Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 03 de Fevereiro de 2006 - Nº 1457 Edições Anteriores

Ubatudo Pousada das Cachoeiras Jornal Agito

Região
Litoral tem queda no movimento
Litoral tem 8 praias impróprias ao banho
SOS Praias Brasil não deixa lixo virar moda no verão paulista


Caraguatatuba
Prazo para recadastramento de comércio termina dia 13 em Caraguá
Secretaria de Esportes de Caraguá divulga calendário esportivo

Ilhabela
Ilhabela tem sorteio de 80 apartamentos


São Sebastião
São Sebastião faz operação caça-esgoto
Definidos os campeões do Circuito Bad Boy Sebastianense de Surf 2005
Abertura do ano letivo reúne 800 professores no Teatro Municipal
CIP se prepara para início das aulas

Ubatuba
Charles Medeiros solicita ação emergencial para recuperação da base do Cruzeiro foto
Plano Diretor
Fundart busca recursos para restaurar Casarão
“1º Fest Fish 2006” acontece neste domingo na Associação Comercial
Aula inaugural prepara professores da rede pública para o início do ano letivo
Fundart elege coordenadores de grupos setoriais para 2006
Prefeitura completa retirada de rocha que atrapalhava passagem no Rio Grande
Conselhos aprovam terceirização da merenda escolar em Ubatuba

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Litoral tem queda no movimento

Litoral Norte - Com o fim das férias escolares e as mudanças no tempo, o movimento turístico nas cidades do Litoral Norte sofreu uma queda, segundo os comerciantes. A expectativa é que o tempo melhore e atraia os turistas neste fim-de-semana.
Segundo José Carlos de Souza, assessor do Sindicato dos Hotéis no Litoral Norte, a maioria dos estabelecimentos de Ubatuba registrava ontem 50% de leitos reservados para o fim-de-semana. "Se o tempo melhorar, o índice de ocupação pode chegar a 80%", disse Souza.
O hoteleiro Dori Dure, da Associação de Hotéis de Maresias, em São Sebastião, afirmou ontem que, como o tempo ainda muito instável, os turistas deixaram para confirmar suas reservas nesta sexta-feira, caso o tempo melhore.
Segundo Dore, nos hotéis e pousadas de Maresias, uma das praias mais procuradas pelos turistas na temporada, cerca de 50% dos leitos foram reservados para o fim-de-semana.
O presidente da Associação de Quiosques de Caraguá, Mozzart Russomano, disse que, o movimento na semana foi muito fraco nas praias. "Se o tempo firmar, os turistas devem aparecer", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Litoral tem 8 praias impróprias ao banho

Litoral Norte - O Litoral Norte permanece com oito praias classificadas como impróprias ao banho pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental). O boletim de balneabilidade, divulgado ontem pela companhia, classifica como poluídas, devido a presença de esgoto, as praias Centro e Indaiá, em Caraguatatuba, Prainha, Pontal da Cruz e São Francisco, em São Sebastião, Pinto, em Ilhabela, e as praias Itaguá e Perequê-Mirim, em Ubatuba. A Cetesb também classificou como imprópria as águas do rio Itamambuca, em Ubatuba. A Cetesb vem avaliando a qualidade das águas nas praias da região três vezes por semana. Após o Carnaval, a análise volta a ser semanal. (Fonte: ValeParaibano)

SOS Praias Brasil não deixa lixo virar moda no verão paulista
Depois de passar por cinco cidades, a ong encerra o projeto Eco Verão 2006 em Ubatuba

Litoral Norte - Desde o início do mês de janeiro, a ong SOS Praias Brasil percorre o litoral paulista com o projeto Eco Verão 2006. O objetivo do trabalho é alertar os banhistas da importância de preservar o meio ambiente, promovendo a educação ambiental nas praias. Depois de passar pelo Litoral Sul de São Paulo, ela rumou para o Norte, onde pretende encerrar as atividades, em Ubatuba, no próximo domingo, dia 5.
Desde o último dia 14, o casal Heloisa Azevedo e Marcelo Marinello, idealizadores e responsáveis pelo desenvolvimento do projeto, já fincaram as tendas da ong em Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Bertioga e Caraguatatuba. Seguindo um cronograma, eles pararam nas principais praias, onde ficaram em média dois dias em cada cidade divulgando a campanha “Lixo na praia não pode virar moda”.
Para colocar em prática o Eco Verão 2006, eles contaram com o patrocínio da marca UAU! Ingleza, que promovem mutirões de limpeza e divulgam seus produtos nas residências. Também abraçaram o trabalho da ong a Sabesp em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, o deputado Turco Loco e as empresas Malarrara e a Sinatec, que estão concedendo material para a execução do projeto.
“O nosso trabalho tem dado um bom resultado e vem sendo bem aceito por todas as praias que passamos”, comenta a presidente da ong, Heloisa Azevedo. Segundo ela, todo o lixo é recolhido e separado. Os objetos que são encontrados com mais freqüência nas praias ficam expostos durante o dia na tenda para chamar a atenção dos banhistas.
“Estamos separando o que for micro-lixo para uma contagem após o término do evento”. Somente nas praias do Litoral Sul estima-se que a ong coletou cerca de 20 mil bitucas de cigarros, 10 mil canudinhos de plástico, 600 palitos de sorvete ou churrasco e mais de 400 tampinhas de garrafas. “Os números são de espantar, mais é a realidade”, adverte.
O que mais chamou a atenção durante o percurso foi um boto que apareceu morto em uma das praias de Peruíbe. “Ele foi trazido pelas ondas até a areia e estava todo machucado por redes de pesca”, alerta. “Um fiscal do Ibama esteve no local e tirou fotos para fazer a denúncia. O Marcelo trouxe o animal mais para cima e chamou a defesa civil para fazer a retirada da praia”.
Ações – Para colaborar com a limpeza local, a ong SOS Praias Brasil mantém lixeiras ecológicas em sua tenda. No local, além de depositar os lixos, os visitantes também podem participar de brincadeiras, conhecer mais sobre a ong e saber maneiras de como ajudar na preservação da natureza.
Heloisa Azevedo e Marcelo Marinello também vestem fantasias de lixos e organizam gincanas e atividades recreativas para atrair a atenção das crianças. “É importante investir na educação ambiental. Através de brincadeiras, conquistamos a atenção deles que acabam entendendo o problema do lixo no mundo”.
Um dos principais alvos dos agentes são os fumantes. Eles distribuem um cinzeiro ecológico, que acompanha um folheto informativo sobre como usá-lo, e falam sobre os diversos danos causados pelos filtros de cigarros deixados a beira-mar. Estudos realizados por biólogos mostraram que peixes, tartarugas, golfinhos e outros animais marinhos estão ingerindo as bitucas e morrendo.
Sobre a ong – A SOS Praias Brasil é uma organização não governamental, que busca o envolvimento das pessoas na luta pela preservação das praias brasileiras. A missão da ong é de promover educação ambiental, atuar na fiscalização da natureza, propondo alternativas do uso sustentável dos recursos naturais do litoral brasileiro, além de estimular a criação de políticas para o lixo urbano.
Desde 1999, a ong roda o Brasil a bordo de um motorhome – espécie de casa sobre rodas, em busca de assinaturas para um abaixo assinado que pede a construção de estações de tratamento de esgotos em todos os municípios litorâneos. Para que o projeto se transforme em lei federal é preciso de um milhão de assinaturas. Até o momento, ele conta com aproximadamente 180 mil.
Também apóiam a SOS Praias Brasil as empresas Tent Beach, HD, Oakley, Gretta Silk, Belmacut, DPZ, Super Surf e Revista Fluir. Mais informações pelo telefone (11) 8428-3802 ou pelo site www.tabreal.com.br/sospraias(Fonte: Fama Assessoria)

 

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba


Prazo para recadastramento de comércio termina dia 13 em Caraguá
Todos os estabelecimentos terão de se recadastrarem na prefeitura até o dia 13. Caso isso não aconteça poderão sofrer as penalidades no artigo 4º do decreto

Caraguatatuba - Os estabelecimentos que comercializam bebibas em qualquer teor alcóolico ou que utilizam som mecânico ou ao vivo, têm até 13 de fevereiro (sexta-feira), para se recadastrarem no setor de fiscalização do comércio da Prefeitura de Caraguá. O prazo foi estipulado pela Secretaria da Fazenda, por meio da Fiscalização, sob o decreto 180 de 6 de dezembro de 2005. O decreto foi publicado no dia 15 do mesmo mês e cada estabelecimento teria 60 dias a contar da data da publicação do edital para regularizar sua situação.
Após esta data, os fiscais da prefeitura farão vistoria em todos os estabelecimentos comerciais para verificar a regularização. Caso o estabelecimento não esteja dentro das normas poderá sofrer as penalidades previstas em lei.
De acordo com o Assessor Financeiro, Eudécio Rodrigues de Souza, foi enviado um e-mail, na data da publicação do edital, para o delegado do CRC (Conselho Regional de Contabilidade) de Caraguá, para que ele comunicasse aos contadores sobre a exigência do decreto e o modelo da ficha de recadastramento, para que os mesmos pudessem recadastrar seus clientes, de acordo com as exigências estabelecidas no decreto.
“Estamos reinteirando o delegado por e-mail sobre o fim do prazo de recadastramento, para que ele possa informar aos escritórios de contabilidade, caso o recadastramento não aconteça os estabelecimentos poderão sofrer as penalidades indicadas no artigo 4º do decreto”, disse.
O artigo diz que, o contribuinte que não providenciar o recadastramento de seu estabelecimento no prazo hábil fixado sujeita-se a pena de multa, interdição e cassação de seu Alvará de Localização e Fiscalização de Funcionamento, nos termos que dispõe a Lei Complementar n.o 14, de 19 de dezembro de 2003 (Código Tributário Municipal), combinado com a Lei n.o 1.144, de 06 de novembro de 1980 (Código de Posturas do Município). (Fonte: PMC)

Secretaria de Esportes de Caraguá divulga calendário esportivo
Todas as competições terão inscrições gratuitas. Os atletas da cidade ainda participarão dos eventos da Secretaria da Juventude Esportes e Lazer do Estado


Caraguatatuba - Com o fim das férias escolares, a Secretaria de Esportes e Recreação de Caraguatatuba, divulgou o calendário esportivo 2006 da cidade. Entre as competições estarão os eventos ligados à Secretaria da Juventude Esporte e Lazer do Estado de São Paulo, que acontecem anualmente.
De acordo com a secretaria, a cidade terá eventos esportivos e recreativos para atender a todos os munícipes e também turistas e veranistas que estiverem visitando a cidade. Atletas que praticam diversas modalidades poderão se inscrever para participar das competições.
O mês de fevereiro iniciou com competições de Beach Soccer, que faz parte do Projeto de Verão 2006, além das competições de vôlei de praia, canoagem, vela, Streetball, Copa da Criança, torneio de futebol master, que irão acontecer durante todo o mês.
Durante todo ano, o calendário esportivo e recreativo estará recheado com competições como futebol de campo, recreação nos bairros, futsal, JOREMI (Jogos Recreativos Municipais do Idoso) que foi criado o ano passado para valorizar as pessoas da melhor idade, Copa Tiradentes, com a participação das polícias civil, militar, corpo de bombeiros e florestal, torneio de truco, Copa Sesc, Prova Pedestre, Skate, Natação, bicicross, xadrez, campeonato de futsal noa bairros entre outros. Há também uma parceria com os presidentes de clubes e responsáveis por modalidades espotivas, como ciclismo, Down Hill, Artes Marciais, entre outros para que todos tenham apoio nos eventos realizados fora do município. Os esportistas da cidade ainda participarão dos eventos desenvolvidos pela Secretaria da Juventude Esporte e Lazer do Estado como: JORI (Jogos Regionais do Idoso) Olimpíada Colegial, uma parceria com a Secretaria de Educação do estado, Jogos Abertos da Juventude, Jogos Abertos do Interior e Jogos Regionais, este último sediado por dois anos consecutivos pelo município.
Os atletas terão oportunidade de participar gratuitamente de diversas competições esportivas e a população poderá apreciar o esporte, melhorando a qualidade de vida .
Prestigie o esporte de sua cidade!!! (Fonte: PMC)
 
Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Ilhabela tem sorteio de 80 apartamentos

Ilhabela - A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) sorteia hoje em Ilhabela 80 apartamentos construídos no município. O evento ocorre às 18h no ginásio de esportes Gilson Gomes Pinna, no bairro do Itaguassu, com as presenças do secretário da Habitação, Emanuel Fernandes (PSDB), e do prefeito Manoel Marcos (PTB). Pelo menos 749 famílias se inscreveram para o sorteio. Os apartamentos possuem 48 metros quadrados de área, contendo dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O Estado investiu R$ 3,9 milhões na construção das moradias. Seis moradias serão destinadas a portadores de deficiência, quatro para idosos e outros quatro para policiais. (Fonte: ValeParaibano)
 

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

São Sebastião faz operação caça-esgoto

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, através da Secretaria de Meio Ambiente, está realizando uma operação "Caça Esgoto" em bairros da costa sul. Uma equipe de fiscais percorre as praias vistoriando os sistemas coletivos de tratamento de esgoto em hotéis, pousadas e condomínios.
Esta semana a equipe fiscaliza os estabelecimentos de Barra do Sahy, bairro onde não existe rede de coleta e tratamento da Sabesp e cuja praia foi classificada pela Cetesb como imprópria ao banho em novembro, devido à presença de esgoto.
Segundo Téo Balieiro, da Secretaria de Meio Ambiente, dos 13 pontos vistoriados na Bara do Sahy, apenas um mantinha o sistema em operação dentro das normas exigidas.
Balieiro disse que os fiscais notificaram os demais estabelecimentos para que regularizem seus sistemas de tratamento. Caso eles não respeitem a notificação poderão ser atuados em até R$ 5.000.
Segundo Balieiro, há problemas como saturação das caixas de gordura, ausência ou quantidade insuficiente de cloro no tratamento, entupimento das caixas e sobrecarga dos sistemas.
 (Fonte: ValeParaibano)

Definidos os campeões do Circuito Bad Boy Sebastianense de Surf 2005
O evento contou com a presença de 100 atletas e teve na programação aulas de técnicas de salvamento aquático e primeiros socorros


São Sebastião - Maresias, uma das praias mais badaladas do litoral paulista, foi palco da terceira e última etapa do 14º Circuito Sebastianense de Surf. O evento rolou no último fim de semana, dias 28 e 29 de janeiro, e definiu os campeões do circuito de 2005 em 10 categorias. Com apresentação da VI Fiberglass Foam, o evento patrocinado pela Bad Boy contou com a presença de 100 atletas e teve como destaque os surfistas Aristides Tavares e Gabriel Medina.
Com ondas em torno de um metro e meio de altura, a competição rolou em frente ao ex-Shaolin. Os atletas puderam mostrar suas performances na praia de Maresias para um grande público que acompanhou as disputas. “Ali sempre rola altas ondas e é um pico onde já rolou grandes festas e eventos de surf”, comentou o presidente da Associação de Surf de São Sebastião, Gedeon Gonçalves.
Com muita técnica, os surfistas enfrentaram as fortes ondas de uma das praias mais conhecidas pelo seu power. Repetindo o resultado da primeira etapa, Aristide Tavares foi quem comemorou mais uma vitória nas categorias Open e Junior. O local da Barra do Sahy faturou a etapa e o título do circuito nas duas categorias, além de marcar a maior média na Bad Boy Best Wave com 8,5 pontos.
Já nas demais categorias, só subiram no lugar mais alto do pódio surfistas de Maresias. Na Longboard, depois de um quarto e um segundo lugar, Rafael Maéco conquistou a tão esperada vitória no circuito. Com o resultado, ele que competiu pelo primeiro ano no pranchão, ficou com o título da categoria.
Na Pré-Master, para surfistas com mais de 28 anos, Eduardo Bueno também comemorou duas vezes. Ele levou a etapa e também o título da categoria. Já entre os surfistas com mais de 35 anos, o ex-profissional baiano radicado em São Sebastião Zé Aylton foi o campeão. O título ficou com Christovão Marmo, que chegou em quarto na competição.
Entre as meninas, Caroline Resende fez pódio pela primeira vez no circuito e já foi para o degrau mais alto. Mesmo ficando em terceiro lugar na etapa, Patrícia Oliveira somou pontos importantes. Com uma vitória e um vice nas etapas anteriores, o resultado da última etapa lhe garantiu o título da categoria Feminino.
Surfistas aprendem técnicas de salvamento durante o evento no Projeto Salva Surf
Nas categorias internas, só para atletas de São Sebastião, Gabriel Medina foi o destaque. Ele foi o campeão da etapa e do circuito na Iniciante e Estreante, além de faturar o vice na Mirim, onde o título ficou com Matheus Lee. A briga foi acirrada, mas com a vitória na última etapa, Matheus conseguiu assegurar o caneco da categoria no sebastianense e não deixou que Medina faturasse três títulos.
Na Petit, Lucas Moreira bem que tentou alcançar Fábio Pereira no ranking, mas não deu. Ele foi o melhor em Maresias, mas o adversário ficou em sua cola e o deixou na segunda posição. Fábio Pereira fez o que pôde e foi o vice da etapa e fechou o circuito com o título sebastianense.
Salva Surf - Além das disputas na água, no sábado, dia 28, ao lado do palanque, cerca de 30 surfistas participaram do curso do Projeto Salva Surf e aprenderam técnicas de salvamento aquático e primeiros socorros. O curso teve o patrocínio da empresa esportiva Speedo e foi ministrado pelo Capitão Carlos Smicelato e o Tenente Danilo Godoy, ambos do 17º Grupamento de Bombeiros.
Os certificados estarão disponíveis nos próximos dias na sede do Corpo de Bombeiros da praia de Maresias. O projeto Salva Surf em São Sebastião foi criado em 1996 em uma iniciativa do Tenente Danilo Godoy e de Gedeon Gonçalves, presidente da ASSS. Desde então, mais de 250 surfistas já participaram dos cursos gratuitamente.
Ação social – Nas três etapas do Circuito Bad Boy Sebastianense de Surf 2005 foram coletados alimentos destinados ao Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião. Os atletas que doaram leites ou achocolatados em pó tiveram desconto nas inscrições para competir no circuito. O mesmo valeu para quem quisesse participar do Projeto Salva Surf.
Segundo o presidente da ASSS, só na última etapa foram doados 50 achocolatados. Porém, ele espera que essa arrecadação aumente, já que não foram recebidas as doações dos inscritos do Salva Surf. “Ainda dá tempo de colaborar e esperamos que os participantes contribuam com os 2 quilos de achocolatados que pedimos como doação”, solicitou.
O Circuito Bad Boy Sebastianense de Surf 2005 (14º Circuito Sebastianense de Surf) contou com o patrocínio da Bad Boy. Co-Patrocínio: Vi Fiberglass Foam, Arello Surfboards e Ideal Terraplenagem. Apoio: Waves.Terra, Alma Surf, Rádio Morada FM 95.5, Praiasonline.com.br, Fama Assessoria, Professor Benjamin, Parafinas Sticky Iirada, Salvamar Paulista e Sobrasa, Fundo Social de Solidariedade de São Sebastião, Associação Surf Club de Maresias e Pousada Maréatoa Maresias. Realização: Associação de Surf de São Sebastião (19 anos) e Prefeitura de São Sebastião. Supervisão: Federação Paulista de Surf. (Fonte: Fama Assessoria)

Abertura do ano letivo reúne 800 professores no Teatro Municipal
Secretaria da Educação promove ciclo de palestras até amanhã

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria da Educação, reuniu cerca de 800 professores, no Teatro Municipal, para o ciclo de palestras que marcou a abertura do ano letivo. Os profissionais foram divididos em duas turmas.
Na abertura, o prefeito de São Sebastião, Dr. Juan Garcia, ressaltou que este ano a administração estará voltada à estruturação da rede física da Educação. Ele alertou para a necessidade da redução de custos. Em 2005, o investimento na rede de ensino ultrapassou os R$ 50 milhões.
Dr. Juan também citou melhorias no setor, como o Projeto Aquarela, apostilas para a educação infantil e a abertura do CIP (Centro Integrado Profissionalizante). Já a secretária municipal de Educação, Marilene Ramachoti, destacou a melhoria na qualidade do ensino. “Nossa meta é ampliar esta qualidade, agora com a melhoria do espaço físico. Temos tudo para oferecer qualidade no ensino, pois contamos com ótimos diretores, vice-diretores, coordenadores, psicopedagogos e professores”, enfatizou.
O tema “Distúrbio na aprendizagem e respiração: uma visão antroposófica” foi abordado pelos médicos Mauro Domingos Fernandes e Ana Cláudia Chaguri Lopes, em palestras realizadas nos dois períodos. “As palestras servem para ajudar a detectar, por exemplo, se o aluno apresenta qualquer indício de distúrbio ou dificuldade de aprendizagem”, frisa a secretária de Educação.
Nesta sexta-feira (3/2), o tema de discussão será “Mestre dos Mestres”, com o palestrante Frei Carlos Josephat. A rede municipal de ensino terá este ano 15,5 mil alunos. As aulas começam no dia 8 de fevereiro. (Fonte: PMSS)

CIP se prepara para início das aulas
Amanhã (03/02) é o último dia para realizar a matrícula nos cursos profissionalizantes gratuitos do CIP

São Sebastião - Na próxima segunda-feira, 6, o Centro Integrado Profissionalizante (CIP) da Prefeitura de São Sebastião, retorna a ativa ministrando aulas, certificadas pelo Senai, em diferentes cursos para cerca de 330 novos alunos.
As primeiras atividades a iniciarem no CIP são “Serviços Administrativos”, “Micro Informática”, “Corte e Costura” e “Panificação e Confeitaria”.
Na terça-feira, 7, começam as aulas de “Iniciação ao preparo de compotas, conservas e geléias”. Já na quinta-feira, 9, os alunos de Cozinha Industrial Colocam as mãos na ‘massa’. O último curso a iniciar as atividades é o de “Produtos Alimentares” voltado à entidades beneficentes, na sexta-feira, 10.
Mantido pela Secretaria de Educação (Seduc) o CIP oferece oportunidades de qualificação à comunidade. Para Evellyn Oliveira Silva, 14 anos, começando a se especializar agora, terá uma boa preparação para o primeiro emprego. “Quanto mais se têm especializações, facilita a entrada no mercado de trabalho”.
As inscrições para as atividades aconteceram nos dias 23 e 24 de janeiro. No dia 28 do mesmo mês, os candidatos para as vagas de Serviços Administrativos passaram por um Processo Seletivo.
Amanhã, dia 03, até às 17 horas, os inscritos tem a última chance para realizarem as matrículas, levando uma cópia do RG, comprovante de escolaridade e comprovante de residência.
De acordo com o CIP, se ocorrerem desistências no início das aulas, novos alunos serão chamados atendendo a ordem da lista de espera.
O Centro Integrado Profissionalizante fica na Rua Antônio Pereira da Silva, 56, na Topolândia. Mais informações pelo telefone: 3892-5535. (Fonte: PMSS)
 

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mais Skate Gaivota

Charles Medeiros solicita ação emergencial para recuperação da base do Cruzeiro foto

Ubatuba - O vereador Charles Medeiros encaminhou neste último dia 01, Oficio N. 55/06 ao Executivo, solicitando providencias urgentes quanto à conservação e preservação da integridade do Monumento do Cruzeiro na Avenida Iperoig. Através da solicitação do vereador, o Secretario de Turismo Luiz Felipe Azevedo, esteve no local, se colocando a disposição para as devidas providências. Cópia do ofício foi encaminhado ao Pároco da cidade Frei Aldo Pietrobon.
(Fonte: Laura Ennes)


 

 

Plano Diretor

Ubatuba - Segundo a assessora de Assuntos Comunitários Denise Martins Silveira, a Prefeitura estará presente no evento participativo para discutir o Plano Diretor da cidade. “É neste evento que, junto com os representantes da cidade, apresentaremos propostas e veremos os caminhos que devemos percorrer para a ter uma cidade como queremos”, diz a assessora.
Participação - Os pontos básicos que devem ser abordados no Plano Diretor decorrem dos princípios básicos do Estatuto das Cidades, entre eles como reduzir as desigualdades so-ciais, priorizar os interesses coletivos, democratizar as oportunidades da cidade, criar condições de financiamento para a promoção do desenvolvimento local sustentável e melhorar a qualidade da gestão pública, através da participação e controle social, serão alguns dos temas discutidos no evento.
As discussões começam no próximo sábado, dia 4, no auditório da Colônia de Férias do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, no Perequê-Açú.(Fonte: Imprensa Livre)

Fundart busca recursos para restaurar Casarão
“Trata-se de um edifício interessantíssimo, tanto do ponto de vista histórico, como arquitetônico, de caráter apalaçado. É tradição que seu traço e cantaria vieram trazidos do Portugal” Mário de Andrade

Ubatuba - A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart) encaminhou, no início de janeiro, um pré-projeto para o Programa Petrobrás Cultural para concorrer a uma verba de R$ 300 mil. O recurso será utilizado na elaboração de um projeto executivo que possibilitará a busca por patrocínio para restaurar o Casarão do Porto, um dos mais importantes patrimônios históricos do município.
O Projeto Executivo é um conjunto dos elementos necessários à execução de uma obra completa, de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Estão previstos diversos estudos preliminares e diagnósticos que permitam uma noção global da situação do prédio. Para tanto, serão realizadas uma série de ações, tais como levantamento dos danos, incluindo sondagens e prospecções para verificar a situação das estruturas, instalações elétricas e hidráulicas, descupinização e pesquisas históricas e iconográficas, entre outras.
O pré-projeto apresentado ao Programa Petrobrás Cultural chama-se “Reconversão do Casarão do Porto” e tem como responsável o arquiteto Fábio das Neves Donádio. Se aprovado, o recurso para a realização do projeto executivo deve sair até maio deste ano.
A história - O Casarão do Porto foi construído em 1846 e representa a materialização de uma época de prosperidade em Ubatuba. No tempo em que a cafeicultura marcava a economia do Vale do Paraíba e Ubatuba fazia parte da rota do café, o comerciante português, Manoel Baltazar da Cunha Fortes, mandou erguê-lo, misturando técnicas da arquitetura colonial e caiçara.
A técnica caiçara da construção em pau-a-pique foi curiosamente utilizada nos andares superiores do edifício. Esse fator colabora com a manutenção do prédio, uma vez que deixa paredes mais leves e assim, comprometem menos a estrutura do Sobradão. Composto de três andares, o térreo servia de armazém, onde se guardavam e negociavam mercadorias produzidas em Ubatuba e no Vale. O segundo e terceiro andares eram utilizados como residência da família Fortes.
Quando a estrada da "rota do café" que ligava o sul de Minas ao porto de Ubatuba perdeu importância, por conta da construção de ferrovias entre São Paulo e Rio de Janeiro; São Paulo e Santos, a economia de Ubatuba ficou comprometida. Esse foi também o início da degradação do Sobradão do Porto. Ele passou por diversas mãos até chegar à atualidade. Sem condições de mantê-lo, o neto de Baltazar, Oscar Batista da Costa, primeiramente alugou-o e o casarão virou o Hotel Budapest, em 1923. Em 1934, a família Félix Guizard, proprietária do CTI (Companhia Taubaté Industrial), comprou o edifício, utilizando-o inicialmente como colônia de férias. Em 1959, o Sobradão foi tombado pela IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Depois disso, abrigou a casa de artesanato de Ubatuba, foi desapropriado pela prefeitura, passando a ser sede da Fundart desde 1987. Em 2005, a Administração da Fundart deixou o Casarão para dar início ao processo de restauro. (Fonte: PMU)

“1º Fest Fish 2006” acontece neste domingo na Associação Comercial

Ubatuba - A Associação de Mães de Atletas da Natação de Ubatuba (AMAN) realiza neste domingo, 5, o “1º Fest Fish 2006”. O evento visa arrecadar fundos para a associação, criada em 2001 para ajudar os atletas da natação como o custeio de inscrições para provas, alimentação e transporte para as viagens.
O convite para a “1º Fest Fish 2006” custa R$10,00 e dá direito a um peixe assado (carapau, para duas pessoas), acompanhado de arroz branco, farofa e maionese, e também a uma lata de cerveja ou refrigerante.
“Mais da metade dos convites já foram vendidos e espero que até domingo possamos receber mais amigos em nossa festa”, conta Kátia Mattos, presidente da AMAN. “Já temos amigos que prestigiam nossa barraca na Feira das Nações e na Festa de São Pedro, vamos agora começar uma nova tradição para ficar no calendário da cidade”, diz a presidente.
O “1º Fest Fish 2006” acontecerá na Associação Comercial de Ubatuba à partir das 11 horas e os convites podem ser adquiridos através dos telefones 3833-2773 ou 9721-6110, com Kátia. (Fonte: PMU)

Aula inaugural prepara professores da rede pública para o início do ano letivo
Educação para jovens e adultos, Educação Especial e terceirização da merenda foram alguns dos assuntos abordados pelos educadores na Aula Inaugural

Ubatuba - A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação de Ubatuba realizou na última quarta-feira, 1, a Aula Inaugural do ano letivo de 2006, na Escola Municipal Tancredo Neves. O evento contou com a participação do prefeito Eduardo César, da secretária de Educação, Patrícia Pereira e da maioria dos professores da rede municipal de ensino.
Na abertura da cerimônia a secretária de educação apresentou sua equipe de trabalho e os parâmetros curriculares para o ensino de Ubatuba, um trabalho desenvolvido pelos professores durante o ano de 2005 e que servirá de base para o planejamento das aulas em 2006.
Outro trabalho feito durante o ano passado e que será de grande valia no ano letivo de 2006, é o mapeamento da Educação Especial. Através dos dados obtidos, os alunos poderão receber maior cuidado dos professores. Patrícia também falou sobre o assunto que movimentou a opinião pública nos últimos dias, a terceirização da merenda escolar. “Acreditamos que optamos pela melhor alternativa. Vamos até o fim, tendo a certeza que estamos fazendo o melhor para as crianças e para o município”, declarou a secretária.
Outras novidades apresentadas foram a implantação do EJA (Educação para Jovens e Adultos) no período diurno na Escola Padre Anchieta e a implantação do Programa Letra e Vida, em parceria com o Governo Estadual, que visa a formação de professores alfabetizadores. O prefeito Eduardo César também se manifestou sobre a mudança na merenda escolar. “Acreditamos que a terceirização vai funcionar em Ubatuba, assim como funciona em outros municípios, inclusive na capital”, disse Eduardo. “Peço um voto de confiança a todo vocês”, disse o prefeito.
A noite terminou com a palestra “Criatividade – segredos de uma aula inesquecível”, proferida pelo professor José Francisco Aparecido, de São Paulo, que mostrou diversas facetas dos professores, dando também dicas para melhorar o relacionamento com os alunos e buscar o enriquecimento das aulas. José Francisco é atualmente diretor presidente da Educar com Arte – consultoria pedagógica e eventos culturais.
No dia 2 e 3 os professores estariam participando, em suas escolas, de reuniões para planejamento de aulas. Na segunda-feira, 6, as 45 escolas da Rede Municipal de Ensino de Ubatuba receberão mais de 12 mil alunos para o primeiro dia do ano letivo. (Fonte: PMU)

Fundart elege coordenadores de grupos setoriais para 2006

Ubatuba - Além da responsabilidade de criar eventos e discussões dentro das áreas em que atuam, os coordenadores, enquanto componentes de um conselho deliberativo, tem poder para opinar e decidir a respeito dos rumos culturais no município
A Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart) realizou, no último dia 30, a eleição dos coordenadores e suplentes dos grupos setoriais que integrarão o conselho deliberativo do ano de 2006. Foram eleitos representantes de seis dos oito grupos existentes na Fundação. Os outros dois, de chapa única, foram recusados pelos votos dos eleitores dos grupos setoriais terão novas eleições no próximo dia 20.
O Conselho formado pelos coordenadores é de natureza deliberativa, ou seja, tem poder para opinar e decidir. É também sua função fiscalizar as ações administrativas da entidade. O presidente da Fundart, Martiniano Viana, diz que o grande desafio e o objetivo do conselho é democratizar o acesso da população às manifestações culturais da cidade. “A população tem a oportunidade de participar ativamente das decisões da Fundart, através dos grupos setoriais. Para isso, é preciso que as pessoas se envolvam, criem uma dinâmica de participação nas áreas artísticas das quais elas mais se identificam. Somente dessa forma, o cidadão pode se candidatar à vaga de coordenadoria e interferir nos rumos culturais da nossa cidade”, afirmou.
Os grupos que não tiveram seus candidatos a coordenadores eleitos são os de Artes Cênicas e Dança e Fotografia, Cinema e Vídeo. O edital de convocação para nova eleição sairá no Jornal “A Cidade” no próximo dia 4. As inscrições para os candidatos estarão abertas de 6 a 10 de fevereiro. O critério exigido aos candidatos é a participação de reuniões e cadastro nos grupos setoriais em questão. No próximo dia 13, o conselho se reúne para homologar as candidaturas e as eleições acontecerão no dia 20, das 8 às 18h no auditório da Fundart.
Confira os coordenadores eleitos para o ano de 2006:
Grupo Setorial de Artes Plásticas:
Ademar Costa Simões – coordenador
Bruno Pizzutto – vice-coordenador
Grupo Setorial de Artesanato:
Helena Ottoni Tracchi – coordenadora
José Cláudio da Mota Brito – vice-coordenador
Grupo Setorial de Folclore e Tradições Populares:
Luiz Gustavo Balio de Moraes – coordenador
Júlio César Mendes – vice-coordenador
Grupo Setorial de História e Geografia:
Carlos Augusto Rizzo – coordenador
Denique Moreira Rezende
Grupo Setorial de Literatura:
Luis Roberto de Moura – coordenador
Eduardo A. Souza Neto – vice-coordenador
Grupo Setorial de Música:
Aurora Novello Medina – coordenadora
Márcia Fernandes dos Santos – vice-cordenadora
(Fonte: PMU)

Prefeitura completa retirada de rocha que atrapalhava passagem no Rio Grande
Com a explosão da pedra que dificultava a passagem de barcos na Barra dos Pescadores foi atendida uma antiga reivindicação do setor pesqueiro

Ubatuba - A Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras de Ubatuba, realizou na tarde da última quinta-feira, 2, a implosão controlada de rochas que obstruíam a passagem das embarcações na entrada da Barra dos Pescadores, principal e maior porto de pesca do município. De acordo com técnicos da empresa que realizou a implosão, a rocha possuía cerca de 3 m³ e para o desmonte foi utilizado um quilo de explosivo, distribuído em seis diferentes pontos. Ainda segundo os técnicos, o resultado foi excelente e até melhor do que o esperado.
O prefeito Eduardo César, acompanhado do Secretário de Obras, João Paulo Rolim e da Secretária de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Valéria Gelli, foi conferir de perto a ação. “Para os pescadores é uma grande conquista, pois trata-se de uma reivindicação antiga. Esta é uma obra polêmica, que exigiu coragem por parte da Prefeitura, mas que vai proporcionar maior segurança para as embarcações e impulsionar o setor pesqueiro, que é uma das principais atividades econômicas do município. Os pescadores merecem o nosso maior respeito”, disse Eduardo César.
Para Valéria Gelli, a necessidade de segurança para navegação é primordial. “Deve haver também o desassoreamento para retirada dos bancos de areia. Um estudo oceanográfico deve ser realizado para adequar o local e não haver acúmulo de sedimentos. Essa ação é um marco para mostrar que esta gestão tem uma grande preocupação com o setor pesqueiro”, completou a secretária.
Auto de infração cancelado, obra efetivada - A ação de desobstrução do rio foi complicada, pois em outubro passado a Polícia Ambiental impediu a continuidade das obras, alegando falta de licenciamento. No entanto, por não provocar dano ambiental, já havia sido dispensada a necessidade de licenciamento pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente. No começo de janeiro a Coordenadoria de Licenciamento Ambiental e Proteção de Recursos Naturais cancelou o auto de infração e embargo da obra, liberando a continuidade da obra de desassoreamento do Rio Grande.
Prevenção de acidentes - A retirada das obstruções no Rio Grande deve prevenir acidentes com as embarcações. O pescador Josias Vieira de Oliveira já sofreu as conseqüências de ter que passar pelo banco de areia e as pedras do Rio Grande. “Meu irmão bateu com o barco, perdeu o hélice e quase teve que construir outra embarcação. Agora a passagem deve melhorar bastante, não só para nós como para as próximas gerações de pescadores”. (Fonte: PMU)

Conselhos aprovam terceirização da merenda escolar em Ubatuba
CME e CAE referendaram o planejamento administrativo de terceirização como melhor critério para o bom funcionamento da merenda

Ubatuba - O prefeito Eduardo César e a secretária de Educação, Patrícia Gomes Veloso Pereira estiveram reunidos, na última segunda-feira, 30, com representantes do Conselho Municipal de Educação - CME e do Conselho de Alimentação Escolar – CAE para que fosse tomada uma decisão quanto à terceirização da merenda escolar.
Os dois conselhos referendaram a terceirização, com apenas um voto contra. “Os Conselhos demonstraram grande maturidade, pois o que estava de fato em jogo não era a formalidade do procedimento da terceirização e sim a melhoria na alimentação das nossas crianças”, elogiou o prefeito. Eduardo César ressaltou que a questão da terceirização da merenda não é partidária, já que vários partidos políticos em diversos municípios brasileiros estão utilizando a mesma idéia como forma de melhorar a qualidade ao educando.
Compras de pequenos produtores - A medida deve favorecer a compra de alimentos de pequenos produtores locais, já que uma empresa privada pode comprar de forma muito mais direta e simples, sem a burocracia de uma licitação, enfrentada pelos órgãos públicos. “ Os processos de compras que envolvem órgãos públicos são complexos, burocráticos e possuem uma infinidade de exigências. Já a empresa privada adquire produtos de comunidades e/ou cooperativas com muito mais facilidade”, explica a Secretária de Educação.
O cardápio escolhido para as merendas deve passar pela aprovação da nutricionista da Secretaria de Educação e por ambos os conselhos que referendaram a terceirização. A decisão pela terceirização da merenda foi tomada após auditoria do engenheiro, pedagogo e professor Olavo Egídio Ozzeti, que realizou um levantamento e diagnóstico da merenda servida em Ubatuba.
Menor custo e mais calorias - O edital de licitação prevê um contrato inicial de um ano, com preço máximo de R$ 1,37 por refeição para o ensino fundamental, estadual e emeis, o que significa uma redução de R$0,22, quando comparado ao preço pago em anos anteriores. Nas creches o custo deve ser de R$ 4,88 por quatro refeições.
Haverá também um acréscimo médio de mais de 120 calorias por período, já que no edital de licitação é exigido o mínimo de 376 calorias por período, contra os 251 registrados até então. A empresa que vencer a licitação tem também a obrigação de absorver todos os funcionários envolvidos na merenda hoje, com exceção dos concursados.
O prefeito Eduardo César, que disse ter sido criticado pelo fato de a terceirização da merenda não constar em seu programa de governo, explicou: “meu programa de governo não fica estagnado e pode mudar de acordo com as necessidades do município. A intervenção na Santa Casa, por exemplo, também não estava no programa e foi uma necessidade que tivemos que atender”, reafirmou. “E, além do mais, em nenhum momento eu disse que não terceirizaria a merenda", completou o prefeito.
Transparência e fiscalização - “Tudo foi feito na maior transparência e com oportunidades de debates. Agradeço o voto de confiança dos Conselhos, que fecha o ciclo de discussões sobre o assunto. Mesmo assim a administração continua aberta a qualquer esclarecimento necessário”, disse o prefeito. Ele lembrou também que a empresa que vencer a licitação será diuturnamente fiscalizada pela Secretaria de Educação e pelos conselhos e caso haja um pai de aluno sequer, insatisfeito ou com críticas, que a administração estará sempre com as portas abertas.(Fonte: PMU)



Semana de 03 de Fevereiro à 09 de Fevereiro de 2006

CINE PORTO (Ubatuba)
fone :3833-2066 ( 012)

"Tudo em Familia"
Ás 15:20 hs e 19:30 hs.

"O Senhor das Armas"
Ás 17:10 hs e 21:20 hs


CINE PASSEIO (Ubatuba)
fone : 3832-2843 ( 012 )

"Didi, o caçador de tesouros"
Ás 15:10 hs e 16:50 hs.

"Munique"
Ás 18:30 hs e 21:30 hs.



cineporto@hotmail.com

 

Ação Litoral
 
Poesia Topo

Mistério de São João
É noite de São João
Padroeiro da Capela
Da Praia da Fortaleza
Acabou a missa
Já houve leilão
A fogueira ardeu
Sobraram as brasas
Para quem quiser
Caminhar sobre elas
Sem se queimar.
Taí um mistério ou magia
Que no meu ofício
Seria de muita valia.

Bom mesmo é viver em Ubatuba
O ar
O mar
A Areia
A Sereia
A caipirinha
A caiçarinha
O calor máximo
O traje mínimo
A nau catarineta
O riso da palombeta
Chope com camarão frito
E Vinícius de Morais no espírito.


 

Félix Cabral
Ubatuba, SP
 

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

COMTUR EM AÇÃO - Para ciência dos desavisados e, incautos, para não alegarem ignorância: Tenho visto muito e, ouvido outros tantos que a COMTUR isso ou aquilo. A COMTUR, é uma empresa de economia mista, com sua administração regida pela lei das S/A. A empresa tem estatuto que rege seu funcionamento e, determina os requisitos, ritos, normas e, procedimentos formais para sua administração e funcionamento. Tudo o que a COMTUR "fez", "diz" ter feito e, da forma que tem "feito" agido e, noticiado, foge totalmente do previsto em seus estatutos. Tratam-se de ações baseadas em decisões unilaterais, a revelia dos acionistas minoritários, e por esta razão, de inteira e, exclusiva responsabilidade legal, administrativa, financeira, fiscal e moral da acionista majoritária, A Prefeitura, conjuntamente com seu (s) administrador (es) que, em nome dela, ou a seu mando, se manifestam.

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

De Volta para o Passado! - Sem demérito, dos "direitos" dos indígenas e, outros espoliados e, das suas (concedidas) reservas territoriais, mas, pelos fundamentos sustentados, são donos de todo o territorio que ocupamos. Imagine a hora que reividicarem a Av. Paulista? Fico, além de constrangido pelo uso, com uma tremenda dúvida: Se eu tiver que pagar por todas essas "indenizações", a quem as reivindica, por ações ou danos passados a tantos e, durante séculos, onde posso comprar um ingresso para voltar a 1500 a.c e, optar por ficar na Europa?

Ronaldo Dias
Ubatuba, SP

Baldios... - A Prefeitura multa proprietários de terrenos baldios e afirma que é necessário agir com rigor para garantir a limpeza urbana evitando a proliferação de insetos e animais peçonhentos. - Litoral Virtual, 01/02/06
As coisas não estão claras o suficiente e fico um pouco confuso já que os fatos mostram que a administração pública vem se comportando de maneira contrária daquela que exige e multa a população.
Assim como os terrenos, mato tem dono e o das ruas e logradouros público é a Prefeitura que dá um triste exemplo na avenida Castro Alves onde o mato já tem praticamente 2 metros de altura no canteiro central. A avenida citada não é única visto que o mato é soberano, não há lugar em que ele não esteja.
Revoltante, ultrajante e provocativo é o entulho deixado em plena calçada da avenida Leovigildo Dias Vieira composto por monte de areia, tubulões, brita que algum moleque jogou em cima de um banco. Um ano para fazer um murinho que não está pronto e com as obras paralisadas (mais uma).
Ridículo e hilário a cerca que emoldura tudo isso, um turista me questionou se no local iria ter a festa do peão boiadeiro, complementada com uma casinha de lata e uma placa da Secretaria de Obras.
Quem agirá com rigor para garantir a limpeza das ruas, praças e logradouros públicos, quem irá multar a prefeitura, ou a população começa a cortar o mato e cobra R$ 1,77 por metro quadrado?
Um bom exemplo, mesmo em tempos modernos, continua valendo mais que mil palavras influencia e muda o comportamento das pessoas e de toda uma comunidade. Espero viver o dia em que haverá qualidade nas escolhas e a clareza de quem sabe pensar, até lá fico na dúvida do que deve prevalecer o humor, a irreverência ou a tristeza.
As férias acabaram, está na hora de começar a trabalhar, vamos tapar os buracos das ruas, os buracos das calçadas, exorcizar o mau gosto, providenciar sinalização, policiamento nas ruas dia e noite, equacionar o problema dos moradores de ruas e desocupados, privilegiar a iniciativa privada, restaurar o acesso das praias, fomentar o turismo qualitativo, preservar rios e cachoeiras, cortar o mato, iluminar as praças, varrer as ruas, compor o corredor turístico etc. etc. etc. o resto a natureza e a iniciativa privada resolvem.

Ezio Pastore Junior
Ubatuba, SP

Espero que a prefeitura inclua no plano de limpeza de terrenos, um que fica na Rua Raposo Tavares em frente ao Condomínio Riviera na Praia
Grande. O mato está tão alto que já passou a altura da cerca, as baratas, ratos e outros insetos estão invadindo as casas e os prédios vizinhos. Já
fiz o pedido p/ Prefeitura várias vezes eu e vários vizinhos, mas nenhuma providencia foi tomada.

José Valter de Carvalho
Ubatuba, SP

 

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ubatuba

Praia do Perequê-Açú -Juliano Gregori

Praia do Perequê-Açú
©Juliano Gregori

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Atualização: Juliano Gregori

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor