Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-Feira, 17 de Abril de 2006 - Nº 1504 Edições Anteriores

Pousada Marazul Pousada das Cachoeiras Jornal Agito

Região
Agenda 21 Confirma Novo Coordenador

Caraguatatuba
Constance Kamii fala de construtivismo a mais de 600 professores em Caraguá

Ilhabela
-

São Sebastião
-


Ubatuba
Base de Gás em Caraguá fortalece o Litoral Norte.
Declare seu amor por Ubatuba
Ubatuba diversifica passeios
Cresce procura por curso de mergulho
Cidade vai sediar evento no dia 22
Programa Arpoando é tirado do ar
Prefeito e ACIU convidam comerciantes para reunião
Atenção Estudandes V Festival de Musica e Parodia Escola Tancredo

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia

Notícias da Região Topo

Agenda 21 Confirma Novo Coordenador

Litoral Norte - Dia 12/04, na Secretaria de Educação de Caraguatatuba ocorreu a reunião ordinária do Fórum Regional da Agenda 21 do Litoral Norte. Representantes dos quatro municípios - Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba - confirmaram o novo coordenador, Professor Alexander Turra, do Instituto Oceanográfico da USP e presidente da Ong Costa Brasilis. O Professor Alexander foi indicado pela Sra. Zuleika Beyruth, que se afastou da coordenação por motivo de saúde.
O novo coordenador, que já estava desempenhando provisoriamente essa função, fez um breve relato do encontro ocorrido em Paraty, nos dias 14, 15 e 16 de março e que reuniu técnicos do Ministério do Meio Ambiente e participantes de nove projetos de Agenda 21 da Região Sudeste, para avaliação e troca de experiências. Um dos pontos salientados nesse encontro foi a necessidade de unificar a metodologia de desenvolvimento das Agendas 21 locais em todo o território nacional, sendo um dos instrumentos mais urgentes para a continuidade dos trabalhos a constituição e institucionalização dos fóruns municipais e regionais.
A Agenda 21 é um processo contínuo e mundial cujo objetivo é a participação de todos - governantes e governados - na elaboração de propostas para a melhoria das condições de vida para todos e para as futuras gerações, objetivo que também deve buscado na elaboração do plano diretor, no que se refere ao desenvolvimento local. Como o prazo para a conclusão dos planos diretores municipais se encerra em outubro e o município pode ser penalizado se não concluí-lo, é necessário que todos se envolvam na discussão do Plano Diretor para consolidar em lei instrumentos para garantia da sustentabilidade.
A Agenda 21 do Litoral Norte, apesar das dificuldades, está concluindo a meta 1 - elaboração do diagnóstico regional, sensibilização da população e criação de grupos de trabalho, cujo trabalho de maior envergadura foi a realização do concurso com a participação de alunos dos vários níveis de ensino. Aos poucos, o trabalho vai-se consolidando e, nos próximos dias deverá ser assinado um convênio de parceria com uma instituição de ensino superior da região.
Como parte da meta 2, foi realizado um curso para a formação de multiplicadores dos quatro municípios envolvidos, os quais têm a incumbência da realização de oficinas com lideranças comunitárias, educadores e agentes comunitários de saúde.
Ao final da reunião, o arquiteto Paulo André, um dos integrantes da equipe que elaborou o Projeto da Agenda 21 do Litoral Norte, deu um informe sobre o seminário realizado em Caraguatatuba sobre o Projeto Orla e que contou com autoridades e técnicos do governo federal, estadual e municipal. Devido à importância do evento para uma melhor compreensão da região, o evento foi gravado e deverá ser socializado para os interessados. (Divulgação: Rui Alves Grilo)

Notícias de Caraguatatuba Topo

O Guaruçá Caraguatatuba


Constance Kamii fala de construtivismo a mais de 600 professores em Caraguá
A palestra realizada pela pós-doutorada suíça Constance Kamii reuniu mais de 600 professores no Teatro Mário Covas, na última quarta-feira. O tema abordado pela professora, que foi colaboradora de Jean Piaget, foi o construtivismo.

Caraguatatuba - A Prefeitura de Caraguá, por meio da Seduc (Secretaria Municipal da Educação) realizou na última quarta-feira, uma palestra com a professora doutora Constance Kamii. Ela veio ao Brasil para realizar palestras e encerrou sua agenda de compromissos em Caraguatatuba, onde falou para mais de 600 professores sobre o tema "Construtivismo".
Apesar do encontro integrar o Programa de Educação Continuada, da Secretaria da Educação de Caraguatatuba, a palestra foi estendida para a rede estadual de ensino e outros municípios. Estiveram presentes, por exemplo, educadores de São Sebastião, Jacareí, Paulínia, São José dos Campos, entre outras. O Teatro Mário Covas, local do encontro, ficou completamente lotado.
O programa de educação continuada da Seduc foi iniciado em fevereiro e seguirá durante todo o ano, com o intuito de sanar alguns problemas do ensino no município. Silmara Selma Mattiazzo Bolognini, secretária da educação, disse que esse programa foi idealizado a partir do resultado da prova do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo), realizado pelos alunos no ano passado. "Passamos por essa avaliação do sistema estadual e o resultado nos mostrou alguns problemas que precisam de intervenção", completou.
A secretária conta que a área que apresentou mais dificuldades foi a matemática e por esse motivo os esforços da Seduc estão concentrados nesse setor do ensino. A primeira palestra realizada em 2006, trouxe à Caraguá o professor doutor Nilson José Machado, licenciado em matemática e doutor em filosofia da educação. A segunda trouxe Constance Kamii, que é referência no ensino da matemática, já que tem décadas de experiência nessa área e foi uma das 'discípulas' de Jean Piaget.
Constance Kamii é autora de vários livros de leitura obrigatória para estudantes de cursos de licenciatura. Atualmente é professora titular na Universidade do Alabama Birmingham, nos Estados Unidos. Ela é doutora em Educação e Psicóloga pela Universidade de Michigan. Sua atuação ao lado de Piaget durou cerca de 15 anos. Ela também fez diversos cursos de pós-doutoramento nas universidades de Genebra e de Michigan, ligados à epistemologia genética e a outras áreas educacionais relacionadas à teoria de Piaget.
A palestra Aprendizagem e Construtivismo - A palestra que ela trouxe ao litoral, entitulada de "Aprendizagem e Construtivismo", fala sobre a construção da autonomia pela criança. Na discussão, o foco que ela trabalha trata sobre o significado da autonomia na teoria de Piaget, a autonomia como grande objetivo da educação e o que o adulto pode fazer para incentivar a construção da autonomia pela criança.
Ela destaca que a autonomia, segundo Jean Piaget, não significa o direito de tomar decisões, mas sim, a habilidade de tomar decisões por si próprio levando em conta fatores relevantes, independente de recompensas ou punições.
Constance afirma que para falar de construtivismo e aprendizagem é necessário saber e entender antes, o que é e como acontece esse processo de aprendizagem. Ela apontou a diferença vista nesse processo pelos construtivistas e pelos tradicionalistas. O primeiro modo de atuação, vê o processo de aprendizado como algo de acontece de dentro para fora do aluno, ou seja, que a criança vai utilizar recursos que possui para criar o conhecimento novo. Já o segundo 'olhar', é exatamente ao contrário, e atua na internalização de conceitos pelo estudante.
A professora deu vários exemplos para mostrar que o construtivismo deve ser levado a sério como um método eficaz para a melhoria da educação no mundo. Um exemplo simples que ela citou, foi sobre o início da fala de uma criança. "Ninguém começa falar frases completas. A maior parte dos brasileiros aprende a falar o português, mas normalmente inicia sua fala, com uma palavra, depois outra. Com o tempo ela vai criando esse novo aprendizado. Isso mostra que ela formou um conhecimento próprio e não internalizou o que foi transmitido a ela, pois nenhum adulto ensinou para ela apenas uma palavra e sim a frase toda. Trata-se de uma busca inteligente da criança para entender", destacou.
Constance Kamii diz que com o passar dos anos é comum ver as crianças cometendo erros, principalmente sobre verbos, porque elas tentam construir a conjugação verbal a partir de conhecimentos já adquiridos. "Se ela diz eu saí, não é difícil dizer eu 'fazi'. São meios que mostram que elas tentam criar novas regras a partir de algo já aprendido", completou. A professora afirma que na matemática o mesmo acontece e é preciso que os professores deixem de impor as regras aritméticas e passem a estimular o desenvolvimento do raciocínio lógico matemático nas crianças. "As crianças aprendem a partir de uma fase de erros e a construção desse novo aprendizado pode ser surpreendente", enfatizou.
Ela conta que pesquisou durante 25 anos o processo de construção da aritmética e por isso chegou a conclusão de que a internalização das antigas regras é prejudicial aos alunos. Para exemplificar isso, Constance apresentou aos participantes transparências e vídeos, mostrando erros comuns que ocorrem nas escolas. Ainda conta que muitas vezes, os pais encontram erros graves na lição de matemática das crianças e não é difícil que eles digam "foi a professora que me ensinou assim". Isso ocorre porque a criança tem convicção que aprendeu o método e que apenas está aplicando da maneira entendida. "Acho que nenhum professor deve ensinar a criança a fazer algo, mas sim, incentivar que encontre seu próprio caminho", destacou.
Um das orientações de Constance Kamii, é que os professores devem incentivar a discussão entre os alunos em sala de aula, para que aprendam a concordar e discordar entre si e a partir disso, entendam o processo matemático. Ela contou que Piaget usava três teorias, que precisam ser levadas em consideração, que é o conhecimento físico, social e lógico-matemático. O físico é o que reconhecemos naturalmente ao olharmos, o social é algo que nos é trazido pela sociedade, como a língua que falamos e o lógico-matemático, considerado o mais difícil de ser desenvolvido, é o que trabalha com a parte do raciocínio.
Constance Kamii criticou alguns métodos e materiais convencionais utilizados no ensino da matemática. Ela acredita que o melhor caminho realmente seja aquele encontrado por cada aluno individualmente. Um dos pontos que ela incentiva, e aponta em seus livros, é a utilização de jogos pelos estudantes, que podem estimular a capacidade do raciocínio lógico-matemático. Ela diz que o professor precisar deixar de apontar para o aluno dizendo o que está certo, ou errado, mas incentivar para que ele encontre sozinho ou pelo apoio dos demais colegas de classe, o caminho correto.
A professora doutora tem vindo ao Brasil pelo menos duas vezes por ano. Foi o que aconteceu no ano passado, quando ela visitou Vitória em abril e Belo Horizonte em setembro. Essa foi a primeira vez do ano que ela retornou ao país e agora prevê sua volta em setembro, onde participará do "Congresso Saber", em São Paulo. Ela tem realizado cursos de férias no Alabama, com durações de nove semanas, em junho e em novembro.
Foi a primeira vez que Constance realizou palestras voltadas a educadores da rede de ensino pública no Brasil. "É a primeira vez que venho a essa região e falo com professores da rede pública. Fiquei impressionada com o entusiasmo deles por mudanças. Acho que se tivessem somente idéias tradicionais, não iriam perder tempo com essa palestra. Os secretários de educação dessa região estão de parabéns por suas idéias atuais e a busca por novos métodos. Nos Estados Unidos, muitos professores não conhecem a educação e nem as crianças", finalizou. (Fonte: PMC)
 
Notícias de Ilhabela Topo

Vulcano Portal da Palmeira

Ilhabela -

Notícias de São Sebastião Topo

São Sebastião Superchic

São Sebastião -

Notícias de Ubatuba Topo

Restaurante Solar das Águas Cantantes Mais Skate Gaivota

 

Base de Gás em Caraguá fortalece o Litoral Norte.

Ubatuba - Em audiência com o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá o vereador Charles Medeiros solicitou apoio ao município de Ubatuba com relação ao recebimento de Royalties da Petrobras provenientes da Bacia de Mexilhão. O Deputado informou ao vereador de Ubatuba que vê na instalação da Base de Gás no Município de Caraguatatuba um maior fortalecimento do Litoral Norte e importante reforço na economia do Estado de São Paulo, e da Nação. No encontro, foi discutido o agendamento de reunião no IBGE, para estudos e definição do local da jazida, bem como o uso do Aeroporto Gastão Madeira como suporte operacional. "Já que os recursos virão para o Litoral Norte, temos que pensar num desenvolvimento planejado para a Região, viabilizar melhorias na infra-estrutura, com relação á saúde, segurança, saneamento básico e habitação", afirma Charles Medeiros. cmu

Declare seu amor por Ubatuba

Ubatuba - A Associação Comercial de Ubatuba, o Sebrae, o Grupo de Trabalho do PDTR e a Secretaria de Turismo têm o prazer de convidar todas as pessoas do município para participar do próximo Encontro do Programa de Desenvolvimento do Turismo Receptivo, que será dia 04 de maio, quinta-feira, às 19h00, no Salão de eventos da ACIU- (R. Dona Maria Alves 587-Centro), onde serão debatidos assuntos relevantes para o desenvolvimento turístico da nossa cidade.
Sua presença é imprescindível!!!
Lembre-se: Sem participação, não cabe reclamação! aciu

Ubatuba diversifica passeios

Ubatuba - As empresas nauticas de Ubatuba passaram a explorar novos roteiros de passeio depois que a Secretaria Estadual do Meio Ambiente limitou o acesso dos turistas à Ilha Anchieta, um dos pontos mais procurados na cidade.
Até o ano passado, as 12 empresas que atuam no municípios levavam cerca de 3.000 pessoas por dia à Ilha Anchieta. Após a determinação, em janeiro deste ano, apenas 1.100 turistas podem visitar o local por dia.
Com a medida, viraram opções de passeio as ilhas do Promirim, Almada, Couves, Raspada, Mar Virado e Vitória, que são selvagens e oferecem ótimas opções para banho de mar e mergulho de observação.
Também foram integradas à lista de opções de passeios náuticos as praias das Sete Fontes e Cedro, consideradas selvagens e ideais para banho de mar.
As visitas à Anchieta foram restringidas porque o excesso de turistas ameaçava a preservação da biodiversidade da ilha, que é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral.
A secretaria também decidiu que apenas uma escuna de cada empresa poderia atracar na ilha, onde é possível fazer trilhas e conhecer praias selvagens, a base do Tamar e ruínas de um presídio.
O secretário de Turismo de Ubatuba, Luiz Felipe Azevedo, disse que, os passeios náuticos se transformaram num dos grandes atrativos turísticos do município.
Segundo Silvana Oliveira, da Mikonos Turismo, o passeio à Ilha Anchieta continua sendo o mais procurado, mas os turistas que já conhecem a ilha estão optando pelas novas rotas.
O passeio até a ilha do Promirim, por exemplo, dura cerca de cinco horas e custa R$ 20 por pessoa. As saídas acontecem diariamente na praia do Itaguá.
Já a empresa Ubatur explora os passeios até a praia do Cedro, cujo acesso somente é possível por trilha ou pelo mar. O passeio custa R$ 15 por pessoa e as escunas saem do Itaguá.
Algumas operadoras como a Cristal Line alugam lanchas e escunas para turistas que preferem fazer passeios alternativos, como a visita à Ilha do Mar Virado, onde existe um sítio arqueológico.
Uma escuna com capacidade para 95 pessoas, com marinheiro a disposição, é alugada por R$ 1.200 por dia e uma lancha para até nove pessoas, por R$ 1.500. vale

Cresce procura por curso de mergulho

Ubatuba - Ubatuba vem sendo uma das cidades do litoral mais procuradas pelas pessoas interessadas em fazer cursos de mergulho ou praticar mergulho de observação. A cidade já conta com sete operadoras. O crescimento da atividade fez com que as operadoras se unissem em uma associação, a AOMU (Associação de Operadoras de Mergulho de Ubatuba). Segundo Roberto Francine, da Estalagem Recanto das Amoreiras, na praia do Lázaro, Ubatuba se transformou em uma base das operadoras de mergulho do Estado. O curso de mergulho custa R$ 700 e dura quatro dias. vale

Cidade vai sediar evento no dia 22

Ubatuba - Ubatuba será uma das sedes do VII Dive in to the Earth Day (Mergulhe no Dia da Terra), que será realizado em 70 países no próximo dia 22. O Centro de Estudos para a Conservação Marinha promoverá atividades nas praias do Lázaro e da Sununga. Na praia do Lázaro, serão realizadas aulas demonstrativas de snorkeling, corrida de canoas e limpeza da praia. Na Sununga, serão promovidas aulas demonstrativas de Disco e de Skinboard. O evento é promovido mundialmente pela The Coral Reef Alliance, organização não governamental norte-americana, com o intuito de conscientizar as pessoas a proteger e conservar o ambiente marinho. vale

Programa Arpoando é tirado do ar

Ubatuba - A juíza de Direito da 2a Vara Cível de Ubatuba, Mônica Di Stasi deferiu no último dia 5 antecipação da tutela suspendendo os efeitos de contrato e a veiculação do programa “Arpoando” na Rádio Costa Azul, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 caso haja descumprimento.
O programa estava no ar desde o dia 13 de março.
Os sócios da Rádio Costa Azul de Ubatuba, Benedito Lourenço de Andrade Júnior e Benedito Góis Filho, entraram no dia 31 de março com uma ação de anulação de contrato, com pedido de tutela antecipada contra a também sócia da rádio, Nélia Cristina de Carvalho e contra Josias Baltazar Nunes Sabóia - mais conhecido como Jija - que tinha o programa diário “Arpoando” na emissora.
Segundo consta no pedido de liminar, com o ingresso da terceira sócia – Nélia- problemas começaram a surgir na sociedade, agravando-se a tal ponto que os dois sócios se sentiram isolados da administração.
Eles afirmam que Nélia passou a praticar abusos em seus direitos de sócia, prejudicando e tolhendo a participação dos demais.
A razão principal da ação é o fato de Nélia ter firmado um contrato para um programa independente com Josias Sabóia, cedendo espaço de uma hora, de 2a à 6a feira, em horário nobre, pelo valor de R$ 1.000,00, considerado pelos outros sócios “ïrrisório”.
“O programa Arpoando possui natureza política onde o senhor Josias combate o atual prefeito e defende os seus correligionários, na mais absoluta parcialidade, contrariando os princípios da nossa empresa”, dizem os sócios no pedido de liminar.
A rádio Costa Azul tem um contrato firmado com a Prefeitura no valor de R$ 10.000,00 e segundo os sócios, o Arpoando acabaria prejudicando o contrato com o poder público, pois estaria favorecendo uma “facção política” que não condiz com os princípios políticos e empresarias da empresa, transformando assim, o programa em um palanque político, por “apenas R$ 1.000,00”.
PERICULUM IN MORA - Segundo os reclamantes, “chovem as reclamações e pessoas começam a tomar medidas com o objetivo de acionar a rádio. A empresa não terá condições de suportar as futuras indenizações. Conforme jurisprudência predominante, a rádio não se isenta de sua responsabilidade na programação apresentada, mesmo com características de produção independente. Os sócios não possuem qualquer controle sobre o programa.
O contrato não prevê qualquer sistema de controle. A falência da rádio é inevitável, com conseqüências no patrimônio particular dos sócios remanescente, uma vez que a sócia requerida -Nélia- não poderá responder economicamente, por não possuir outros bens. A sócia requerida vem agindo de maneira que pessoas a consideram desequilibrada, a ponto de familiares pensarem em mudança da guarda de seus filhos e interdição” concluem os sócios no pedido.
Outro lado - Procurada pela reportagem, Nélia, instruída por seus advogados, preferiu não se pronunciar. Ela alegou que seus advogados haviam acabado de receber a intimação e que por isso não haviam tido tempo para estudar o caso e quem nem ela poderia ainda, dar algum tipo de declaração.
Já Josias Sabóia- o Jija- diz que ao receberem o pedido de liminar interrompendo o programa, num primeiro momento ficou “muito triste”, porque não sabia os motivos da interdição e que já tinha vários convidados para participar do programa.
“Nosso programa foi tirado do ar na quinta-feira, tínhamos convidados agendados até segunda-feira e não tivemos oportunidade de pelo menos explicar o porquê da interrupção para os nossos ouvintes. Simplesmente tiraram e pronto. Foi uma falta de respeito com nossos ouvintes”, diz Jija.
Depois de ter tomado conhecimento do processo, Jija diz acreditar que tudo não passa de uma briga interna da Rádio Costa Azul entre os sócios e que estão apenas usando o seu nome como pivô da história toda.
Jija afirma que o programa não tinha a característica que eles descrevem.“O programa era livre. Nós recebíamos ve-readores, secretários, empresários, enfim pessoas de todas as opiniões. As pessoas pensam diferente, elas têm liberdade para isso. Recebi o vice-prefeito e inúmeros secretários da Prefeitura. Como que um programa que só quer denegrir, traz secretários para falar bem do prefeito?”, questiona Jija.
Ele acredita que, por mostrar “todos os lados”, o programa acabou criando uma situação de polêmica na cidade. “O que infelizmente acontece no nosso município? A grande maioria da imprensa está “amarrada”. Ela não pode falar o que é verdade. Ela tem que se amarrar, caso contrário não sobrevive, pois para se manter ela é obrigada a se vincular a poderes públicos. Isso é uma tristeza que há anos se arrasta no nosso município”, aponta.
“No próprio pedido de liminar é citado que, sem o contrato do valor de R$ 10.000,00 da Prefeitura, a rádio corre o risco de quebrar, pois não tem como se manter”, acrescenta Jija.
Segundo Jija, houveram boatos que foi a Prefeitura que censurou o programa, mas ele acredita que não, pois conversou com o prefeito e o próprio Eduardo César disse que não há censura de forma alguma por parte da Prefeitura e que inclusive em entrevista a uma outra rádio o prefeito elogiou o programa Arpoando. Jija diz também que já ouviu secretários e várias pessoas da atual administração elogiando o programa.
O próximo passo agora, diz Jija, “é tentar rebater judicialmente, tentar provar que induziram da forma que quiseram o processo. Vamos apresentar as provas contrárias que estão no processo e ver se conseguimos cassar essa liminar”.
“Porque é importante que a nossa cidade tenha no contexto mídia, uma independência. Brigo por isso há anos. Chega de a população ser obrigada a ler jornais, que não passam de diários oficiais. A imprensa tem que ser a voz do povo”, conclui Jija, que também é proprietário do jornal “A Semana’. imp





Prefeito e ACIU convidam comerciantes para reunião

Ubatuba - O Prefeito de Ubatuba, Eduardo César e o Presidente da Associação Comercial de Ubatuba, Ahmad Khalil Barakat, convidam todos os comerciantes da Avenida Capitão Felipe, no Itaguá, para reunião a ser realizada na próxima segunda-feira, 17, às 10h00 na Secretaria Municipal de Educação.
O assunto da reunião é de amplo interesse para os comerciantes desta rua.
 

Atenção Estudantes de Ubatuba

Ubatuba - Vem ai o V Festival de Musica e Parodia Escola Tancredo
O tema é COPA DO MUNDO
Inscrições de 15 a 26 de Maio na escola .
Participem ! renilda.pereirasantos@hotmail.com


 


 


Semana de 14/04 à 20/04/2006

CINE PORTO (Ubatuba)
fone :3833-2066 ( 012)

"A Era do Gelo 2" 
Ás 16:00 hs - 17:50 hs - 19:40 hs -21:30 hs( No sábado e domingo também ás 14:20 hs)


CINE PASSEIO (Ubatuba)
fone : 3832-2843 ( 012 )

"Os Seus os meus e os nossos"
Ás 16:00 hs - 17:40 hs

 

"Anjos da Noite - A Evolução"
Ás 19:30 hs- 21:30Hs 

 

 

 



 

Ação Litoral
 
Poesia Topo

Domingo de 1975

As trilhas sonoras
Das aves canoras
Em abertura triunfal
Inauguram o domingo
Que será magistral
De céu azul-marinho
Sobre o mar celeste
De jogo de bola
Na areia da praia
De belas banhistas
Para alegria das vistas
De brisa marinha
De missa matutina
Para absolvição
Dos poucos pecados
Que há por esses lados.
 

Félix Cabral
Ubatuba, SP
 

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Comunicado Aos Guias de Turismo de Ubatuba e Região

Conforme indicação da Presidente (Lygia Martinelli) do SIndicato Estadual dos Guias de Turismo, venho por meio deste comunicá-los a intenção de reativarmos nossa sub-seção. Nossa regional foi fechada em Outubro de 2005, sendo o Sr. Edson Barbosa Chagas destituído do Cargo na mesma ocasião.
Ações propostas:
Está sob minha responsabilidade a confecção do site do sindicato estadual. Estamos trabalhando para em breve colocá-lo no ar;
Balcão de Empregos;
Previsto acordos com o poder público para o trabalho efetivo dos guias;
Elaboração de tabela de remuneração dos guias de Ubatuba;
Produção de roteiros turísticos comercializáveis;
Visitas técnicas para atualização profissional.
Retirar a Ficha de Filiação com Sr. Walter no Centro de Informações Turísticas de Ubatuba, preencher, anexar cópia xérox da Credencial da Embratur / Mtur.
Caso você já tenha feito a filiação e recolhidos valores ao Ex-Delegado, favor apresentar com a ficha: Recibos, Crachá do Sindicato, ou outro documento comprobatório para mantermos seu número de filiado, bem como para controle fiscal, visto que não foram passados à Sede fichas de filiados e tampouco foi prestado contas de qualquer natureza.
-Como a Delegacia funciona? Nada mais é do que uma associação, porém com reconhecimento nacional e estatutos e regimento próprio. -Tem que pagar? R$ 15,00 Carteirinha + R$ 10,00 mensalidade. Os valores podem ser pagos de forma mensal, bimestral, trimestral, semestral e anual. No momento não vamos recolher esses valores até mesmo para que você guia se intere das atividades realizadas pela nossa Regional. Preferimos que o guia se comprometa a pagar assim que o sindicato indicá-lo para algum trabalho. Caso o guia não cumpra o acordo com o sindicato o mesmo será excluído do balcão de empregos e também do site. -Pra onde vai a receita dos filiados? Os cargos do sindicato não são remunerados, ou seja, nem eu, nem minha equipe receberemos para trabalhar por vocês, deve ser decidido em Assembléia o destino dos valores recebidos, como por exemplo: Custear uma CAMPANHA DE CONSIENTIZAÇÃO durante a temporada ou para realizarmos Cursos de Aperfeiçoamento, enfim, a maioria deve nortear as ações da nossa regional.
Conforme reunião realizada em 10/04/06 na Sede Central com a presença da maioria dos Delegados Regionais, ficou decidido o seguinte:
- A Federação deseja unificar o calendário das eleições nos estados, porém o mandato da nossa presidente vai até Dez/2006 e nesse caso, não será possível antecipá-la e a mesma ocorrerá em meados de Junho/2007. Nas Regionais o Presidente é eleito por indicação e por ser cargo de confiança, não há eleição.
- As BLITZ de fiscalização estão suspensas devido a processo movido pelas agências de viagens contra a obrigatoriedade do uso de guias de turismo. Nossa profissão corre o risco de ser extinta, mais um motivo para nos unirmos.- Devido mudanças na Caixa Econômica Federal, os guias estão com dificuldades para recolher as Contribuições Sindicais (Obrigatórias por Lei) e o Ministério do Turismo não está recadastrando sem o comprovante de recolhimento. O sindicato enviará as respectivas guias de recolhimento obedecendo ao seguinte critério: Em primeiro lugar, aos guias filiados e posteriormente aos demais guias.
Em municípios como BONITO não são realizados passeios sem a presença do guia de turismo e em FOZ DO IGUAÇÚ, os ônibus não entram no município sem a presença do guia. Essa é a nossa meta com relação à Ubatuba, e também regular o turismo emissivo, visto que há uma profusão de pseudo-excursões de compras para a Cidade de São Paulo operadas de forma irregular e sem a presença do guia, consequentemente operadas por pessoas sem a devida qualificação técnica configurando EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO (Crime Inafiançável) que além de prejudicar os guias devidamente credenciados, prejudicam também a atividade turistica de forma geral.
Temos boa vontade e empenho, porém precisamos da participação dos guias de Turismo. Caso conheça outros Guias de Turismo no Litoral Norte ou residentes em outros municípios que guiam na região, favor divulgar essas informações a fim de fortalecermos nossa categoria.
Sem mais para o momento,

Dalzel Bernardino Bueno Camargo
Ubatuba, SP
tur4u@hotmail.com

Pepino do Mar - Prezados Senhores (as)
Represento grupo japonês interessado em comprar Pepinos do mar. Gostaria de contatar
pessoas, colonias de pescadores ou empresas interessadas neste comércio, mesmo que em pequena quantidade
(artesanal).
No aguardo de um contato,
Atenciosamente.

Luiz Porto

Prezados Senhores;
Editor Igor Veltman e Jornalista CK.
Hoje [06/04/06] dia de visita aqui na cadeia da Polícia Federal, onde me encontro em custódia desde o dia 09/02/06, um amigo me entregou o vosso artigo sobre o meu caso, [extraído da internet em 11/02/06].
Primeiro quero agradecer pelo teor objetivo e respeitoso da reportagem.
O repórter ouviu vizinhos, porteiros e conhecidos meus, tentando descobrir o que de fato está acontecendo. Em seguida minha tentativa de explicar as circunstancia e razões da minha detenção que como um raio inesperado, cruel e injusto interrompeu e está ameaçando destruir a minha vida.
Eu vivo legalmente desde 1978 então, 28 anos no Brasil.
Foram 7 presidentes, 2 moedas, muitos campeonatos, diversos planos econômicos, inclusive com sonhos destruídos, nova constituição, diretas já etc. E quantos carnavais!... Meu Deus! Uma geração! Desde 1983, então, 23 anos vivo em Ilhabela, tenho casa com água, luz, telefone, IPTU, pagos. Estou conhecido na prefeitura, delegacia e por muitos moradores. Aliás, sou um dos moradores mais antigos. Quando em 1983 finalmente decidi morar em Ilhabela a ilha tinha 5.400 habitantes [Quatro Rodas 1983]. Todo mundo conhecia todo mundo. Muita paz, tranqüilidade, beleza natural intocada. Um sonho tropical ainda quase desconhecido, turismo zero!
Para mim foi claro: Aqui eu quero viver por muitos anos, talvez para sempre....
O que aconteceu? Construí e reformei uma casa no decorrer dos anos e outras casa e casinha, comprei e vendi [sempre barato demais]. Ah!...Planejei, trabalhei, plantei; milhares de árvores frutíferas, arbustos, coqueiros, bananeiras,... flores....uma vida simples, rico [internamente], feliz e livre. Meu jeepe Willis de cor verde ano 51 é conhecido em todas as partes da Ilha, cada 5 anos era reformado “meu único luxo”.
Durante os últimos 8 anos eu não viajei mais para Europa, quase não saí da Ilha...faltou vontade – preferi cuidar dos meus animais e plantas. Sou um pouco solitário, reservado [coisa crescente com a idade], mas me sinto bem comigo e com todos e tenho certeza de que muita gente tem ou sente algo bom a meu respeito. Agora isso: Fui denunciado em Hamburgo na Alemanha, por um antigo conhecido de ter vendido entre 1988 e 1990,
1 quilo de cocaína para ele. Essa denúncia aconteceu em 1990 então, 17 anos atrás.
Ele trabalhou como free lancer em designer para minha agência de propaganda CREACTION. Já durante anos viciado, ele virou traficante e quando foi preso e condenado em 1990, ele me nomeou como um de seus fornecedores porque , como ele declarou agora foi em estado de pânico, medo da vingança dos verdadeiros fornecedores. Ele pensou que comigo tão distante, no Brasil, nada aconteceria. Então quando ele ouviu agora sobre minha prisão ele declarou arrependimento diante de um juiz num cartório de notas, sob palavra de honra, por isso irrevogável. Disse ele; Toda acusação contra Gerhard Hans Meyer Gleich, foi mentira! Mais esta mentira me deixa a 8.000 km distante e quase incomunicável, numa situação diabólica. Como eu agora fui informado [depois da minha prisão] existe desde 1990, então durante 16 anos um mandato de prisão contra mim na Alemanha. Nunca fui intimado ou pelo menos informado sobre esse fato. Eu vivia tranquilamente minha vida em Portinho e depois na Ponta da Sela, conhecido por todo mundo. Quem me procurasse sempre me encontraria no mesmo dia. Como alguém pode dizer que me escondia. Isso é quase um absurdo!
Além disso; viajei com meu passaporte alemão entre 90 e 98, quatro ou cinco vezes para Alemanha. Porque não me prenderam? Porque o promotor em Hamburgo deixou o meu caso dormir durante 16 anos? Negligência? Dúvida? Porque não fizeram nada?
Eu sempre estive a disposição de qualquer forma. Mesmo sem saber.
Agora, de repente a justiça da Alemanha acorda e exige a minha extradição para julgamento em Hamburgo por um delito que não cometi e pelo qual não existe nenhuma prova. Se não fosse essa falsa declaração do infeliz acusador de 17 anos atrás eu nunca teria sido acusado ou condenado criminalmente em toda minha vida.
Sou limpo e agora........ sem liberdade.
Meu advogado, em São Paulo, vai aos próximos dias – semanas [tudo demorando no caminho Alemanha – Brasil e vice-versa], apresentar o documento de revogação do acusador no Tribunal Federal da Justiça, em Brasília.
Lamentavelmente por causa dos caminhos da burocracia esse processo vai demorar.
Vai me custar um ano de vida. Mas creio que nada acontece sem uma força superior.
Nunca me senti tão forte, também nunca senti tão forte meu amor pelo Brasil e Ilhabela, seus cidadões e minha vida como cidadão entre cidadões.
Sou morador e amante da Ilha. Voltarei se Deus quiser já, já.
Agradeço antecipadamente toda atenção dispensada.

Gerhard Hans Meyer Gleich
RNE: W647261/M
Ilhabela, SP

Corretor de Imóveis - Apesar de a profissão de Corretor de Imóveis estar regulamentada há mais de 40 anos, ainda existem muitos profissionais que não dimensionam corretamente a sua função.
Até a oficialização da profissão, vender imóveis era uma simples ATIVIDADE. Porém, a partir da edição da referida Lei, essa atividade se transformou em uma PROFISSÃO.
A diferença entre essas condições parece pequena, sutil, mas não é, fazer parte de uma categoria profissional é estar amparado por direitos e norteado por obrigações. Mais do que isso, é ser reconhecido no mundo jurídico e, portanto, na sociedade.
Nesse sentido, o Corretor de Imóveis é muito mais do que um vendedor. Assim, não pode imaginar que o seu sucesso profissional depende apenas da capacidade de saber vender. Evidentemente, essa capacidade é bastante importante, mas não é tudo.
Para chegar ao sucesso profissional e, conseqüentemente, financeiro, deve o Corretor de Imóveis estar preparado para todos os aspectos técnicos que envolvem a sua profissão, os quais podemos relacionar vários, contudo, pelo constante envolvimento com documentos, contratos e leis de toda ordem, o conhecimento jurídico talvez seja o mais decisivo.
Na verdade, conhecer os aspectos jurídicos que envolvem as transações imobiliárias é fator preponderante para marcar o diferencial entre os Corretores.
Sem nenhum demérito aos outros conhecimentos técnicos relacionados à profissão, saber orientar juridicamente os clientes e, principalmente, conseguir encontrar caminhos para desembaraçar certas situações são fatores que aumentam decisivamente a potencialidade de negócios de um Corretor de Imóveis.
Na realidade, o Corretor não tem que ser um Advogado, até porque não possui habilitação legal para tanto, porém, é necessário que saiba conviver com as inúmeras questões jurídicas que se referem ao seu cotidiano profissional.
Muitos Corretores entendem que esse conhecimento não é tão importante pois podem recorrer a um Advogado, engano, exemplo, toda vez que haver uma proposta de compra aceita pelas partes (comprador e vendedor), o primeiro passo que o profissional deve fazer é solicitar as certidões negativas pessoais e do imóvel ora transacionado, caso haja alguma indicação na certidão, é preciso solicitar uma certidão de objeto e pé, para que saiba sobre o que refere-se aquele apontamento, feito isso, é preciso informar todos esses atos ao cliente comprador, pois muitos deles, com a demora e falta de comunicação, leva o negócio a não realizar-se.
Indiscutivelmente, quando o assunto envolve demandas judiciais ou quando exige um preparo técnico ou processual, o Advogado é a solução. Portanto, não há como substituir nem preencher o papel desse profissional, uma vez que este (corretor de imóveis) não tem capacidade postulatória.
Contudo, quando o Corretor está diante do seu cliente, e esse apresenta dúvidas ou questionamentos de ordem jurídica, a resposta precisa ser imediata ou, pelo menos, coerente. Para isso, o Corretor tem que possuir conhecimentos prévios, não há como escapar.
Diversos Corretores de Imóveis perdem negócios e clientes por falta de preparo jurídico. Isso é inaceitável. Muitas vezes, o Corretor monta um belo planejamento de marketing, consegue captar clientes, mas não consegue concluir um negócio por puro despreparo.
Verdade seja dita, o Corretor de Imóveis precisa reunir diversos conhecimentos técnicos. Precisa entender de marketing, de técnicas de venda. Precisa saber se relacionar com outras pessoas. Tem que ser um bom negociador. Muitas e muitas vezes tem que saber se controlar. Não pode deixar de possuir conhecimentos jurídicos. Enfim, tem que conjugar inúmeros atributos. Não é fácil. Mas para obter sucesso nessa profissão, não pode faltar força de vontade. E essa tem de ser direcionada para o constante aprimoramento teórico.
Só há um caminho: estude, leia, participe de cursos, freqüente palestras, melhore sempre e por fim, TRABALHE COM ÉTICA, respeite o próximo.
Bons Negócios.

Ozéias Amaro de Oliveira
Corretor de Imóveis
2ª Região - SP

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Ubatuba

Coruja - Alexandre Antonakis

Coruja
©Alexandre Antonakis
Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor Chefe: Emilio Campi
Atualização: Juliano Gregori

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor