal para revogar o aumento de tarifa do transporte coletivo urbano, concedido por Paulo Julião na semana passada.
“Vamos honrar tudo o que falamos em palanque. Uma das coisas que nós dissemos é que nada será feito em prejuízo da comunidade sem que se passe por uma discussão exaustiva, envolvendo todos os segmentos interessados. Dentro disso, trouxe e faço questão de assinar, já que empossado estou, portando, no cargo de prefeito, um decreto revogando o vergonhoso aumento do preço das passagens de ônibus.
Se vai haver aumento ou não, isso terá de ser discutido com esta administração, com a comunidade como um todo. Quero saber o que leva o empresário a solicitar aumento e porque é dado a dois dias do fim de um mandato”, disse.
Julião havia decretado o reajuste das passagens na última quarta-feira. A tarifa-base, com o novo decreto de Juan, voltou de R$ 1,90 para o valor de R$ 1,70 praticado anteriormente. Segundo a assessoria do prefeito Juan Garcia, o novo decreto já foi afixado no mural da prefeitura e, por isso, o preço deverá ser reduzido a partir de segunda-feira.
A cerimônia de posse de Juan Garcia foi realizada na Câmara Municipal e começou com aproximadamente uma hora de atraso. Juan chegou acompanhado da esposa Rosa Maria e dos filhos. Ele agradeceu os votos recebidos e garantiu que irá cumprir suas promessas de campanha.
Na abertura, os dez vereadores eleitos foram empossados: Wagner Teixeira, Marcos Leopoldino, José Cardim de Souza, Dalton Silva, Solange Araújo, Kotian, Marcelo Filho do Marinho, Coringa, Robson Ceará e Guto. A solenidade foi presidida pelo vereador mais votado das últimas eleições, Wagner Teixeira, que, posteriormente, acabou sendo escolhido presidente da Câmara.
Após o encerramento, o prefeito Juan Garcia, que completou 47 anos neste dia 1º de janeiro, foi homenageado com um bolo de 47 metros na praça do Coreto. Emocionado, ele agradeceu a comunidade e pediu para que a população reze por sua mãe, que se encontra internada no Hospital de Clínicas de São Sebastião.
Transmissão conturbada - Conforme reportagens publicadas pelo Imprensa Livre, a transmissão de cargo foi conturbada. Paulo Julião e Juan Garcia não se encontraram.
Julião assinou a ata na prefeitura, às 18h30, e repassou ao procurador, Celso Luiz dos Santos, o novo secretário municipal de Assuntos Jurídicos. Juan, por sua vez, fez a assinatura da ata no Teatro Municipal, na presença de mais de 400 pessoas. Na ocasião, ele apresentou seu secretariado. (Fonte: Imprensa Livre)

Wagner Teixeira é o novo presidente da Câmara de São Sebastião

São Sebastião - O vereador Wagner Teixeira, do PV, é o novo presidente da Câmara do município para o biênio 2005/2006. Ele venceu por seis a quatro a eleição feita entre os dez parlamentares durante a primeira sessão extraordinária do ano.
A eleição marcou uma derrota do prefeito eleito Juan Garcia, do PPS, que obteve apenas dois votos adicionais - os de Guto, do PSDB, e de Dalton, do PL -, aos dois nomes eleitos por sua própria coligação - os de Robson Ceará, do PPS, e Coringa, do PFL - este último o candidato derrotado na eleição da mesa da Câmara.
A nova mesa diretora do Legislativo sebastianense ainda é composta pelos vereadores: Modesto Kojin Ono (Kotian), do PTB, foi eleito vice-presidente, Marcelo Mattos, do PP, 1º. secretário e Solange Ramos, do PV, atuará como 2ª secretária.
O primeiro compromisso oficial legislativo do ano está marcado para fevereiro, quando ocorrerá a eleição dos membros das comissões permanentes.
Para a composição da mesa diretora todos os 10 parlamentares votaram. Os vereadores Robson Wilson dos Santos e Luis Santana Barroso (Coringa) chegaram à Câmara com cerca de 15 minutos de atraso - antes da posse do prefeito Juan Pons Garcia e seu vice Paulo Henrique.
Antes de iniciar a escolha, ainda como presidente interino, por ser o mais votado nas últimas eleições, Wagner Teixeira presidiu a sessão. Explicou a ordem em que os cargos seriam votados. "O primeiro voto é para presidente, o segundo para vice, o terceiro para primeiro secretário e o quarto voto para segundo secretário", disse ele.
A votação não surpreendeu os vereadores que, durante o pleito, já apontavam a vitória de Vagner Teixeira. Quem iniciou a votação foi José Cardim de Souza.
Depois foi a vez do vereador Marcelo Mattos, seguido por Marcos Leopoldino e Kotian, que foi o quarto a votar. Pela seqüência estabelecida o vereador Dalton José da Silva foi o quinto a expressar sua escolha. Atrás dele, Robson Santos, Coringa, Augusto Senatore e Solange Rodrigues.
Satisfeito com o resultado, o novo presidente da Câmara disse que em primeiro lugar agradece a Deus. "Sem ele ninguém prospera.
Agradeço também a família e aos meus amigos que sempre estiveram prontos a dar o ombro nas horas difíceis e de dificuldades propondo parcerias e solidariedade. E é esse sentimento que repassamos a todos que acreditaram no nosso trabalho", disse Teixeira, em meio aos cumprimentos dos amigos. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Solar Bem Te Vi

Prefeito suspende temporariamente cobrança de estacionamento na praia
Em decreto assinado ontem – dia 1º de janeiro, o prefeito Eduardo César suspendeu temporariamente a cobrança de estacionamento nas praias de Ubatuba

Ubatuba - Ao tomar conhecimento de um inquérito civil do Ministério Público que questiona a legalidade da cobrança da zona azul nas praias de Ubatuba, o prefeito eleito Eduardo César decidiu, ontem, dia 1º de janeiro, em seu primeiro ato administrativo, suspender temporariamente a cobrança do estacionamento nas praias Grande, Tenório, Lagoinha e Maranduba. O preço da zona azul era de R$3,00 por carro, para qualquer período de permanência no estacionamento. Segundo o prefeito, a suspensão estará em vigor até que sejam concluídos estudos técnicos que indicarão os procedimentos que serão tomados daqui para frente com o objetivo de sanar as irregularidades constatadas. Esses estudos serão conduzidos por uma comissão prevista no próprio decreto assinado ontem. “Não podemos iniciar nossa administração repetindo os erros dos nossos antecessores, e o que é pior, praticando atos ilegais, já que a lei 1679/97 que criou a cobrança em estacionamentos públicos não foi devidamente regulamentada”, explicou o novo prefeito de Ubatuba.
Segundo o procurador jurídico da nova administração, Anderson de Souza, a lei 1679 de 1997 autorizou a Comtur a permissão de uso de vias para cobrança de estacionamentos. Porém, esse decreto não foi editado e, portanto, há sete anos essa cobrança vem sendo feita de forma irregular, explicou o advogado. Ainda segundo ele, em 2002 o Ministério Público iniciou um inquérito civil que está apurando esta questão”.
Sem benfeitorias - Para o prefeito Eduardo César, além de ilegal, a cobrança nos estacionamentos das praias, da forma como é feita hoje, sem nenhum benefício ao usuário, é também imoral. “O nosso turista, ao pagar pelo estacionamento, deveria receber algum tipo de benfeitoria”, avalia o prefeito. Para ele é preciso dotar os estacionamentos de condições mínimas de trafegabilidade e segurança, para só depois, efetuar o pagamento. Isso, sem contar, segundo Eduardo César, com um controle rígido dessa cobrança para evitar possíveis desvios. “Ainda na condição de vereadores participamos – eu e o Domingos, meu vice – da CPI da Comtur e verificamos que além de grandes dívidas, os procedimentos adotados nessas cobranças não permitem um controle eficaz, o que pode favorecer a corrupção – prática que vamos combater do primeiro ao último dia do nosso governo”, enfatizou.
Jija ainda não assume - O convidado do prefeito Eduardo César para dirigir a Comtur, o empresário Josias Baltazar Nunes Sabóia, o Jija, como é mais conhecido, decidiu, em virtude dos últimos acontecimentos, não assumir a direção da empresa de economia mista até que a comissão que será instituída pela prefeitura faça um profundo levantamento na situação real da Companhia de Turismo. “Nos últimos dias tomamos conhecimento de uma série de dívidas contraídas pela Comtur a serem pagas esse ano e isso, somado ao problema da cobrança ilegal dos estacionamentos, fez com que decidíssemos, em conjunto com o prefeito, adiar a nossa posse na presidência da Companhia de Turismo de Ubatuba. (Fonte: PMU)

Posse de prefeito, vice e vereadores é marcada por tumulto em Ubatuba

Ubatuba - A sessão solene que marcaria na manhã de sábado a posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito de Ubatuba foi totalmente tumultuada. A cerimônia, que estava marcada para acontecer às 10 horas da manhã de ontem, começou com um atraso de cerca de 1 hora e dez minutos.
Por volta das 11 horas e dez minutos teve início a solenidade com o vereador reeleito, Gerson Biguá, o mais votado nas eleições de outubro, lendo seu termo de compromisso e juramento. Logo em seguida foram empossados os vereadores Charles Medeiros, Jairo dos Santos, Edílson Félix, Luciana Machado, Marquinhos Tio Sam, Dr. Ricardo e Mico.

O mesmo não aconteceu com o vereador Osmar. Gerson Biguá alegou que ele não havia entregue seu diploma em tempo hábil e disse que por esse motivo ele não seria empossado.
Esta decisão gerou um forte tumulto tanto dos vereadores quanto do público presente.
A presença da Polícia Militar foi solicitada e a sessão foi
interrompida, sob ameaça do então presidente da Câmara, Gerson Biguá, de assumir o mandato de prefeito por ser o chefe do legislativo naquele momento, já que o prefeito eleito, Eduardo Cezar e o vice-prefeito, Domingos dos Santos, não haviam tomado posse àquele momento. Os ânimos ficaram bastante exaltados com os presentes gritando frases como: "Chega de bandido".

O Vereador Edílson Félix protestou veementemente e disse que Gerson não estaria cumprindo o juramento que acabara de fazer naquela sessão. Edílson citou a Lei Orgânica, que diz em seu artigo 14, inciso 2 º que o diploma pode ser entregue no próprio ato da posse.
As reclamações dos vereadores e dos presentes não surtiram efeito e após cerca de trinta minutos de muito tumulto a sessão foi encerrada e os vereadores Marquinhos Tio Sam, Charles Medeiros, Dr. Ricardo e o próprio Gerson Biguá se retiraram do prédio da Câmara.

Mesmo com a ausência dos quatro vereadores Eduardo Cezar e Domingos dos Santos foram empossados, mesmo com o corte do som dos microfones, o que complicou ainda mais a situação.
A confusão acabou na delegacia pois, segundo os vereadores que deram continuidade à cerimônia de posse, a ata da sessão havia sido levada pelos outros vereadores.
Os vereadores lideraram uma passeata até a delegacia, onde foi lavrado um boletim de ocorrência. (Fonte: Imprensa Livre)

Confusão em Ubatuba atrasa posse

Ubatuba - Após confusão na cerimônia de posse realizada de manhã de ontem na Câmara, o prefeito de Ubatuba, Eduardo César (PL), e o vice-prefeito, Domingos dos Santos (PT), só foram empossados à tarde no Paço Municipal. César recebeu o cargo do ex-prefeito Paulo Ramos (PFL).
De manhã, a polêmica começou após o vereador mais votado, Gérson de Oliveira (PMDB), que presidiu a solenidade, ter se recusado a empossar o vereador Osmar de Souza (PFL). Cerca de 250 pessoas acompanhavam a solenidade.
Segundo Oliveira, Souza só entregou a declaração de bens meia hora antes da sessão solene, quando, por lei, a entrega deveria acontecer 24 horas antes do cerimônia de posse.
Devido à confusão que se formou, só foram empossados 8 dos 10 vereadores --além de Souza, há uma vaga sub judice.
Após muita discussão e manifestações de militantes de Souza, Oliveira interrompeu a sessão por 15 minutos. Como a confusão não diminuiu, ele deu por encerrada a sessão sem empossar César e o vice-prefeito.
Como aliados de Souza tentavam tomar o certificado de posse do vereador peemedebista das mãos de Oliveira, o presidente em exercício da Câmara se dirigiu à Delegacia e registrou um Boletim de Ocorrência de preservação de direitos.
Entre os manifestantes que fizeram o protesto estavam militantes de César e de Santos, que queriam que a cerimônia transcorresse normalmente para que se realizasse a eleição para presidência da Câmara.
O candidato governista ao cargo, Jairo dos Santos (PT), é irmão do vice-prefeito e aliado de César.
Com a confusão, Oliveira deverá marcar sessão nos próximos dias para definição da nova mesa diretora. "Apenas cumpri a lei", disse Oliveira, que chegou a consultar o jurídico da Câmara antes de se negar a empossar o peemedebista.
POLÊMICA - Uma das 10 vagas da Câmara está sub judice, após a juíza eleitoral da cidade, Eva Lobo, ter encaminhado solicitação ao TRE para fazer a recontagem dos votos de vereador na cidade.
O PTB quer que os votos destinados ao candidato Benedito Julião (PTB), que teve a candidatura cassada após as eleições, sejam contabilizados na legenda do partido.
Caso isso ocorra, o PTB elege um candidato e o PMDB, ficará com apenas um vereador na próxima legislatura. VALE

Assista a Sessão da Câmara de 02/01/2005 (Domingo)

Ubatuba - Assista os acontecimentos da sessão na Câmara Municipal de Ubatuba do último domingo, dia 02/01/2005. Clique na opção de sua conexão Internet.

Conexão Discada*
Tamanho: 6.998 Kb


clique Aqui se a sua conexão for Discada/Via Fone
Banda Larga*
Tamanho: 40.123 Kb

Clique Aqui se sua conexão for Banda Larga/Speedy

* Requer o Windows Média Player

Superpopulação de animais ameaça o ecossistema da Ilha Anchieta
População de espécies introduzidas em ilha de Ubatuba põe em risco equilíbrio ecológico

Ubatuba - Um desequilíbrio ecológico causado pela introdução de animais que não faziam parte da fauna local transformou a Ilha Anchieta, em Ubatuba, em um desafio para os pesquisadores.
A população de algumas espécies cresceu 120 vezes desde que foram grande número de animais está provocando impactos na fauna e na flora da ilha, segundo o biólogo Mauro Galetti, 37 anos, que é professor de ecologia na Unesp (Universidade Estadual de São Paulo).
Um censo que acabou de ser finalizado revelou que existem na Ilha Anchieta cerca de 800 cutias, 800 saguis, 250 capivaras e 250 quatis. Uma população muito grande para uma área de 828 hectares.
O caso é "inédito" no Brasil e um paradoxo. Ao mesmo tempo em que as discussões em torno da preservação do meio ambiente e de ações para a preservação de espécies animais fica cada dia mais forte, na Ilha Anchieta a discussão é outra --erradicar os animais para preservar a biodiversidade de fauna e flora da ilha.
"Os parques são destinados a proteger a biodiversidade. Mas, do jeito que está, o Parque Estadual da Ilha Anchieta não está cumprindo este papel. A natureza está sendo penalizada", disse.
Segundo o pesquisador, os animais cresceram tanto que se transformaram em uma praga. A recuperação vegetal da ilha é muito lenta e, além disso, está havendo uma grande predação de ninhos de pássaros.
"Algumas espécies de aves já não existem mais e ninhos são difíceis de se encontrar. Quando os ovos não são comidos pelos saguis ou cutias, são pisoteados pelas capivaras, no caso de espécies que fazem ninhos no chão."
Os estudos são realizados pelo projeto Biota, da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), e têm como objetivo elaborar um Plano de Manejo para o parque, além de sugerir saídas para "consertar" a ilha.
A tarefa, não é das mais fáceis. "Destruir é fácil, agora reconstruir, restaurar... É muito complicado", disse Galetti.
A solução mais viável, segundo ele, seria sacrificar parte dos animais da ilha e depois fazer um monitoramento constante das populações. Mas isso só poderia ser feito com uma licença do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) e, certamente, provocaria uma reação de entidades protetoras dos animais.
Segundo Galetti, outra solução, que teria um custo muito alto para o Estado, seria transportar os animais para outro local, por meio de embarcação. "Mas a área deve ser estudada para que não se corra o risco de apenas `transferir' o problema", alerta o pesquisador.
VISITANTES - O grande número de animais existentes possibilita que qualquer um, em uma trilha rápida na ilha, se depare com muitos deles.
Devido às invasões de cutias e quatis, a geladeira do alojamento dos funcionário do parque tem a porta amararda por um elástico. "Elas vêm até aqui e abrem a geladeira, em busca de comida", disse o monitor Leandro Rezende Cardozo, 23 anos.
Segundo o diretor do parque, Manoel Fontes, à noite as capivaras costumam tomar banho no mar, já que a água doce é escassa na ilha. "Elas sempre andam em bandos. Tem gente que diz que elas são prejudiciais, mas eu não acho. Veja que eu nunca na vida precisei cortar a grama aqui. As capivaras se encarregam disso pra mim", brinca Fontes.
O diretor-presidente da Associação Cunhambebe da Ilha Anchieta, Roberto Francine Júnior, disse que em 1998 um grupo de 21 capivaras foi levado para o Vale do Ribeira, para servirem de alimento à população. "Talvez essa seja a medida que poderíamos tomar agora para que possamos contornar o problema da superpopulação da ilha", disse o ambientalista. (Fonte: ValeParaibano)

Aves são ameaçadas de extinção

Ubatuba - Dos animais que hoje têm uma superpopulação na Ilha Anchieta, são os saguis que mais preocupam os pesquisadores. Isso porque são eles os responsáveis pelo impacto na população de aves da ilha, já que são predadores de ninhos.
A estimativa é que 80% dos ninhos da ilha tenham sido alvo de predação pelos saguis.
Foram introduzidos na ilha apenas 5 saguis, que deram origem a uma população de cerca de 800 indivíduos.
"Eles [os saguis] comem ovos e filhotes. Não temos um levantamento preciso, mas algumas espécies podem ter sido totalmente extintas", disse o biólogo Mauro Galetti.
Segundo ele, não se encontram mais na ilha ninhos de arapongas, tucanos, saracuras e papagaios. "É uma pena que isso aconteça porque a ilha é o local ideal para preservar espécies de aves ameaçadas de extinção, por conta de sua localização, livre da ação de caçadores", disse o pesquisador.
Galetti faz um mapeamento da biodiversidade da mata atlântica no Litoral Norte, levantando densidade e tamanho populacional de aves de grande porte.
Ele conta que se deparou com o desequilíbrio da Ilha Anchieta `meio por acaso', quando estava elaborando o mapeamento. "Desde então, passei a trabalhar no estudo do problema. E, certamente, resolver isso será um grande desafio", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Pesquisador avalia danos à vegetação

Ubatuba - Um projeto de recuperação ambiental da Ilha Anchieta está em elaboração e será apresentado pelo biólogo Mauro Galetti ao Instituto Florestal, órgão vinculado ao governo do Estado de São Paulo.
O trabalho deverá sugerir um modelo de recuperação da ilha que inclua o controle da fauna e da flora local.
Galetti ainda não constatou correlação entre os animais e a lenta recuperação florestal observada na ilha. "Já deveríamos ter uma mata um pouco `mais madura', a hipótese mais provável é que os animais estejam superexplorando a mata", disse.
Ele realiza algumas pesquisas para verificar se os animais estão prejudicando o ambiente. "O solo está exposto em algumas regiões da ilha. Precisamos saber porque isso acontece", disse.
Outro problema dos animais da Ilha Anchieta, é que muitos não poderão ser "reintroduzidos" em outros meios naturais porque são híbridos (resultado de cruzamento de espécies diferentes).
Galetti explica que no caso das cutias, por exemplo, foram introduzidas duas espécies na ilha --uma típica do litoral e outra do cerrado. As duas se misturaram, dando origem a uma espécie modificada, que desenvolveu hábitos próprios. "Misturá-los à natureza seria como condenar os outros animais", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Projeto é implantado sem critério técnico

Ubatuba - Quando os animais foram levados à Ilha Anchieta, a idéia era transformar o local em uma espécie de zoológico, com os animais passeando livremente. Mas sem obedecer a nenhum critério técnico, o projeto acabou gerando os problemas. "Três veados foram para a ilha, mas não existem mais, foram extintos. Poderiam ser todos machos ou fêmeas. Não se sabe", disse.
Quando os animais foram levados à ilha, ainda não existia a lei nª 7.173, sobre zoológicos, que foi elaborada em 1983 e regulamentada em 1989. Hoje, por força desta lei, os zoológicos licenciados respeitam as normas implantadas em 2002, que exigem o controle da entrada e saída dos animais, além de fichas veterinárias para cada indivíduo.
Em 1983, foram introduzidos na ilha 8 cágados, 7 capivaras, 8 cutias, 40 jabutis, 33 macacos-prego, 7 ouriços cacheiro, 6 pacas, 1 preguiça, 13 quatis, 11 ratões-do-banhado, 5 saguis preto, 1 tamanduá-mirim, 1 tamanduá-galinha, 2 tatus peba, 2 tatus rabo-mole e 3 veados catingueiro. (Fonte: ValeParaibano)

Ubatuba preserva paraísos

Ubatuba - A cidade de Ubatuba também oferece boas alternativas para quem quer um pouco de tranquilidade durante a temporda de verão. Uma das melhores opções é a praia do Bonete.
O acesso mais fácil ao Bonete é feito por uma caminhada a partir da praia da Lagoinha. Leva-se cerca de 50 minutos. Logo no início da caminhada vale a pena dar uma parada no Restaurante Maier's Mar Virado.
Bonete é uma praia de águas claras e limpas, ideal para o banho. Logo após o Bonete, encontra-se a praia Grande do Bonete. Existe uma vila de pescadores onde os caiçaras vendem peixe e até refeições aos frequentadores. Na Lagoinha, vários pescadores transportam em seus barcos os turistas que procuram o Bonete ou a praia Grande do Bonete.
Ainda em Ubatuba, vale a pena conhecer a praia Brava de Almada, a 35 km do centro, em direção a Paraty. É uma praia deserta, selvagem, mas de águas mansas. Na vizinha praia da Almada, existe uma pousada a beira mar. Os pescadores alugam alguns cômodos de suas casas para alojar os turistas. (Fonte: ValeParaibano)

Ação Litoral

Artigo Topo

COMTUR, quem é você?
Ronaldo Dias

A prefeitura é a COMTUR. A COMTUR foi criada nos mesmos moldes da bem sucedida COMTUR de Florianópolis. A intenção de seus fundadores era criar uma Companhia de Desenvolvimento Econômico, com autonomia própria (diferente de uma simples secretaria de turismo), fora das regras que engessam o orçamento municipal. A Prefeitura sócia majoritária, teria suas rédeas, fiscalizando de perto com um participativo e deliberativo Conselho de Administração. Ledo engano! Primeiramente: A Prefeitura, nunca propôs a Câmara Municipal à regulamentação da lei que criou a COMTUR. Iniciou, estranhamente, suas atividades mesmo sem esta regulamentação. A acionista majoritária, desde a fundação da companhia, fez “tabula rasa” do enunciado no contrato social, desvirtuou, desrespeitou e não cumpriu objetivo e normas estatutárias que regem esta sociedade de economia mista. Com o seu poder coercitivo, de ser a majoritária, fez e desfez. Elegeu e reelegeu. Constituiu e destituiu administradores, impôs regras próprias, determinou, endossou e avalizou as mais escabrosas e perniciosas ações. Criou e promoveu a malfadada “cordinha” para cobrança de estacionamento. (COMO PODE A PREFEITURA, COMO ACIONISTA MAJORITÁRIA, PERMITIR QUE A EMPRESA ARRECADASSE SUAS RECEITAS, PELO BAIXAR E LEVANTAR DE CORDINHAS E BARBANTES???). Foram R$ Milhões! Impôs, por interesses e compromissos políticos, gerentes “presidentes” (vaidosos e egocêntricos) que em seus curtos reinados, conheciam apenas seu cargo e desconheciam suas funções. Desconheciam também os estatutos da companhia e, o papel do (omisso) Conselho de Administração. Restaram aos acionistas minoritários com estes desmandos, o silêncio imposto, os desencantos e, os prejuízos morais irreparáveis. As perdas da cidade, nestes longos 15 anos de COMTUR nas mãos da Prefeitura, só não vêem os piores dos cegos. No mínimo, perdemos o máximo. A nossa única vocação. O turismo. Aos críticos da COMTUR pergunto: O que seremos com o veraneio? Quem criará o futuro para os nossos filhos? Surgirá das cinzas um salvador da pátria? Na dúvida da resposta e fácil, é só olhar e ouvir na Praia Grande (ou em qualquer outra das nossas muitas praias) o que esta “rolando” na “boquinha da garrafa”.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Carta do Leitor Topo

Marco Historico - Sim, Marco Historico, será a Gestão de ANTONIO CARLOS DA SILVA, como Prefeito de Caraguatatuba. Quem conheceu Caraguatatuba 20 anos atrás, vê com bons olhos a excelente transformação (por sinal, belíssima) que revolucionou "Nossa Caraguá". Parabéns Sr. Prefeito, deixo aqui registrado os MEUS CUMPRIMENTOS e que essa Competência não pare! Um Felicissímo 2005 juntamente com seus familiares. Muitíssimo obrigada por tudo que fez (com a maior competência, discernimento, capacidade, ...) por Caraguatatuba. Ninguém, mas ninguém mesmo vai siquer poder insinuar ou dizer qualquer palavra contra Vossa Senhoria. De uma coisa poderá ter certeza: SAIRÁ COM A CABEÇA ERQUIDA E COM A CERTEZA DE TER REALIZADO UM BELO TRABALHO! Abraços!

Dinorah Lia de Souza Silva
Massaguaçu
Caraguatatuba, SP

Bons Tempos virão? - Estamos cheios de esperanças. São tantos os nossos problemas que espero, após tanto tempo, não nos falte paciência. Não deve ser nada fácil, mesmo com alguma intimidade com ela, sentar o traseiro na cadeira do comando geral. Afinal a proposta foi o resgate. Nos países do chamado primeiro mundo, a qualidade e os procedimentos do “rescue” (como o chamam o regate) são tão importantes para a vida do resgatado que não permitem, como aqui (considerado até omissão de socorro), a ação do leigo. O “rescue” oferecido (incrivelmente) em poucos minutos, é só para profissionais. Comprovadamente, são os procedimentos iniciais básicos, que salvam. Pausa. Aqui, o resultado da simples aplicação das posturas municipais (básicas e justas) saltariam aos olhos e, de um dia para o outro, sentiríamos no ar a brisa fresca anunciando que bons tempos virão!

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

PEIA - Alexandre Antonakis


Ruínas Ilha Anchieta
©Alexandre Antonakis


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor