Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 25 de fevereiro de 2005 - Nº 1227 Edições Anteriores

Litoral Virtual Nautica

Região
-

Caraguatatuba
Caraguá avalia catraca eletrônica
SP-55: Agentes de trânsito serão contratados
Teatro Experimental de Caraguá abre testes para seleção de atores
Faculdades Módulo lançam Programa de Iniciação Científica

Ilhabela
Dia-a-dia de Fernando de Noronha
Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável
Vereador questiona funcionamento irregular de bar no sul da Ilha
Prefeitura irá recuperar área do Aterro Sanitário da Água Branca

São Sebastião
Avenida da Praia será revitalizada
Prefeitura abre inscrições para eleição da CIPA
Convênio entre prefeitura e empresas pode beneficiar mão-de-obra local
São Sebastião tem programação especial para semana da mulher
Instalação de unidade de processamento de gás é permitida em São Sebastião
Ouvidoria da Câmara registra sugestões da população

Ubatuba
Incêndio criminoso destrói escolinha de surf em Itamambuca
Fundart reaproxima Ubatuba das decisões culturais do Cone Leste
Fundart abre novos cursos de desenho e pintura em março
Coleta seletiva de lixo mobiliza toda a comunidade
Seu lixo pode ser revertido em benefícios para o bairro
Presidente do Fundo Social vai a “Encontro Solidário” na Capital
Ubatuba poderá ter em breve Terminal Turístico digital
Programa de Erradicação do Trabalho Infantil tem dia de atividades

Seções
Artigo
Opinião
Carta do Leitor
Foto do Dia


Notícias da Região Topo

-

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá BIL -= Bolsa de  Imóveis do Litoral Salete

Caraguá avalia catraca eletrônica

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguatatuba estuda a implantação de catraca eletrônica no transporte coletivo. A empresa mineira Tecnatran, foi contratada por R$ 60 mil para elaborar os estudos que visam a implantação do novo sistema no município.
Técnicos da empresa apresentaram ontem, no Ceprolin (Centro Profissionalizante do Litoral Norte), os resultados dos estudos feitos na cidade. Segundo os técnicos, o bilhete eletrônico garantiria maior economia e rapidez aos usuários do transporte coletivo.
O prefeito José Pereira Aguilar (PSDB) disse que ainda estuda a implantação do novo sistema. Segundo ele, a principal reivindicação da prefeitura é que não haja demissão de funcionários. O sistema de bilhete eletrônico permite a dispensa de cobradores.
Nenhum diretor da PraiaMar Transportes foi encontrado ontem para comentar o assunto. A empresa transporta 300 mil passageiros por mês.
A secretária de Planejamento, Luzmarina Aquino, disse que os dados apresentados pela Tecnatran serão avaliados. (Fonte: ValeParaibano)

SP-55: Agentes de trânsito serão contratados

Caraguatatuba - O trabalho dos atuais 44 agentes de trânsito aumentará com a municipalização de dois trechos da rodovia Manoel Hyppólito do Rego (SP-55). Segundo o diretor da Ditran (Divisão de Trânsito), Celso Rapaci, será necessário contratar pelo menos mais 15 agentes, conhecidos como marronzinhos. O prefeito José Pereira de Aguilar disse que dará entrada ao pedido de municipalização assim que as obras sejam entregues, o que está previsto para acontecer no final desse mês.
“Hoje a principal atuação dos agentes é auxiliar na travessia de pedestre, mas como transformaremos a rodovia em avenidas urbanas, o trabalho deles aumentará. Teremos que ter um carro de apoio para os motoristas que tiverem o peneu do carro furado, por exemplo, para ele ter seu carro rapidamente rebocado, principalmente nos trechos sem acostamento.
O agente sinalizaria a área e providenciaria a retirada dos veículos. Para tanto, o quadro de agentes terá que ser acrescido de 15 profissionais, o que está previsto para acontecer em 2006”, disse Rapaci.
Rapaci confirmou que o papel do agente de trânsito é orientar pedestres, motoristas e ciclistas na vias municipais, sinalização locais com grande fluxo de veículo ou com acidente, orientar alunos na entrada e saída das escolas, aplicar sansões para descumprimento de leis de trânsito, entre outras ações. “A primeira função do agente é operacionalizar o trânsito e em segundo fazer trabalho educativo”, disse.
A Ditran mantém durante o ano dois projetos educativos, o ‘Ciclista seja vivo’ aplica uma ‘multa educativa’ para os ciclistas que infringem as leis. Eles têm as bicicletas apreendidas até que conclua o ‘cursinho’ de um dia. O segundo projeto é o ‘Trânsito legal’, no qual, os agentes de trânsito dão aula para os alunos da rede municipal que estão na 7ª série.
O ano passado o número de agentes foi ampliado de 24 para 44, contratados via concurso público. Com o orçamento de R$ 3 milhões, a Ditran mantém 4 motos, 2 caminhonetes ‘peruas’, 1 caminhonete S-10 e 1 carro para pintura de rua.
Os pontos prioritários de travessia de pedestres em Caraguá atuais são em frente à Santa Casa, na Praça da Bíblia, na Praça da Telefônica, na Praça Cândido Motta, em trechos da Avenida Altino Arantes (altura do Calçadão Santa Cruz), na Avenida Anchieta em pontos da Avenida da Praia.
Durante os meses de verão, os agentes de trânsito emitem cerca de 500 multas, a maioria por uso de celular por parte dos motoristas enquanto estão no trânsito, por não utilizarem cinto de segurança ou estacionarem em locais não permitido.
Os três radares de controle de velocidade na Avenida da Praia emitiram 1.712 multas nos últimos meses de dezembro e janeiro. Fora da temporada, as multas aplicadas pelos agentes caem para 300. A maioria das multas dos radares são para os turistas, porque os motoristas locais estão acostumados com o limite de velocidade de 50km.
A multa mais barata sai por R$ 81 com as infrações leves como, por exemplo, usar luz alta em via pública. A multa mais cara é a da infração gravíssima no valor de R$ 574. Em 2004, foram emitidos 2.293 multas, destas 776 foram deferidos (motorista entrou com recurso e venceu) e 1.517 foram pagas. (Fonte: Imprensa Livre)

Teatro Experimental de Caraguá abre testes para seleção de atores
O TEC é o grupo de representatividade da Fundacc na área de Artes Cênicas e encerrou 2004 participando da “ópera caiçara” Contos de Areia, apresentada no TMC

Caraguatatuba - O TEC – Teatro Experimental de Caraguatatuba, que representa a FUNDACC – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba na área de Artes Cênicas, inicia 2005 realizando um teste para a seleção de atores para a formação do grupo que atuará nas ações da Fundação durante 2005.
As inscrições para participação do teste estão abertas desde a última segunda-feira 21, e terminam no dia 28 de fevereiro, na próxima segunda-feira.
Segundo explicou o diretor de Artes Cênicas da FUNDACC, Junior Magresco, é necessário que o candidato à vaga compareça a Fundação para preencher a ficha e adquirir as instruções para a participação da prova.
Os testes acontecerão no auditório da FUNDACC, no dia 28, a partir das 19h, e poderão participar do processo seletivo atores e pessoas interessadas em teatro com idade mínima de 15 anos. Para Magresco, é ideal que os candidatos tenham alguma experiência na área teatral. Ao comparecer na FUNDACC para retirar as instruções, o candidato levará o material com uma cena indicada pela Fundação, que deverá ser representada pelo ator durante o teste. Além dessa cena, o participante deverá apresentar também uma cena de livre escolha para a comissão julgadora, que será indicada pela Comissão Municipal Setorial de Artes Cênicas da FUNDACC.
O resultado dos testes será divulgado no dia 1º de março e as aulas terão início a partir do dia 2 de março.
Nesse ano, os atores do TEC terão três encontros semanais. Serão duas aulas práticas no Teatro Mário Covas, às segundas e quartas-feiras, e uma aula teórica em sala-de-aula, no prédio das Oficinas Culturais.
O TEC é o grupo de representatividade da FUNDACC, assim como o Corpo de Baile Municipal e o Coral Água Viva, e foi responsável por apresentações como “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues, Contos de Areia – a ópera caiçara que fez a pré-inauguração do Teatro Mário Covas, além de demonstrações da cultura regional como a Puxada-de-rede, projeto Leitura Viva e o Boi bumbá.
Não é necessário ter grande experiência em teatro para participar do teste, segundo informou Junior Magresco. “É importante que o candidato tenha noções e alguma experiência, porque de qualquer forma será avaliado pelo desempenho durante sua representação à banca examinadora”, finalizou.
Mais informações podem ser obtidas na FUNDACC, pelos telefones (12) 3883-7555 ou 3883-3737. Participe. (Fonte: PMC)

Faculdades Módulo lançam Programa de Iniciação Científica

Caraguatatuba - O objetivo é descobrir novos talentos em todas as áreas do conhecimento e contribuir para o desenvolvimento da pesquisa na região.
Os cientistas são os próximos a serem privilegiados com o novo programa de incentivo que as Faculdades Integradas Módulo acabam de lançar em Caraguatatuba. Desta vez é o Programa de Iniciação Científica, que irá apoiar alunos de graduação que desenvolvem pesquisas científicas. O objetivo, segundo a direção, é descobrir novos talentos em todas as áreas do conhecimento.
Outro objetivo é contribuir para o desenvolvimento da pesquisa na região em que a Instituição está inserida, promovendo o aumento da qualidade do ensino-aprendizagem na graduação. “Ao adotarmos a iniciação científica como atividade complementar, estamos incentivando a formação, privilegiando a participação ativa de bons alunos em projetos de pesquisa com qualidade acadêmica, mérito científico e orientação adequada e continuada”, explica a diretora acadêmica, Sílvia Cristina de Oliveira Quadros.
A Bolsa de Iniciação Científica será direcionada a estudantes das categorias júnior ou sênior, oferecendo desconto de 20% no valor da mensalidade. Para candidatar-se, o aluno precisa apresentar uma recomendação da coordenação do curso e do professor orientador do projeto; além do pré-projeto de pesquisa incluindo plano de trabalho e cronograma de atividades, assinado pelo candidato e pelo orientador; e ainda uma declaração de responsabilidade do candidato. Para menores de 18 anos, será exigida a autorização dos pais ou responsável. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de março deste ano.
A análise dos projetos pela Faculdade será feita até o dia 30 de março e a divulgação dos resultados, no dia 1º de abril. O início da vigência das bolsas será em 6 de abril. Outra exigência da instituição é que o aluno esteja matriculado em um dos cursos de graduação e apresente excelente rendimento acadêmico. O candidato também precisa ter disponibilidade para dedicar-se pelo menos 20 horas semanais às atividades acadêmicas de pesquisa, ter cursado o primeiro semestre e não estar no último semestre do curso de graduação.
Também será exigido do aluno, após dois meses de vigência do período da bolsa, um relatório de pesquisa, contendo resultados parciais e os resultados finais da pesquisa. O orientador do projeto tem que ser professor efetivo na faculdade e ter titulação de, no mínimo, mestre.
A comissão de especialistas observará os seguintes critérios para a qualificação dos projetos: histórico escolar, com peso 3, currículo do orientador, com peso 3, e projeto de pesquisa, com peso 4. Havendo empate, será considerado o critério 1 para a definição da ordem de classificação, além da adequação perfeita às linhas de pesquisa da instituição, que abrangem meio ambiente, inserção regional, cultura e desenvolvimento sustentável.
Os interessados devem preencher um formulário (no site www.modulo.br  ou no Centro de Atividades Acadêmicas Módulo, que fica na unidade do centro. Informações pelos telefones 3897-2043 ou 3897-2000 ou no próprio CAM. (Fonte: Módulo)

Programa Ação Litoral

Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Dia-a-dia de Fernando de Noronha

Ilhabela - A exemplo do que fez o prefeito Manoel Marcos, o secretário de Turismo de Ilhabela, Ricardo Fazzini, decidiu retornar ao município também na noite de ontem. A comitiva edil participou também da reunião do Conselho de Fernando de Noronha – um órgão semelhante à Câmara de Vereadores, cujos os conselheiros (7) também são eleitos pelos munícipes daquele local. Estes demonstraram os benefícios da implantação da Taxa de Preservação Ambiental – TPA – e que Ilhabela precisa tomar a mesma medida o quanto antes a fim de preservar seu patrimônio natural e garantir a geração de renda por seu principal ramo econômico, o turismo.
Em conversa com turistas no local, encontrou-se também frequantadores de Ilhabela, que chegou a sugerir a cobrança de 10/ao dia para quem quisesse visitar Ilhabela.
A comitiva também visitou uma usina de compostagem de lixo e assistiram a uma exposição de Turismo – na qual foi abordado a importância da pesquisa junto ao turista.
O vereador, autor do Projeto da Taxa Ambiental, Luiz Antônio dos Santos (PL), permanece em Noronha a fim de visitar o sistema de saneamento básico do arquipélago, que consiste no processo de decantação dos resíduos.
Promotora intervem e supermercados baixam preços - Um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), acordo firmado com o Procon e o Ministério Público dezembro último determinou a baixa do valor dos produtos da cesta básica vendidos em Noronha. O TAC determinou que os supermercados diminuam o lucro de 60% para 30%. No caso das farmácias, os preços devem ficar até 40% acima do preço do atacado no continente. O empresário tem que entregar planilha de preços reduzidos ao Ministério Público e quem desobedece o acordo pode pagar multa de R$ 5 mil. A promotora de Justiça agendou para este mês uma reunião também com a gerência do posto de combustíveis em Noronha: “Vamos negociar a redução do preço da gasolina, do diesel e do gás de cozinha”, adiantou.
Navios - A temporada de cruzeiros marítimos de Fernando de Noronha começou em dezembro com o Pacific ( 600 passageiros) e termina hoje, 25, com a escala do décimo oitavo navio previsto. O plano de disciplinamento do trânsito de veículos e de pedestres na área de fluxo impede engarrafamentos. Segundo a empresa representante das viagens, todos os bilhetes foram vendidos e estuda-se a prorrogação da temporada para que haja passeios até a Semana Santa. Cada passageiro permaneceu um dia em Noronha. Tempo suficiente para gastar, em média, R$ 250,00. Os cruzeiros movimentam cerca de R$ 2,7 milhões por ano na economia local.
Acervo cultural - O projeto de Conservação Documental do Acervo de Fernando de Noronha, foi selecionado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES. Em Noronha o acervo a ser restaurado é composto pela documentação do antigo arquivo dos presídios comum e político, por documentos militares e por todas as informações e imagens identificadas pelo “Programa de Resgate Documental” desenvolvido na Ilha há dezessete anos. O trabalho vai ser realizado em três fases: restauração; classificação e estudo; e, por último, a exposição para o público em geral
Férias Ecológicas - As crianças participam das Férias Ecológicas em Fernando de Noronha investigando e observando a fauna e a flora do local. Com um kit composto de binóculos, lupa, papel e caneta, a garotada registra o que encontra, analisando desde o tipo da areia até o lixo deixado pelo homem, como embalagens plásticas e outros detritos. Quatro ecossistemas são estudados: o mangue; a restinga, nas margens do manguezal; a praia e as formações rochosas que compõem o visual da Bahia do Sueste. O Férias Ecológicas é realizado pelo Ibama e tem quinze anos em Fernando de Noronha. Incentiva crianças e adolescentes da Ilha a participarem de atividades voltadas para a consciência ambiental e de cidadania.
Taxa de Ancoragem - cobrada das embarcações em visita de turismo ou trabalho. Varia de R$ 30, 24 (até 5 m) a R$ 120,99 por dia (mais de 10m). Na existência de movimentação de mercadoria,mais valor por tonelada. A partir de R$1,06. (Fonte: PMI)

Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável

Ilhabela - Nesta segunda-feira, dia 21 de fevereiro, a Prefeitura Municipal de Ilhabela, através da Secretaria do Meio Ambiente, no cumprimento da Lei no. 699/97, realizou a reunião para a formação do Conselho Municipal de Desenvolvimento sustentável.
O Conselho é formado por 19 membros, distribuídos entre integrantes ligados a órgãos governamentais: 01 Federal; 01 Estadual; 05 representantes das Secretarias Municipal: Cultura, Meio Ambiente, Turismo e Obras e Planejamento; 12 integrantes não governamentais; 02 representantes de entidades de classe; 02 representantes de entidades empresariais – Turismo; 02 representantes de Ongs sócio-ambientais; 01 representante de entidade social; 01 representante de entidade científica; 02 representantes das Sociedades amigos de Bairros e 02 representantes de Comunidades Tradicionais.
Presentes na reunião representantes de Ongs, secretários municipal, parque Estadual, Associação de Bairros, Colônia dos Pescadores, Profic, Elektro, pastoral da Criança, Sindicato dos Trabalhadores Municipais, Projeto Pés no Chão, Associação de Hotéis, Associação Comercial e pessoas da comunidade, que nesta primeira oportunidade discutiram algumas novas propostas no sentido de tornar o Conselho mais participativo e representativo no segmento da sociedade, e também quem irá compor o Conselho.
A secretária municipal do Meio Ambiente, Maria Inez Fazzini, esclarece que é importante a participação de todos os interessados, engajados ou não em alguma entidade.
A próxima reunião está marcada para o dia 28 de fevereiro, às 14 horas, no auditório da Secretaria do Meio Ambiente, tendo como pauta, a estratégia de formação do Conselho e a Agenda 21 do Litoral Norte. (Fonte: PMI)

Vereador questiona funcionamento irregular de bar no sul da Ilha

Ilhabela - O vereador Jadiel Vieira, o Keko(PV) entrou com um requerimento na última sessão de Câmara, solicitando informações do poder Executivo, sobre as condições de funcionamento de um bar na Ilha das Cabras, região sul da cidade. O parlamentar quer saber também, se procede a denúncia de que a praça pública do local vem sendo usada como estacionamento.
Segundo o vereador, o estabelecimento funciona com apenas um banheiro. Pelas normas da Vigilância Sanitária, deveriam existir dois banheiros: um masculino e um feminino. “Quero levantar essas informações porque me preocupo com a saúde e o bem-estar dos munícipes”.
Keko ressalta ainda que outra questão mais delicada se deve ao fato da praça pública estar sendo usada como estacionamento. “As pessoas vão descansar na praça e são impedidas de usá-la por causa dos carros estacionados”. E vai além: “Área pública deve ser usada para fins públicos, não particulares”.
O requerimento foi encaminhado à prefeitura e o vereador deve ter a resposta dentro de 15 dias. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Prefeitura irá recuperar área do Aterro Sanitário da Água Branca

Ilhabela - O aterro sanitário do bairro da Água Branca, onde era depositado todo o lixo da cidade, será definitivamente desativado e a área recuperada. Assim afirmou a secretaria municipal de Meio Ambiente.
Segundo o diretor de Meio Ambiente, Ricardo Martins, a prefeitura também realizará parcerias com a Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) para recuperação do local. “Estamos trabalhando para que a área seja recuperada. Reflorestaremos em breve a localidade e faremos um dreno para que o chorume não se alastre”, lembra. Ele ainda disse que a intenção é deixar a área o mais agradável possível.
O lixão, quefuncionava até o começo do ano passado, fica próximo à estação de tratamento de água da Sabesp. Ricardo comentou também que um dos projetos da prefeitura junto à Fehidro é de encerrar o aterro para evitar degradação dos mananciais da cidade. “Nosso lixo é exportado para Tremembé através da empresa Resitec.
E isto foi feito ano passado em caráter emergencial, já que a nossa capacidade de armazenamento não suportava a demanda do município, piorando na temporada de verão”, diz. Ricardo ainda comentou que deverá ser assinado até o dia 1º de março oficialmente o contrato com a empresa, que prevê o transbordo do lixo até aquela cidade. “Desta vez a empresa ganhou a licitação e não será mais em caráter emergencial”, define.
Lixo na Balsa - O diretor, que exerce o primeiro ano frente à secretaria, também esclareceu uma dúvida de um leitor que enviou uma carta ao Imprensa Livre reclamando do cheiro exalado pelo lixo durante a travessia de São Sebastião/ Ilhabela.
“Em relação a carta do Senhor Jerry Santos, é importante dizer que estamos fazendo o possível e até queremos uma solução rápida”, comentou. Ele ainda disse que uma das intenções da secretaria de Meio Ambiente é de ter um horário específico para a balsa transportar o lixo nas madrugadas.
“Tentamos deste jeito, mas esbarramos em outro problema. É importante saber que somos uma ilha e que dependemos demais da tábua das marés, ou seja, de madrugada a maré fica muito baixa, o que impossibilita que um caminhão daquelas proporções adentre à balsa.”, frisa.
Outra iniciativa proposta pela pasta seria a aquisição de um ferry-boat específico para o lixo. “Estamos fazendo a política correta junto ao Dersa para resolvermos este caso. Também estamos pleiteando balsas exclusivas para caminhões inflamáveis”.
O diretor encerra dizendo que se Ilhabela tivesse uma rampa móvel igual ao sistema de Santos e Guarujá o problema seria menor. “O processo é demorado para que uma rampa deste porte chegue até nós, mas estamos fazendo o possível. É importante afirmar também que temos o problema das chuvas, ou seja, cheiro de qualquer modo vai ter, porém gostaríamos de coibir este fato desagradável”, relembra.
O diretor de Meio Ambiente destacou que a secretaria e a Resitec preocupam-se com o lacre e vedação dos caminhões de lixo.
A assessoria de imprensa do Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) esclareceu que o transporte dos resíduos sólidos nas balsas é um serviço essencial ao município de Ilhabela, que não tem onde depositar seus dejetos. Além disso, a empresa diz estar em constantes negociações com a prefeitura e Resitec para solucionar o mais rápido possível este problema.
O Dersa informou que a espécie de transporte considerado perigosa, como os inflamáveis, paga a tarifa da balsa cheia para ser transportado isoladamente, garantindo a segurança dos demais usuá-rios da travessia. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de São Sebastião Topo

Litoral Virtual Superchic

Avenida da Praia será revitalizada

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião investirá R$ 700 mil na revitalização da avenida Altino Arantes, a avenida da praia. Os recursos para a execução das obra serão liberados pelo Estado, através do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias).
Segundo o prefeito Juan Pons Garcia (PPS), a verba para a reurbanização da avenida já se encontra à disposição da prefeitura no Dade. Garcia pretende estender a revitalização para a área do aterro em frente à praia e também ao centro histórico.
CALÇADÃO - O projeto preliminar prevê a construção de um calçadão em mosaico português, com 15 metros de largura, entre as ruas General Osório e São Gonçalo. A avenida também receberá nova iluminação, bancos, lixeiras e jardins. A área do aterro ganhará uma espaço para eventos e um deck à beira mar.
O projeto será finalizado em março e as obras devem ser concluídas até o final do ano. O presidente da Associação Comercial, Fábio Aranha afirmou que a avenida estava muito abandonada. "Com as obras, o comércio e o turismo serão beneficiados", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Prefeitura abre inscrições para eleição da CIPA

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, através da secretaria da Administração, abre de hoje (24/03) até o dia 11 de março as inscrições para a eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Todos os servidores, do quadro permanente ou temporário, podem inscrever-se. As inscrições poderão ser realizadas nos seguintes endereços: rua João Cupertino dos Santos, 249 na Regional Centro, Avenida Emílio Granato, 200 na Regional Costa Norte e na rua Hilarião Crisólogo de Matos, 266 Boiçucanga na Regional Costa Sul.
“A CIPA tem como objetivo observar e relatar condições de risco e solicitar medidas para reduzir ou neutralizar a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador”, disse o secretário de Administração, Alberto Guilherme Carlini.
A CIPA é composta de um presidente, um vice-presidente, um secretário e representantes titulares e suplentes dos empregados e do empregador.
A eleição será realizada nos dias 23 a 25 de março, das 9 as 16horas, em postos a serem divulgados.
As atribuições da Cipa são discutir os acidentes ocorridos, promover anualmente a Semana Interna de Prevenção de Acidente do Trabalho (SIPAT), divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança e saúde no trabalho, entre outros.
É de responsabilidade do presidente convocar os membros para reunião, presidir as reuniões e encaminhar as recomendações aprovadas e acompanhar sua execução, além de designar membros da CIPA para investigar os casos de acidentes de trabalho.
Os servidores no ato da inscrição preencherão formulário próprio fornecido no local, que receberá número de protocolo e data. A divulgação dos nomes dos candidatos inscritos e aptos a concorrerem na eleição será feita entre os dias 14 a 21 de março. (Fonte: PMSS)

Convênio entre prefeitura e empresas pode beneficiar mão-de-obra local

São Sebastião - Um convênio que beneficiará a mão de obra da construção civil de São Sebastião está para ser firmado entre a Prefeitura, o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), a Petrobrás, a Queiróz Galvão e a Secretaria Estadual de Emprego, Relações e Trabalho (SERT). O anúncio foi feito na manhã de hoje (24/02), durante reunião realizada na Prefeitura entre os representantes dos órgãos envolvidos no projeto.
Trata-se de um convênio que viabilizará a qualificação de mão de obra da região para atuarem nas obras de ampliação do pier e reformulação do sistema de combate a incêndio do terminal que a Queiroz Galvão está desenvolvendo para a Petrobrás. O curso de treinamento e qualificação será ministrado pelo SENAI que atenderá cerca de 300 trabalhadores da construção civil, incluindo qualificação para soldadores, encanadores, eletricistas, ajustadores mecânicos, montadores encanadores, entre outros.
As obras foram iniciadas em junho do ano passado e segundo o engenheiro da empresa, Diógenes Queiroz, ainda deve se estender por mais um ano e meio. Ele explica ainda que, atualmente, a construtora conta com 489 funcionários, sendo 67 % destes, mão de obra residente no município. Outros 140 funcionários também já foram subcontratados e ainda será necessário ampliar esse número. “Nos próximos 90 dias deveremos dobrar o quadro de funcionários”, conta o gerente de contrato da empresa, André Carneiro Willhelm, que afirma ser importante a implementação do projeto o mais rápido possível, justamente para que parte dessa demanda de funcionários possa ser suprida por mão de obra local. “Estamos mantendo nosso apoio ao projeto pois não pretendemos trabalhar apenas um ano e meio no município. A mão de obra local é muito grande, mas não é qualificada”, explica.
As discussões sobre este projeto foram iniciadas no ano passado, mas faltou definir qual seria o papel de cada parte envolvida o que atrasou o prosseguimento do projeto. A SERT disponibilizará uma verba que custeará o curso a ser ministrado pelo Senai. A Prefeitura deve entrar com alimentação, transporte e instalação física. Já a Petrobrás e a Queiroz Galvão entrariam com as ferramentas, equipamentos de proteção individuais e chapas de aço.
Há uma certa urgência na celebração do convênio, pois dentro de 90 dias a construtora já estará necessitando da mão de obra, por isso, já está previsto para março um conselho que deverá apreciar o convênio para que o mesmo seja firmado ainda no mesmo mês. Os cursos terão duração de 120 horas e devem ser iniciados logo após a celebração do convênio. Cerca de 300 vagas serão disponibilizadas e a seleção será feita pelo PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador).
O Prefeito demonstrou grande interesse em dar andamento às atividades para que, em março, o curso que está ligado a geração de emprego e capacitação já esteja funcionando. O próximo passo cabe a SERT, que deverá preparar um documento que especifique as atribuições de cada setor. “O que falta para a formalização do convênio é um pequeno ajuste técnico que será realizado com urgência pelo nosso departamento jurídico”, explicou o diretor técnico do centro regional da SERT do Litoral Norte, Carlos de Brito.
Parcerias - Na ocasião o Prefeito aproveitou a oportunidade para demonstrar seu interesse em firmar parcerias com o Senai para propor soluções para o ensino técnico na região. A proposta foi feita para os representantes do Senai, Evandro Dante Facchinetti, do Núcleo de Programas Institucionais, para o gerente, Luiz Adriano de Carvalho Mange, e o agente de treinamento, Jaime Moroz.
O Prefeito informou que irá formalizar a proposta que visa pleitear uma unidade do Senai no município. Segundo Moroz, o Senai implanta escolas em locais que possuem uma demanda contínua para os cursos, normalmente são locais onde o número de industrias é mais intensificado. No entanto, ele apontou como alternativa para municípios onde existe uma demanda temporária, os convênios e as escolas temporárias e móveis, as chamadas CMPF (Centro Móvel de Formação Profissional).
A rede Senai é formada por 765 unidades operacionais distribuídas por todo o País, onde são oferecidos mais de 1.800 programas. O Senai conta com 396 unidades fixas, entre Centros de Educação Profissional, Centros de Tecnologia e Centros de Treinamento e ainda, 369 unidades móveis de educação profissional que possibilitam levar o atendimento do Senai até regiões distantes dos centros produtores, incluindo uma unidade fluvial, carretas e veículos que funcionam como verdadeiras escolas móveis. Além disso, o Senai conta com 320 Kits do Programa de Ações Móveis (PAM). Ainda mais ágeis do que as unidades móveis, os conjuntos didáticos do PAM funcionam como oficinas portáteis. Especialmente criados para chegar às mais remotas regiões do Brasil, os kits do PAM possibilitam oferecer programas em 27 ocupações profissionais.
Para o chefe de divisão do Ceprom, FábioMarcelo Pereira, esta atitude de buscar alternativas para atender os cursos profissionalizantes é muito importante. Segundo ele ainda será feito um estudo junto ao Senai para saber qual será a viabilidade desta parceria. (Fonte: PMSS)

São Sebastião tem programação especial para semana da mulher

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, vai realizar uma programação especial na semana mulher, no período de oito a 13 de março.
Segundo o diretor da Cultura, Gleivson Gaspar, o objetivo é homenagear as mulheres com espetáculos sensíveis e inteligentes, além de movimentar a cultura local através, abrir espaço para apresentações a preços acessíveis e arrecadar produtos de higiene pessoal em prol do Fundo Social do município,
“Vamos dividir a equipe da secretaria de Cultura e Turismo em duas, uma desenvolvendo trabalhos no Teatro Municipal e outra transformando a Praça Pôr do Sol, em Boiçucanga, em grande pólo cultural, com palco, iluminação, sonorização, cortinas, cadeiras, envolvendo assim uma grande estrutura. No dia oito de março, na abertura da semana cultura, homenagearemos seis mulheres representantes de trabalhos filantrópicos, de reconhecimento comunitário e de prestígio e respeito da sociedade. Todos os trabalhos artísticos não trazem ônus aos cofres públicos, são artistas locais que estão acreditando na filosofia da Sectur e se transformaram em parceiros”, disse Gaspar.
Os diretores artísticos convidados para a semana foram: Íris Berttoni, Márcia de Siene, Cello Tavares, Martini Blain, Marco Câmara.
“Todos os espetáculos acontecerão as 20h30 simultaneamente no Teatro Municipal, no centro da cidade, e na Praça Pôr do Sol, em Boiçucanga. Os ingressos poderão ser adquiridos somente antecipadamente, nos próprios locais das apresentações”, finaliza Gaspar. (Fonte: PMSS)

Programação Especial para a Semana da Mulher (08 a 13 de março):

Centro

Dia: 08/03 – às 21h
Espetáculo: Dança e Audiovisual (homenagens)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 2,50 + 2 sabonetes

Dia: 08/03 – às 19h
Exposição “Nossas mulheres, nossas artesãs”
Local: SECTUR – sala do artista local – Prof. Emenildes Mattos
Entrada gratuita

Dia: 09/03 – às 21h
Espetáculo: Sexo Frágil (Grupo Teatral Lampreia)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 2,50 + fio dental

Dia: 10/03 – às 21h
Espetáculo: Antologia do Flamenco (Grupo Guadalquivir)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 2,50 + 1 creme dental

Dia: 11/03 – às 20h30
Festival de Dança (Cláudio Vinhas)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 10,00

Dia: 12/03 – às 18h00
Festival de Dança (Cláudio Vinhas)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 10,00

Dia: 13/03 – às 17h00
Festival de Dança (Cláudio Vinhas)
Local: Teatro Municipal
Ingressos: R$ 10,00

Ingressos: Bilheteria do Teatro Municipal e Centro de Informações Turísticas do Canto do Mar.

BOIÇUCANGA
PROGRAMAÇÃO ESPECIAL PARA A SEMANA DA MULHER (de 08 a 12 de março)

Dia: 08/03 – às 21h
Espetáculo: Transparência (homenagens) (Nil Morais)
Local: Praça Pôr do Sol
Ingressos: 1 fio dental

Dia: 09/03 – às 20h
Sarau (Poetas da Costa Sul)
Local: Praça Pôr do Sol
Ingressos: 2 sabonetes

Dia: 10/03 – às 21h
Espetáculo: Mulher (Cello Tavares)
Local: Praça Pôr do Sol
Ingressos: 1 creme dental

Dia: 11/03 – às 21h
Espetáculo: Sexo Frágil (Grupo Teatral Lampreia)
Local: Praça Pôr do Sol
Ingressos: 1 desodorante

Dia: 12/03 – às 21h
Espetáculo: Antologia do Flamenco (Grupo Guadalquivir)
Local: Praça Pôr do Sol
Ingressos: 2 sabonetes

Pontos de troca de ingressos (limitados): Praça Pôr-do-sol, supermercado Skala (Boiçucanga), supermercado Pão e Mel (Camburi). (Fonte: PMSS)

Instalação de unidade de processamento de gás é permitida em S. Sebastião
Lei Orgânica Municipal sofreu alteração visando obter a base de apoio na cidade

São Sebastião -  “O município de São Sebastião tem permissão para instalar uma unidade de processamento de gás”, afirma o ex-vereador Marco Antônio de Souza, um dos autores da emenda a LOM (Lei Orgânica do Município), juntamente com o atual presidente da Câmara, Wagner Teixeira (PV).
A autorização foi concedida após a aprovação de um projeto de emenda a LOM (Lei Orgânica do Município), em dezembro de 2.004.
Na última sessão ordinária, o ex-vereador e presidente da Associação para o Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de São Sebastião, Luís Leite Santana, o ‘Zangado’, declarou na tribuna da Câmara que a legislação vigente proíbe que o gás seja armazenado no município.
A alteração feita na LOM liberou o licenciamento para armazenar gás de superfície e o transporte por meio de dutos. A única proibição mantida está relacionada ao armazenamento de gás em tanques-cavernas subterrâneos.
Vale ressaltar que a emenda inserida na LOM, em 1997, foi elaborada a partir de um movimento popular. Naquele ano, a Petrobrás tinha intenção de armazenar o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) – conhecido como gás de cozinha – em duas cavernas subterrâneas situadas no bairro da Topolândia.
Com relação a falta de espaço físico mencionado por Zangado, o presidente da Câmara acredita que o município possui estrutura e local para implantação da base. “Para instalar o gasoduto e até mesmo uma UPGN (Unidade de Produção de Gás Natural) em área disponível na cidade de Caraguatatuba, seria necessário um grande corte na Serra do Mar. Assim, o município sofreria um impacto ambiental violento. No entanto, São Sebastião já foi prejudicado nesse sentido quando a Petrobrás se instalou aqui, em 1.969. Naquela época, infelizmente, não havia uma lei ambiental que regulamentasse essas atividades. Ou seja, esse é mais um dos motivos para que São Sebastião seja contemplada com a base de apoio ao gás natural”, destaca Teixeira.
“Fiquei surpreso com as declarações do presidente da entidade que atua na área do desenvolvimento e tecnológico do município. Afinal, o mesmo participou de todo o processo para que a cidade pudesse receber as instalações, por meio de alterações na lei”, enfatiza o ex-vereador Marco Antônio de Souza.
Ele também discorda de Zangado quando diz que não há local apropriado para a instalação de uma unidade em São Sebastião. “A área pretendida pela Petrobrás coincide com a Costa Norte da cidade, pois está em linha reta com relação ao Campo de Mexilhões”, observa.
O gás – Segundo o site oficial da Petrobrás, GásEnergia, o gás natural (GN) é um combustível fóssil encontrado em rochas porosas no subsolo, podendo estar associado ou não ao petróleo.
Para que ele se inflame, é preciso que seja submetido a uma temperatura superior a 620ºC. O GN é incolor, inodoro e queima com uma chama quase imperceptível.
A principal vantagem do uso do gás natural, ainda de acordo com o site, é a preservação do meio ambiente. Além dos benefícios econômicos, o GN é um combustível não poluente. Sua combustão é limpa, razão pela qual dispensa tratamento dos produtos lançados na atmosfera.
Já o GLP, provém de processos industriais. Por ser mais pesado que o ar ele se concentra ao nível do solo em caso de vazamento, enquanto outros tipos de gases se dispersam rapidamente ou, em ambientes fechados, concentram-se no teto. Esta diferença é fundamental para nortear as ações em caso de vazamento de gás.
Além do uso residencial e comercial, o GLP é utilizado como combustível industrial. Já o gás natural tem aplicações em todos os setores, inclusive o automotivo. A utilização do GLP em veículos é proibida por lei. Ele é comercializado em botijões de 13kg e em cilindros de 45kg. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Ouvidoria da Câmara registra sugestões da população

São Sebastião - Implantado há 10 dias, o sistema de ouvidoria da Câmara Municipal segue recebendo denúncias, críticas e sugestões. Apesar do pouco tempo de funcionamento, foram registradas 41 manifestações da população.
“Algumas pessoas preferem não preencher o formulário, mas esta foi a maneira que encontramos para oficializar o pedido do munícipe”, explica o ouvidor, Marco de Souza.
Ele conta que as sugestões mais freqüentes dizem respeito ao atendimento da Câmara e melhorias na dinâmica das sessões. “A função da ouvidoria é servir como um canal de comunicação entre o povo e o Legislativo”, define Souza.
É assim que pensa também o presidente da Casa, Wagner Teixeira (PV). “A ouvidoria é um sistema que já existia, porém estava desativado. Nesta administração entendemos que é importante reativar o serviço para sabermos como as pessoas estão avaliando as ações da Câmara. Isso faz parte da política adotada para que a população esteja mais próxima dos trabalhos do legislativo. Quero administrar junto com a comunidade”, comenta Teixeira.
Para Souza, a tendência é aumentar a procura pela ouvidoria à medida que as pessoas forem tomando conhecimento do serviço. “Está sendo providenciado um link no site da Câmara  www.camarasaosebastiao.com.br , além da divulgação na mídia”, revela.
Para utilizar o serviço, a pessoa deve preencher um formulário onde ela descreve sua manifestação e a forma que prefere receber a resposta. Em seguida, o documento é encaminhado à presidência da Câmara, onde é aberto o processo e analisado.
O formulário pode ser retirado na Câmara ou enviado via correio, fax ou e-mail. O telefone da ouvidoria é o 0800-7700.031. (Fonte: Câmara Municipal de São Sebastião)

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mary´s Casa na Fortaleza

Incêndio criminoso destrói escolinha de surf em Itamambuca
Surfistas da cidade se mobilizam para reaparelhar o local

Ubatuba - Um incêndio criminoso destruiu a sede da Escolinha de Surf do Zecão em Itamambuca. Por volta das quatro da manhã desta quinta-feira, 24, a Defesa Civil de Ubatuba foi acionada pelo Sr. Carlos do camping Itamambuca e ao chegar ao local se deparou com o incêndio na escolinha, que fica no canto direito da praia. As labaredas estavam altas e o material de aulas, altamente inflamável, fez com que o fogo se espalhasse rapidamente. “Não havia muito o que fazer a não ser impedir que o fogo se alastrasse pela mata”, disse Donizetti Tavares da Cruz, secretário executivo interino da Defesa Civil, que fez a ocorrência. “Chegamos a solicitar um caminhão pipa, mas não havia nenhum disponível, e utilizamos areia da praia para controlar as chamas”, completou Donizetti.
Há indícios de que o fogo teria começado no quartinho onde se guardava todo o material, na parte de baixo da escolinha. “Quem fez isso não tem idéia do mal que fez aos alunos da escolinha”, disse Sabrina Carrijo, instrutora de Surf. “Mais de 30 crianças chegaram aqui e ao encontraram a escolinha desse jeito, muitas começaram a chorar”, completou Sabrina, também com lágrimas nos olhos. O proprietário da escolinha, José Carlos Maciel Leite,o Zecão, está em viagem no exterior e até o final da manhã, ainda não havia sido comunicado o incêndio.
Solidariedade - Rildo Reis, também instrutor da escolinha, compareceu à delegacia, onde lavrou Boletim de Ocorrência. Foram consumidos pelo fogo, segundo as primeiras informações, 42 pranchas, guarda-sóis, camisetas de treinamento, barracas e registro de alunos. Os surfistas de Ubatuba, em demonstração de solidariedade, já iniciaram um movimento para arrecadar pranchas e materiais para a escolinha. Quem puder doar uma prancha nova ou usada, lycras, leashes e material de construção pode entrar em contato com o Departamento de Surf da Secretaria de Esporte e Lazer, que está centralizando as doações, através do telefone(12) 3833-3818. (Fonte: PMU)

Fundart reaproxima Ubatuba das decisões culturais do Cone Leste

Ubatuba - A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba esteve presente na primeira reunião administrativa da Cultura do Cone Leste, na cidade de Canas, no Vale do Paraíba. O encontro aconteceu na semana passada (17) e contou com a presença de vários representantes municipais de secretarias e fundações de arte e cultura.
O presidente da Fundart, Martiniano Nelson Viana, falou aos participantes da situação precária do casarão do porto em Ubatuba e solicitou a ajuda do Departamento de Atividades Regionais de Cultura da Secretaria de Estado.
O Sr. Carlos de Moraes Sartini, diretor técnico do departamento, sugeriu uma visita técnica a Ubatuba com brevidade para que sejam realizadas ações no sentido de viabilizar a restauração imediata do casarão do porto com recursos, por exemplo, da Lei Rouanet.
A delegada regional do cone leste paulista, Eliane Machado, manifestou alegria e satisfação ao ver a reaproximação de Ubatuba nos assuntos culturais do Cone Leste. O objetivo da realização de reuniões do cone leste é promover a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos a partir da união de todos os municípios que fazem parte da região.
Fizeram parte da comitiva da Fundart, além da presidente, Martiniano Vianna, Jorge Lee, coordenador de eventos e comunicação, Marcelo Mittestainer, coordenador de museus e patrimônio histórico e Paulo Zumbi, fotógrafo oficial da assessoria de comunicação. (Fonte: PMU)

Fundart abre novos cursos de desenho e pintura em março

Ubatuba - A Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba) anuncia que estão abertas as inscrições para os cursos de desenho e pintura com o professor Benjamin González . Uma novidade que merece destaque é o curso de desenho e pintura com giz pastel, uma técnica que une suavidade e riqueza de cores sobre o papel. As aulas têm início na semana de 7 a 11 de março.
Para abril, estão programadas aberturas de novos cursos e oficinas, como resultado da captação de projetos que está sendo feita até 7 de março. Os cursos de Ballet Clássico e Pintura de Óleo sobre Tela já estão com as vagas esgotadas.  (Fonte: PMU)

Segue o cronograma dos cursos de desenho e pintura:

CURSO

IDADE

DIA

HORAS

DESENHO P/

CRIANCAS

7 A 14 ANOS

2ª FEIRA

14 ÀS 17 HORAS

DESENHO P/

CRIANÇAS

7 A 12 ANOS

3ª FEIRA

9 ÀS 12 HORAS

DESENHO DA

FIGURA HUMANA

A PARTIR DOS 15 ANOS

5ª FEIRA

9 ÀS 12 HORAS

DESENHO DA

FIGURA HUMANA

A PARTIR DOS 15 ANOS

5 ª FEIRA

19 ÀS 22 HORAS

AQUARELA P/ ADULTOS

A PARTIR DOS 15 ANOS

6ª FEIRA

9 ÀS 12 HORAS

PASTEL

A PARTIR DOS 15 ANOS

2ª FEIRA

9 ÀS 12 HORAS

 

 

 

 

 

 

 

 

Coleta

Coleta seletiva de lixo mobiliza toda a comunidade
A eficiência

Coleta seletiva de lixo mobiliza toda a comunidade
A eficiência da coleta seletiva depende de três fatores: população participativa, coleta bem organizada e destinação adequada

Ubatuba - Na próxima segunda-feira, dia 28, inicia-se uma campanha que mobilizará toda a comunidade no sentido de implantar, definitivamente, o sistema de coleta seletiva de lixo no município. A coleta seletiva será feita três dias por semana, em todos os bairros. São 5 caminhões especiais, trabalhando alternadamente com a coleta de lixo orgânico. Um extenso trabalho de conscientização começa a ser feito com a comunidade, envolvendo secretarias, meios de comunicação, associações de bairro e escolas. O objetivo é que todas as casas de Ubatuba adotem a coleta seletiva.
Numa primeira etapa, serão distribuídos 20 mil sacos verdes, para que as famílias acondicionem o material reciclável. Então, em um dia coloca-se para fora o chamado lixo orgânico (restos de cozinha, absorventes, papel higiênico e resíduos de limpeza) nos sacos tradicionais e no outro, coloca-se o saco verde com o reciclável (papéis, vidros, plásticos e metais). A dona de casa Albertina Rezende, que já pratica a coleta seletiva em sua casa há algum tempo, diz que é mais simples do que parece. “Trata-se de processo de adaptação. Com o tempo torna-se hábito e daí fica impossível misturar o lixo”.
Mudança de atitude - A reciclagem é um recurso que está sendo utilizado em diversos municípios, porque os espaços nos aterros estão se esgotando, os recursos naturais e matéria prima estão cada vez mais escassos e caros. Deve-se levar em conta o tempo de decomposição do material reciclado no aterro. Alguns deles, como o vidro, por exemplo, chegam a levar 1 milhão de anos para se decompor. Conseqüentemente, o descarte desses materiais representa um grande desperdício e uma afronta à natureza. São fatores que podem ser evitados com uma simples mudança de atitude.
Atualmente, o aterro sanitário de Ubatuba caminha para seu esgotamento. A coleta seletiva, é um compromisso do município assumido com a Cetesb e o Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte. Segundo o Secretário de Obras, João Paulo Rolim, sem essa medida o aterro se esgotaria em menos de um ano e meio. “Nesse tempo, precisaremos implantar uma solução definitiva. Estamos idealizando uma ação conjunta entre os quatro municípios do Litoral Norte. Enquanto isso não é implantado, vamos trabalhar seriamente na coleta seletiva e fazer de Ubatuba um exemplo a ser seguido”, completa Rolim.
Os benefícios da reciclagem são muitos: diminui o volume de lixo no aterro sanitário, prolongando sua vida útil; preserva o meio ambiente; representa lucros para o município; gera empregos e melhora as comunidades envolvidas.  (Fonte: PMU)

Seu lixo pode ser revertido em benefícios para o bairro

Ubatuba - As associações de bairros, postos de saúde e escolas podem se beneficiar com a participação da coleta seletiva no bairro. Serão distribuídos “bag´s” (grandes sacos de ráfia) para coletar o lixo reciclável em grande quantidade.
O dinheiro arrecadado com a venda do lixo no seu bairro, pode ser revertido em material para os postos de saúde e escolas, fundos para as associações de bairro e etc. Converse com a sua comunidade e adote essa idéia!
Secretarias unidas - As Secretarias de Obras, Meio Ambiente, Saúde, Educação e Comunicação fizeram uma aliança para lutar por esse ideal que é a única solução, não só para Ubatuba, mas para todo o planeta. O Secretário Municipal do Meio Ambiente, Paulo Pires, diz que somente a união e a colaboração de todos fará com que a reciclagem funcione efetivamente no município. Segundo ele, “existe um tripé sobre o qual a coleta seletiva se apóia: população participante, coleta bem organizada e destinação adequada”.
A saúde dá o “pontapé” inicial - O Programa de Saúde da Família (PSF) ficou responsável por dar o “pontapé” inicial na campanha nas ruas. Os agentes de saúde do PSF passarão nas casas, distribuindo panfletos com a programação, orientando os moradores e entregando os primeiros sacos verdes. Esses sacos estarão disponíveis também nos postos de saúde dos bairros. A chefe da assistência à saúde, Mirza Zanon, diz que o lixo é um problema que envolve todo o município, por isso, toda a comunidade precisa dar a sua contribuição. “A Secretaria de Saúde está se empenhando em colaborar porque o PSF tem acesso às casas, além de ser uma questão de saúde pública”. Na segunda etapa da campanha, os coletores ficarão responsáveis por entregar os sacos verdes nas casas, quando forem recolher o material separado.
Educação: uma condição básica - A Secretaria da Educação está entrando nessa luta para que todas as escolas participem, separando seu lixo e levando instrução para os alunos nas salas de aula. Segundo a secretária de Educação, Isabel de Souza Leite, a informação passada para as crianças é levada aos pais. “Os filhos dão o exemplo e ensinam os pais a separarem o lixo. O material coletado nas escolas pode ser revertido em fundo para as Associações de Pais e Mestres”. (Fonte: PMU)

Roteiros da coleta seletiva: 

SEGUNDA / QUARTA / SEXTA

 

PRAIA GRANDE

TENÓRIO

PRAIA VERMELHA

ENTRADA DO CAIS

PRAIA DO CEDRO

SACO DA RIBEIRA

PRAIA GRANDE DO LÁZARO

FLAMENGUINHO

SUNUNGA

PARQUE DOS MINISTÉRIOS

MARANDUBA / SERTÃO DOS INGÁS

SERTÃO DA QUINA / ARARIBÁ

RIO DA PRATA / TABATINGA

PRAIA DO SAPÉ

LAGOINHA / SALGA

CABEÇA DE BOI

RECANTO DA LAGOINHA

VILA MARIANA / IMOBILIÁRIA

TAQUARAL / SUMIDOURO

USINA VERMELHA / PEDREIRA

RESSACA / VILA SUMARÉ

CAROLINA / SAMAMBAIA

BELA VISTA / MARAFUNDA

 

 

CENTRO I

(todos os dias)

 

TERÇA / QUINTA / SÁBADO

 

ITAMAMBUCA / BARRA SECA

THIAGÃO / CASANGA

SERTÃO ITAMAMBUCA

ESTUFA I / RANÁRIO

CAÇANDOCA / BEIRA-RIO

PROMOVE / PORTO DO EIXO

SUMARÉ / SILOPE

CENTRO II

 

ENSEADA

TONINHAS

SONTA RITA

EMAUS / IPIRANGUINHA

 MORRO DAS MOÇAS / B. FIGUEIRA

PÉ DA SERRA / MATO DENTRO

CACHOEIRA DOS MÁGICOS

ESTUFA II / SESMARIAS

PEREQUÊ-AÇU (praia e bairro)

SERTÃO DO SÉRGIO / FÉLIX

UBATUMIRIM / CAMBUCÁ

VILA ROLIM / ESTALEIRO

PRAIA DA FAZENDA

SERTÃO DO UBATUMIRIM

FAZENDA DA CAIXA

ALMADA / CAMBURI

PICINGUABA

Presidente do Fundo Social vai a “Encontro Solidário” na Capital

Ubatuba - A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ubatuba, Denise Barbosa Montemor César, esteve presente na última quarta-feira, dia 23, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, onde participou do “Encontro Solidário”, que reuniu aproximadamente 600 presidentes de fundos municipais. O encontro objetivou a confraternização e integração com essas mulheres que assumiram os Fundos Municipais em janeiro deste ano, em decorrência da renovação de 70% dos prefeitos de São Paulo.
Quem abriu o evento foi o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. Ele homenageou as mulheres contando piada: “Existem dois tipos de marido. Aqueles que dizem: ‘quem manda em casa é a minha mulher’ e os mentirosos”, brincou Alckmin. Durante o evento, que antecipa as comemorações do Dia Internacional da Mulher, a presidente do Fundo Social de Solidariedade (Fussesp), Lu Alckmin, anunciou o repasse de cerca de R$ 6,45 milhões para implementação de programas de geração de emprego e renda nos 645 Fundos Municipais do Estado de São Paulo.
Recursos para os municípios - “Para este ano, o governador Geraldo Alckmin acabou de autorizar o leilão de carros usados do Estado. Com esse recurso, as cidades serão beneficiadas com mais dinheiro”, informou Lu Alckmin. A presidente do Fundo Social afirmou ainda que estará em contato com todas as presidentes de fundos municipais para elaborar projetos e conhecer de perto as principais necessidades das cidades. “Quero conhecer todas as presidentes municipais. Muitas estão assumindo agora e essa troca de experiência é muito importante para a realização do nosso trabalho”, afirmou.
Após o pronunciamento, as convidadas assistiram a um vídeo onde foram apresentados os trabalhos atualmente desenvolvidos pelo Fundo Social. O próximo passo de Lu Alckmin será viajar por todo o Estado para reuniões de avaliação e troca de experiências com as presidentes de Fundos Municipais. A presidente do Fundo Social de Ubatuba, considerou o encontro proveitoso. “Não tivemos um contato direto com a Lu Alckmin, pois ela apenas se apresentou às primeiras damas e presidentes de fundos municipais. Em agosto ela virá ao Vale do Paraíba e aí sim poderemos conversar com tranqüilidade”, falou Denise. “Mas mesmo assim conhecemos a realidade de outros municípios e vimos que todas as presidentes estão se adaptando aos programas implantados pelo Governo Estadual”, completou. (Fonte: PMU)

Ubatuba poderá ter em breve Terminal Turístico digital
Proposta foi apresentado ao trade turístico da cidade e já conta com aval da Secretaria de Turismo

Ubatuba - Ubatuba pode ter em breve um terminal digital com informações turísticas em inglês, português e espanhol. O projeto, já instalado em 38 cidades, foi apresentado ontem a tarde (quinta, feira, dia 24) ao trade turístico de Ubatuba e já conta com o aval da Secretaria Municipal de Turismo. Vários empresários da cidade já aprovaram a idéia e adquiriram cotas de patrocínio e os planos iniciais é que até o próximo dia 22 de março, o terminal digital turis já esteja instalado no Centro de Informações do município.
Para Luiz Felipe Azevedo, secretário de Turismo de Ubatuba, é o momento dos empresários locais darem um voto de credibilidade ao governo de Eduardo César e participarem desse importante veículo de divulgação do município. “Terminais semelhantes já são encontrados em áreas turísticas muito importantes como o Corcovado, no Rio, Paraty e nas cidades históricas de Minas Gerais. De todos esses pontos o turista poderá conhecer um pouco mais de Ubatuba”, ressaltou Luiz Felipe.
Rápido e sucinto - Segundo a publicitária Solange Sangenito, idealizadora do projeto, a empresa Digital Turis detectou, através de pesquisas, a necessidade de se criar um veículo de comunicação moderno, prático e dinâmico, que atendesse tanto aos usuários quanto aos anunciantes. “Por este levantamento vimos como o turismo no Brasil está carente de um programa que mostre suas potencialidades, de forma rápida e sucinta. Daí veio a idéia do Terminal Digital Turis, acessado também pela internet”, explicou Solange.
De design arrojado e futurista, os Terminais Digital Turis estão sendo instalados ao longo do país, como centro culturais, de convenções, Secretarias Municipais de Turismo, shoppings, hotéis de grande porte, lojas de conveniências, entre outros locais. “Já estamos com 38 terminais funcionando gratuitamente em locais estratégicos e 1.900 anunciantes já fazem parte do nosso sistema”, comemora a idealizadora do projeto. O sistema disponibiliza informações de hotéis, pousadas, restaurantes, artesanato, agências de automóveis, serviços bancários, médicos, artistas plásticos, além dos roteiros turísticos.
Navegação - Segundo Solange, o sistema de navegação não tem segredo. O usuário visualiza primeiramente o mapa do Brasil dividido em regiões. Com um simples toque na tela, ele escolhe a região e, em seguida, o Estado desejado. A partir daí, utilizando o mesmo procedimento de toque, surge um leque de opções: turismo ecológico, rural, de negócios, de aventura, cidades históricas, capital, litoral, entre outros tópicos, variando de cidade para cidade. E dentro de cada um deles, há ainda uma nova divisão, onde o usuário escolhe entre o que ver o visitar, onde comer, onde comprar, onde ficar, lazer e serviços de utilidade pública.
Os Terminais Digital Turis apresentam ainda, de acordo com Solange, um diferencial: através de uma impressora térmica, são emitidos extratos de informações com os dados dos anunciantes e opções de promoções. Solange esclarece também que o objetivo da Digital Turis não é de vender os equipamentos. “O que nossa empresa comercializa são anúncios publicitários. Nossos anunciantes ganham por terem seus produtos visto ao longo de todo território nacional e o cliente poderá ainda utilizar os serviços para anúncios que poderão ser atualizados quantas vezes forem necessárias”. Os anúncios serão veiculados em todos os terminais instalados durante o período do contrato. Até o momento existem terminais da empresa instalados nas cidades de Tiradentes,
São João Del Rey, Ouro Preto, Araxá, Porto Seguro, Teresina, Rio de Janeiro, Búzios, Macaé, Cabo Frio, Rio das Ostras, Paraty, Angra dos Reis, Itatiaia, Penedo e Caraguatatuba e Havana, em Cuba. (Fonte: PMU)

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil tem dia de atividades
Secretaria de Assistência Social promove atividade em escolas da cidade

Ubatuba - A Secretaria de Assistência Social realizou no último dia 22 o Ação/Recreação nas escolas Capitão Deolindo, no Centro e Governador Mário Covas, no Ipiranguinha. O Ação/Recreação ofereceu atividades para crianças e adolescentes e faz parte do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Mais de 100 crianças em dois períodos puderam praticar atividades esportivas, lúdicas e artísticas, com orientação de monitores da Secretaria de Esporte e Lazer.
Ao final do período todos receberam lanche e voltaram para casa com um kit de material escolar. Segundo a recreacionista Kátia Castilho, as crianças gastaram bastante energia. “Elas voltaram das férias escolares com pique total. Os recreacionistas ficaram cansados, mas foi gratificante ver o sorriso estampado no rosto de cada um deles no final do dia”, comentou Kátia. A Secretária de Assistência Social, Kátia Nunes, aguarda a liberação da casa do projeto Sol Nascente, que abriga as crianças que fazem parte do PETI em Ubatuba. “Acho que até o dia 15 de março a casa deverá estar em condições para voltar a receber as crianças”, disse a secretária. (Fonte: PMU)

Ação Litoral
 
Artigo Topo

Agressividade Infantil
Aline Carvalho Vendruscollo


Como se sabe, a agressividade tem dois significados: por um lado, é uma reação direta ou indireta à frustração e, por outro, é uma das muitas fontes de energia de um indivíduo, é aquilo que o move a superar obstáculos na vida e sobreviver. À medida que nos desenvolvemos, aprendemos formas de dominar e controlar nossos impulsos agressivos, colocando-os a serviço da vida, do amor, do trabalho, do brinquedo, do estudo...
Ainda assim, o conceito de agressividade é visto, na maioria das vezes, sob um ponto de vista pejorativo, como algo ruim, que deve ser eliminado. Quando se trata de uma característica do comportamento infantil, então, pais e professores se vêem numa situação bem delicada, principalmente se não conseguem entender a agressividade como algo mais amplo que um ato agressivo. Partindo dessas afirmações, nos perguntamos: como os adultos podem manejar de forma positiva condutas agressivas das crianças?
Em primeiro lugar, não combatendo a agressividade com agressividade, pois é uma mensagem contraditória e reforça que a criança imite a atitude agressiva. É importante que os educadores em geral não permitam que a agressão seja consumada, contendo a criança, sem usar de força e explicando a razão desta contenção. Quando isso ocorre, é fundamental que o adulto não tome parte na briga, nem defenda o agredido, pois pode apenas postergar o ato agressivo e ainda acaba mostrando preferências, o que pode ser injusto.
O mais adequado é conversar com as crianças quando estiverem mais calmas. Primeiro, o educador deve falar a sós com o agredido, depois, com o agressor. Ao procurar ficar a par de uma situação de agressão, o professor ou responsável deve evitar a famosa pergunta “Por que você fez isso?”, pois esta reflete um pré-julgamento. É válido considerar a agressão de uma criança como um sintoma que precisa ser interpretado, decodificado pelo professor ou pelos pais. Pode ser um pedido falido de ajuda, um grito desesperado de incompreensão do que lhe acontece.
Da mesma forma, jamais se deve buscar no grupo de crianças um cúmplice para acusar o agressor, nem se identificar com o agredido. O que muitas vezes o adulto se esquece é que seu papel é de mediador do conflito, além de modelo de identificação para as crianças. Se seu objetivo é fazer com que os pequenos desenvolvam suas habilidades sociais, deve mostrar que sua intervenção é neutra e que depende de um autocontrole. Para tanto, é preciso que este adulto saiba lidar bem com sua agressividade, questionando-se como vê cada uma das crianças envolvidas. Será que não se identifica com a vítima e por isso age de forma inadequada com a criança que o agride? Que vivências suas poderiam estar determinando este sentimento desenfreado? Uma auto-análise permite que, conhecendo a origem da conduta, a conduzamos para uma intervenção mais acertada nas próximas situações.
Aconselha-se que o adulto mediador nunca dê como explicação “Aquele aluno agiu assim porque é agressivo”, mas que sempre questione-se, pergunte ao agressor, ao agredido, ao grupo o motivo da atuação. Assim, abre-se espaço para a reflexão e outras formas de comunicar-se. O adulto pode sim propiciar a reparação do seu ato, sem forçá-la. Em outras palavras, o professor ou pais podem ajudar muito quando dão a oportunidade à criança de se arrepender e tentar corrigir o que fez. Causa alívio a ela, que percebe que também é capaz de construir, não só destruir. Um exemplo, é ajudar a fazer o curativo do amigo que ela machucou, assim como pedir desculpas de forma espontânea.
Por fim, cabe sempre aos adultos lembrarem que não existem “crianças agressivas”. Se eu digo que uma criança é agressiva, esta agressividade transforma-se em parte de sua identidade. Ao contrário, se é dito a um aluno que ele cometeu um ato agressivo, ele vai receber do professor um assinalamento de seu ato e o reconhecimento de que é mais do que isso. Condene o ato, mas jamais a criança. Se ela crescer ouvindo que é agressiva, vai acabar ficando sem saída, assumindo o rótulo que lhe foi dado.

Aline Carvalho Vendruscollo
Psicóloga - CRP 06/73379
E-mail: aline.vendruscolo@ig.com.br

Opinião Topo

Estar vivo
Eliane Maria Arruda Silva

Não basta apenas a um escritor (ou pretenso) ler livro após livro, embeber a idéia dos outros e depois reproduzi-la com as suas palavras. Até aí nada de original. É necessário que um autor seja dono dos próprios pensamentos, das próprias idéias, servindo a dos outros de ilustração.
Observa-se muito em quem escreve o fato de citar autores e, entre aspas, o que produziram. Tudo bem, possam esses discursos servir de modelo, de ponto de partida! Um bom escritor, no entanto, deve ter a sua escrita pautada no que pensa e reflete sobre a vida, o mundo, manifestando-se de forma criativa. Fernando Pessoa, por exemplo, em muitos poemas aparentemente simples, conseguiu infiltrar uma filosofia profunda, abrindo espaço à reflexão do interlocutor.
A leitura é, sem dúvida, de grande importância, porém não encontrada apenas nos livros. A própria vida é uma leitura, necessário se faz a sua interpretação. No mundo, tudo tem voz, é uma comunicação, restando ao escritor desenvolver a sua acuidade observacional, advindo em seguida um registro criativo do que observou, ingressando no mundo ficcional ou reflexivo, ou seja, dos ficcionistas ou filósofos. Só vive realmente quem pode repassar um pouco de si a outros viventes, quando muitos deles só pensam em diversão, na aparência de mãos dadas com o hedonismo.
Por outro lado, um bom autor literário não é o que diz tudo abertamente, mas o que leva à descoberta, através apenas da sugestão, ou seja, não afirma, porém sugere, assim desenvolvendo a imaginação, o poder de penetração dos leitores nas idéias do texto, tentando traduzi-lo de acordo com a sua agudez de percepção, o seu repertório e sensibilidade.
Supomos que assim agiu o Criador: pôs tudo sabiamente no mundo, mas deixando aos humanos a sublime tarefa da decodificação, e imprimindo nessa, a marca profunda da sua originalidade. Assim também deve fazer o escritor: pôr tudo o que pensa e sente no papel, mas abrindo espaço para que o leitor recrie e reflita sobre os seus pronunciamentos.

Eliane Maria Arruda Silva
Agência Carta Maior
Publicado na Revista@ubaweb.com

Carta do Leitor Topo

COMTUR I - Resposta aos questionamentos levantados com respeito ao roubo ocorrido na Praia da Maranduba, dos recursos da COMTUR.
Vimos por meio da presente informar o que segue:
Os recolhes de recursos, prestação de contas e elaboração de boletim de caixa e controle de cartões de zona azul na gestão da ex Presidente Patrícia Ortiz, eram feitos diariamente;
Sempre houveram procedimentos internos para todos os assuntos pertinentes a entrada e saída de guias e recursos;
Por uma fatalidade, e excepcionalmente, tive um problema particular, meu pai adoeceu seriamente, e não pude ir recolher o recurso no dia 12/02 na praia da Maranduba. Não há caixas eletronicos para depósito no local (Maranduba);
O fato está sendo objeto de inquerito policial. Foi enviado o processo administrativo interno da COMTUR referente a este assunto a Delegacia de Policia local.

José Julio Barbosa
Coordenador de Zona Azul
Ubatuba, SP


COMTUR II - Em resposta, ao sr. "Jija", Litoral Virtual, 23 de fevereiro de 2005:
1. Os balancetes estavam na empresa, a disposição dos acionistas, dentro dos prazos legais estabelecidos, confirmados ainda pelos boletins informativos mensais, enviados aos mesmos;
2. A contratação da empresa Americano, para prestação de contas do sr. Sérgio Luiz Alves Carvalho, foi feita pelo próprio (contrato assinado em 8 de março de 2004). A administração atual apenas pagou a conta;
3. Fomos contratados para prestação de vários serviços conforme carta convite de processo licitatório, entre eles a assessoria administrativa, financeira, a prestação de contas junto ao TCE, acompanhamento do processos licitatórios e de despesas in-loco com visitas semanais em dia e horario estabelecidos, além de outros;
4. Como o proprio nome diz, "carta convite", estas devem ser destinadas as empresas ou pessoas juridicas de confiança do convidado, e com curriculum na area, no caso, administração pública. porém não impedem a participação de quaisquer interessados.
5. Se na cidade de Ubatuba não houve interessado no processo licitatório em questão, nada temos a relatar.
6. Quanto a sub-contratação da empresa "Americano", para qualquer serviço em específico, trata-se de análise de custos e beneficios, porem, relevantes apenas as partes envolvidas, não devendo ser objeto de mais esclarecimentos.
Temos a acrescentar, apenas, que temos 55 anos de serviços prestados nesta área e clientes em todo estado de SP e RJ.
atenciosamente,

Eduardo Frederico
Organização João Caetano


COMTUR III - Segue abaixo resposta ao Litoral Virtual quanto às informações pertinentes a minha contratação de serviços pela Companhia Municipal de Turismo de Ubatuba. Quanto às informações do Sr. Josias B. N. Sabóia (JIJA), á respeito da empresa Americano Assessoria Contábil, tem-se á esclarecer o que segue:
1. Quanto ao balancete o escritório se dispõe a atender qualquer ACIONISTA da melhor forma possível para esclarecimentos sobre os assuntos pertinentes
a COMTUR;
2. Falar em pagamento da empresa sem as informações devidas e que não lhe dizem respeito, é uma atitude no mínimo leviana;
3. Realmente o escritório fez a prestação de contas do período de setembro a dezembro, como consta nos livros da COMTUR e... Qual o problema? Serviço cumprido, contrato cumprido;
4. A contratação da empresa Americano Contábil para a prestação de contas do período de 2004 não é um assunto que lhe é pertinente, mas em resposta para
esclarecimentos, trata-se de uma sub-contratação para serviços contábeis, portanto o valor ser inferior.
Sem mais,

Mara Cibele Franhani
CRC-SP 1SP 204.649/O-1


Assaltos - Queridos leitores. Se fosse só a Massaguaçu vítima de assaltos, o problemas poderia ser resolvido imediatamente e com simplicidade.
Acontece que não temos nenhuma segurança, moramos gradeados, e nem assim temos tranqüilidade, nada segura o ladrão.
Veja bem, depois de um dia inteiro de trabalho, você é surpreendido pela visita do alheio, alem do quadro deprimente de ver sua casa arrombada, as coisas todas reviradas, você sente sua privacidade invadida e se sente impotente para tomar qualquer atitude.
Levaram de nossa casa, uma maquina fotográfica Pentax antiga, com lente teleobjetiva, aparelho de DVDoke Philco, filmes em DVD, discman Philco, alem de jóias, mini gravador e outras coisas mais.
Além de pagar impostos, você paga as grades, os alarmes, as cercas elétricas, mantém os cachorros, paga caseiros e etc..
Dificilmente temos uma viatura da policia passando por nossa rua para dar um pouquinho de tranqüilidade.
Recebemos uma carga de informações em como evitar assaltos em sua casa, carro, semáfora, ruas, sendo assim,sempre tomamos o máximo de cuidado ao chegar em casa à noite ,quando temos nossos compromissos, sempre procurando artimanhas p/ ludibriar quem quer que possa estar nos vigiando, ainda não temos iluminação pública , não por falta de pedir, mas por falta de atendimento,.
O agravante maior é o mato da cresce ficando apenas um caminho para a passagem do carro, se queremos a rua em ordem temos que capinar por nossa conta. Fazemos isso sempre pela nossa segurança. Mas tem um detalhe, não somos funcionários da Prefeitura.
Sempre que solicitamos aos poderes públicos, podemos colocar dias e dias de espera, quando tomamos a iniciativa de capinar por nossa conta.
Gostaria muito de poder contar com a prefeitura para uma melhoria na rua onde moramos, precisamos de iluminação pública, de um calçamento e de rede de esgoto.
Confiante que agora devo ser ouvida, agradeço a oportunidade que vocês me cedem.
Atenciosamente

Dulcinea Arouca Lopes Nunes
Rua Romeu de Freitas
Balneário Forest


Caramujo africano no Sertão do Piavú - Tenho uma casa no Sertão do Piavú e de um tempo para cá, temos percebido a proliferação do Caramujo Africano, nas redondezas, com incidências de crianças e adultos manipulando estes caramujos sem a menor informação.
Peço por favor que leiam atentamente o texto abaixo, e vejam que se trata de um assunto muito sério, já que ele pode levar até à MORTE!!!!!!!!!
Agradeço a atenção,
Muito obrigada,

Fabio Bataglia
Sertão do Piavú - Camburi
São Sebastião, SP


Cuidado!
O verme do caramujo africano pode matar!
Já chegou no litoral!


O chamado caramujo africano (achatina fulica) esta proliferando em diversos municípios da região. Grande quantidade tem sido encontrada, principalmente jardins, terrenos baldios, bananeiras e entulhos. Em outros municípios da região também tem sido grande a incidência.
De acordo com a 15ª Regional da Saúde, o caramujo africano oferece alto risco à saúde das pessoas. Se o muco do verme do qual é portador for ingerido através de alimentos, especialmente nas verduras, pode provocar a proliferação de verminose, com risco de perfuração do intestino que pode levar à morte.
Lavar muito bem os alimentos, notadamente folhosas, é medida importante para ser afastado o risco de contaminação.
O que fazer - Segundo orienta o médico-veterinário Dirceu Vedovello, chefe da Seção da Ação sobre o Meio Ambiente, da 15ª RS de Maringá, o molusco deve ser coletado com muito cuidado (utilizando-se luvas ou sacos plásticos para ser evitado o contato direto), incinerado e enterrado.
Embora o molusco tenha sido detectado oficialmente no Paraná em 88, na região apareceu em 2001. Inicialmente, era produzido em pequenas propriedades e fundo de quintal na área urbana como renda complementar em substituição ao scargot. Porem, porque seu paladar não agradou aos consumidores, vinha sendo comercializado como isca aos pescadores. Rejeitado mais uma vez, sua criação foi abandonada pela maioria, possibilitando migração – e rápida reprodução – entre os municípios da região.
Na atualidade, é qualificado como séria praga agrícola por atacar e destruir plantações, com danos maiores em plantas de subsistência de pequenos agricultores (mandioca e feijão) e plantas comerciais da pequena propriedade (mandioca, batata-doce, carás, feijão, amendoim, abóbora, mamão, tomate, verduras diversas).
O caramujo africano pode hospedar o verme Angiostrongylus costaricensis, causador da angiostrongilíase meningoencefálica humana, doença grave capaz de ocasionar a morte por perfuração intestinal, peritonite e hemorragia abdominal.
VAMOS ACABAR COM ESTA PRAGA

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br
O envio de foto caracteriza autorizada a sua publicação e identifica o remetente como autor.

Ubatuba-SP

Ilha Anchieta - Roberto Russo


Ilha Anchieta
 ©Roberto Russo


Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Editora Assistente: Jullyany Roberta Cruz


GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor