Litoral Virtual últimas notícias do litoral
Sexta-feira, 15 de Agosto de 2008 - Nº 2016 Edições Anteriores

Vai Casar? Clique Aqui! Anuncie

Região
Acionistas defendem levante contra criação de nova empresa da Petrobras
PF fecha 6 rádios piratas em blitz no Litoral Norte


Caraguatatuba
Candidatos de Caraguá duelam sobre saneamento e nepotismo
Bate-boca marca final do programa
Aguilar e tucano levam torcida a Taubaté
Sidnei Lima diz que cidade tem recursos
Praia da Cocanha recebe deck flutuante e entrará no roteiro turístico do mexilhão

Ilhabela
Comerciantes de sucatas deverão comprovar procedência de mercadorias
Equipe do Capi recebe Moção de Louvor
Prefeitura leva programa de educação no trânsito às Escolas
Ilhabela estuda implantação do “Projeto Cão Ilhéu”

São Sebastião
Pescador confecciona canoa e mantém viva tradição caiçara
Prefeitura conclui demolição de moradias na Vila Tropicanga, em Boiçucanga
Grupo de Capoeira de São Sebastião fará batizado neste sábado
Alterações tornam mais rígidas a lei de passe livre para deficientes nos ônibus
ZEIS é tema do último encontro do curso de Educação Ambiental
Prefeitura forma mais de 30 pessoas em Oficina de Iniciação a Salgados
Olimpíada Estudantil de São Sebastião integra professores e alunos
Investimentos em São Sebastião trazem novas oportunidades para comerciantes
Guarda Civil socorre turistas argentinos em Boiçucanga

Ubatuba
Grupo de trabalho realiza primeiro encontro para definir assinatura das APA´s
Comunicado ACIU
Florais da Mata Atlântica no Espaço Baguá
SINCOVAT promove curso gratuito de Gestão Empresarial em Ubatuba
IV Festival Gastronomico de Ubatuba

Seções
Poesia
Carta do Leitor
Foto do Dia




Notícias da Região Topo

Acionistas defendem levante contra criação de nova empresa da Petrobras

Litoral Norte - A apresentação dos resultado financeiros do segundo trimestre a acionistas e analistas de mercado hoje na sede da estatal no Rio foi marcada por discursos defensores do “patrimônio da companhia”. Referindo-se ao tom dos comentários feitos na terça feira, pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, de que o petróleo no pré-sal não seria da Petrobras, mas do povo brasileiro, pelo menos dois integrantes da platéia que se disseram acionistas da empresa conclamaram outros participantes do evento a fazer um “levante” contra a criação de uma empresa estatal que seria, segundo eles, concorrente.
As declarações dos dois acionistas fizeram coro ao presidente da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec) Luiz Fernando Lopes Filho, que chegou a defender que a Petrobras recorresse ao Supremo Tribunal Federal, caso fosse prejudicada. “Tem gente inclusive da própria oposição ao governo comungando com isso, que devemos aproveitar esses recursos extraordinários para investir em educação.
Há um complô formado para isso”, complementou, ressaltando que “a Petrobras sabe defender bem seus acionistas e deve sair uma solução que agrade a todos”. Exaltado, o acionista Gilberto Esmeraldo argumentou que pelas declarações de Lula ontem, “a decisão da comissão interministerial já está tomada”. “Infelizmente deverá ser aprovada (a criação da estatal), mesmo contra o voto corajoso de Gabrielli”, disse Esmeraldo, da platéia ao diretor da área financeira da Petrobras, Almir Barbassa, referindo-se ao rumores que correm no setor sobre a resistência do presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, em aceitar uma empresa concorrente. “Minha sugestão é que Apimec e Petrobras se unam em defesa do acionista para protestar contra o pré-sal, contra as mudanças na lei. A Petrobras tem direito adquirido no pré-sal”, afirmou, seguido por salva de palmas da platéia. (Fonte: Imprensa Livre)

PF fecha 6 rádios piratas em blitz no Litoral Norte

Litoral Norte - Seis rádios piratas foram fechadas ontem no Litoral Norte em uma operação conjunta deflagrada pela Polícia Federal e Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).
Cinco rádios clandestinas operavam em Caraguatatuba e uma em Ilhabela. Intitulada 'Operação Espectro', a ação envolveu 26 policiais federais e 6 servidores da Anatel.
Além do fechamento de seis rádios clandestinas, a ação resultou na apreensão de transmissores, antenas, CPUs (a memória do computador), mesas de som, documentos e outros equipamentos usados para a radiodifusão.
As informações estão contidas em uma nota encaminhada pela PF no final da tarde de ontem. Na ofensiva, coordenada pela delegacia da PF de São Sebastião, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão.
Em Caraguá, foram fechadas a 'Rádio Evangélica FM 100,3Mhz', no bairro Porto Novo, a 'Rádio Antena 8 FM 102,1 Mhz', no Morro do Algodão, a 'Rádio 91 FM 91,5 Mhz', no Poiares,, a 'Rádio Estação Gospel FM 94,5 Mhz', no Poiares, e a 'Rádio El Shaday FM - 98,1 Mhz', no Caputera.
Em Ilhabela, foi fechada a 'Rádio Adonai FM - 97,7 Mhz', no bairro Barra Velha. Os materiais apreendidos serão submetidos a perícia técnica. A PF não informou o nome dos responsáveis pelas rádios clandestinas. (Fonte: ValeParaibano)


Notícias de Caraguatatuba Topo

Anuncie Noroeste News

Candidatos de Caraguá duelam sobre saneamento e nepotismo
Aguilar e Antonio Carlos polarizam debate; para candidato do PSOL, ambos são "farinha do mesmo saco"

Caraguatatuba - O primeiro debate na TV entre os candidatos à Prefeitura de Caraguatatuba, realizado ontem à tarde pela TV Band Vale em parceria com o valeparaibano, foi marcado pela discussão de propostas para as áreas de saneamento básico, saúde e educação. No final do evento, os candidatos José Pereira Aguilar (DEM) e Antonio Carlos da Silva (PSDB) trocaram acusações sobre as dívidas da prefeitura.
Logo no primeiro bloco do programa, o prefeito José Pereira Aguilar (DEM) fez críticas ao governo do Estado pela demora para investimentos para elevação do índice de esgoto tratado na cidade.
Já o deputado estadual Antônio Carlos da Silva (PSDB), que administrou a cidade por dois mandatos (1997-2004) e integra a base de sustentação do governador José Serra (PSDB) na Assembléia Legislativa, fez questão de exaltar as conquistas do correligionário para o Litoral Norte, principalmente os R$ 240 milhões que serão destinados para o saneamento básico.
"Quando assumimos a prefeitura, a cidade tinha 8% de esgoto tratado. Deixei tudo pronto para chegarmos aos 80%, mas o convênio que assinei com a Caixa Econômica Federal dois anos antes de acabar o mandato ainda não foi concretizado pelo atual governo municipal. Já o governador Serra está investindo agora R$ 240 milhões no saneamento das quatro cidades do Litoral Norte", disse Antônio Carlos.
"O governo do Estado fez muitas promessas, iludindo políticos da cidade. O governo do Estado tem é que cumprir sua promessa e completar o saneamento básico de Caraguá", afirmou Aguilar.
NEPOTISMO - Ele e seu antecessor trocaram farpas durante todo o debate, que durou 1 hora e 40 minutos. Um dos momentos mais tensos ocorreu no terceiro bloco, quando Antônio Carlos foi questionado sobre o fato de ter colocado seu filho como candidato a vice em sua chapa.
"Isso é oficializar o nepotismo. O deputado disse que durante seus 8 anos de governo não empregou nenhum parente, mas ele tinha sobrinha, cunhada e primo na prefeitura", afirmou Aguilar, que demitiu no ano passado dois filhos que trabalhavam em seu governo após acordo com o Ministério Público.
"Não estamos iludindo nem enganando ninguém. Não é nepotismo. Estou submetendo à população essa possibilidade do meu filho estar ao meu lado na prefeitura. Vocês estão fazendo pelo meu filho o que sempre fiz por vocês quando fui prefeito", disse Antônio Carlos.
HERANÇA - Ex-aliados e companheiros de governo --Aguilar foi vice de Antônio Carlos na gestão 2001-2004--, os dois disputaram durante o programa a paternidade de investimentos, falaram do rompimento político em 2005, do fato de aliados do prefeito na Câmara terem aderido à campanha do tucano e fizeram comparações entre suas administrações.
"Enganar a cidade de que o Orçamento em seu governo é R$ 200 milhões maior do que o meu é uma vergonha. Deixei a prefeitura com R$ 2 milhões em caixa. Agora, se o seu pessoal está escondendo o dinheiro eu já não sei. Aliás, nem sei o que vocês estão fazendo com o dinheiro", disse Antônio Carlos.
"Vamos falar a verdade aqui. Você deixou R$ 264 mil em dívidas, mas nem por isso eu inviabilizei seu futuro político. Fui lá e paguei a dívida sem reclamar. Agora, falar que deixou R$ 2 milhões em caixa não é verdade", afirmou Aguilar.
A discussão sobre as finanças municipais foi parar na porta da TV Band Vale, em Taubaté (leia mais nesta página).
TERCEIRA VIA - Já o candidato do PSOL, o funcionário público Sidnei Lima, durante todas suas participações criticou os dois adversários na disputa pelo comando de Caraguá e acusou-os de terem o mesmo projeto político.
"Eles [Antônio Carlos e Aguilar] são farinha do mesmo saco. O que houve entre eles foi apenas uma discordância momentânea porque têm o mesmo projeto de privatização e de arrebentar a máquina pública. Não é o projeto dos trabalhadores como o nosso, mas dos empresários magníficos", disse Lima. (Fonte: ValeParaibano)

Bate-boca marca final do programa

Caraguatatuba - O deputado estadual Antonio Carlos da Silva (PSDB) e o prefeito José Pereira de Aguillar (DEM) discutiram asperamente nos estúdios da TV Band Vale, logo após o encerramento do debate de ontem.
O bate-boca foi iniciado pelo tucano, no momento em que os candidatos se levantavam da bancada para atender a imprensa e conversar com assessores que aguardavam o término do programa.
Exibindo os mesmos documentos apresentados durante o debate, Antonio Carlos acusou seu sucessor de mentir ao ter citado supostas dívidas deixadas pela administração passada.
"O prefeito pode até ter boas intenções, mas acredito que está mal-assessorado. Deixei a prefeitura em uma situação privilegiada, com dinheiro em caixa. Se o dinheiro sumiu, cabe a ele explicar", disparou o deputado.
"Isso que está ocorrendo precisa ser investigado a fundo pela imprensa, pelo Ministério Público e pelo Judiciário. Os números que ele [Aguillar] apresentou são mentirosos."
REAÇÃO - O prefeito rebateu, mostrando planilhas que comprovariam os fatos relatados durante o programa --disse, inclusive, que o antecessor poderia ficar com os documentos, "para se informar melhor".
"O documento foi assinado por você mesmo, Antonio Carlos. Está aqui para quem quiser ver e comprovar. Acho que é o ex-prefeito que está sendo mal-informado", afirmou o democrata.
"Não confio nos seus números", retrucou Antonio Carlos. "O dinheiro some e quem está mal-informado sou eu? Quem está mal-informada é a população, que precisa ser esclarecida."
CRÍTICA - O candidato Sidnei Lima (PSOL), que estava entre os dois candidatos no momento da discussão, aproveitou o episódio para desqualificar os adversários.
"O Aguillar e o Antonio Carlos fizeram aquilo que é da índole deles. Na verdade, eles não fizeram nada por Caraguá", disse. (Fonte: ValeParaibano)

Aguilar e tucano levam torcida a Taubaté

Caraguatatuba - Na saída do Taubaté Shopping, onde fica a sede da TV Band Vale, os candidatos a prefeito de Caraguatatuba foram saudados por militantes, amigos e assessores. Antonio Carlos foi recebido por cerca de 30 cabos eleitorais que agitavam bandeiras e diziam palavras de incentivo ao tucano. O prefeito José Pereira de Aguillar mobilizou contingente semelhante, mas menos barulhento. Um carro de som com jingle de Aguillar passou em frente ao shopping no momento da saída de Antonio Carlos. O motorista chegou a ser hostilizado por aliados do ex-prefeito. (Fonte: ValeParaibano)

Sidnei Lima diz que cidade tem recursos

Caraguatatuba - O candidato do PSOL, Sidnei Lima, foi ao debate na TV Band Vale acompanhado por apenas três correligionários --entre eles, o candidato do PSOL em São Sebastião, João Amorim. Segundo ele, o debate foi "importante para mostrarmos que, ao contrário do que alguns dizem, a cidade tem dinheiro suficiente para crescer. "Não precisamos ficar pedindo esmola para ninguém". Para Aguillar, o debate foi "extremamente positivo". Já Antonios Carlos disse que o evento "proporcionou a todos os candidatos a chance de apresentar aquilo que fizeram e que pretendem fazer." (Fonte: ValeParaibano)

Praia da Cocanha recebe deck flutuante e entrará no roteiro turístico do mexilhão

Caraguatatuba - A comunidade da Praia da Cocanha, em Caraguatatuba, foi beneficiada pelo projeto roteiro turístico do mexilhão, por ser uma praia que vive da produção de mariscos. Com este projeto, a praia ganhou a construção de um deck flutuante que ficará instalado próximo à fazenda marinha, onde é feito o cultivo do marisco, com objetivo de dar suporte aos maricultores, que transportarão os turistas.
O deck foi confeccionado por dois maricultores da MAPEC (Associação dos Pescadores e Maricultores da Praia da Cocanha), Homero Osera e Edgar França. O projeto foi inspirado em um deck de Paraty, conhecido durante visita técnica feita pela equipe, em setembro de 2007. Homero, que já possuía conhecimentos de engenharia naval, assinou o projeto e participou de sua execução, que durou cerca de 15 dias.
A estrutura, coberta, tem cinco metros quadrados de área. Para flutuar, usa blocos de isopor, e o revestimento é de lona de vinil reforçado e madeira. Este deck fornecerá suporte aos maricultores, que poderão limpar os mexilhões nas mesas de madeira que estão em cima do deck, além de receber os turistas que não quiserem ir até a fazenda de mexilhões. Eles poderão aguardar no deck os maricultores trazerem as cordas de mariscos para mostrar aos turistas.
“O deck mudará a rotina de trabalho dos maricultores, facilitando o manejo do mexilhão próximo à fazenda marinha. Porém, o mais interessante é que ele foi construído aproveitando uma potencialidade encontrada na própria comunidade”, diz o professor e consultor da UniSol, André Braun.
A instalação abrigará mesas de trabalho e otimizará a produção, pois poupará os pescadores de se locomoverem até a sede da MAPEC para realizar a limpeza dos mexilhões. Ele também será usado para o próprio roteiro, recebendo turistas para ouvir as explanações sobre a maricultura. “O deck vai facilitar muito o nosso trabalho”, afirma o maricultor França.
O Projeto - O projeto do “Roteiro Turístico do Mexilhão” tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável da comunidade da Praia da Cocanha, por meio do turismo e da cultura do mexilhão.
A praia da Cocanha entrará no roteiro turístico do município, com visitas às fazendas de mexilhões, através de barcos dos próprios maricultores, que poderão oferecer aos turistas o mexilhão inatura e vender artesanatos feitos da concha do marisco.
Segundo a idealizadora do projeto, professora Karla Passos de Moraes, a intenção é fomentar o turismo na região por meio do desenvolvimento das questões relacionadas à Fazenda de Mexilhões lá existente. (Fonte: Imprensa Livre)

Notícias de Ilhabela Topo

Mazzei

Comerciantes de sucatas deverão comprovar procedência de mercadorias

Ilhabela - O legislativo ilhéu aprovou por unanimidade dos vereadores presentes na sessão da última segunda-feira, o projeto de lei que prevê a comprovação de procedência das mercadorias comercializadas por empresas de depósito de sucata ou ferro velho, desmanche, comércio de peças usadas e congêneres estabelecidas em Ilhabela. O autor do PL é o vereador Joadir Capucho, presidente da Câmara.
De acordo com a proposta, à cada compra realizada a empresa deverá preencher um formulário numerado seqüencialmente, em que conste o nome, endereço, número de documento de identidade do Cadastro de Pessoa Física do Ministério da Fazenda e declaração de origem do produto.
O não cumprimento da lei sujeitará o infrator à multa no valor de mil reais e suspensão do alvará de licença e funcionamento concedido à empresa por até 30 dias, com interdição do estabelecimento após o término desse prazo se a irregularidade não for solucionada.
O projeto também prevê que as empresas do ramo, que comprovadamente comercializarem mercadorias de origem lícita, tenham o alvará de funcionamento cassado e não seja autorizada a concessão de uma nova licença de localização e funcionamento, no mesmo endereço e local, pelo período de três anos, contados da cassação do alvará.
Na justificativa do projeto, o presidente da Câmara diz que o aumento da criminalidade em Ilhabela tem assustado a população que pede segurança. Ele lembra que, em audiência pública realizada no prédio do legislativo, ficou evidente a necessidade do poder público adotar medidas urgentes para combater inibir a criminalidade. “Dentre os crimes que aumentam a cada, dia encontra-se a receptação que pressupõe prática de outros delitos ainda mais graves como latrocínio, roubo, furto, estelionato, etc. A comprovação da procedência das mercadorias comercializadas pelas empresas do setor pode ser um instrumento eficaz na prevenção e repressão da receptação e conseqüentemente de outros crimes”, declara Joadir.
Segundo o vereador Beto Campos, que votou favorável ao projeto, a iniciativa é boa, mas alerta que também devem ser tomadas medidas para inibir o recolhimento de materiais como sucata, cobre e outros por empresas que não são do município. Para o vereador, deve ser elaborada uma lei que aproveite os guichês de cobrança da taxa de preservação ambiental para proibir ou pelo menos dificultar a saída de carros de empresas de fora com mercadorias ilícitas, porque a lei aprovada por eles prevê punição para as empresas locais. “A preocupação é que não se crie um mercado negro que incentive as empresas de fora virem buscar esses materiais na cidade”, explica. (Fonte: Imprensa Livre)

Equipe do Capi recebe Moção de Louvor

Ilhabela - O Vereador Beto Campos (sem partido) entregou, na última sessão ordinária (11/08), uma Moção de Louvor à equipe do Capi (Centro de Apoio Pedagógico de Ilhabela) pelos seus serviços prestados.
“O Capi “João de Souza Barbosa”, desde sua criação, vem demonstrando um serviço exemplar, competente e, sobretudo, humano. Sendo ímpar na região na condução de seus trabalhos”, cita o vereador na justificativa da moção.
O vereador ainda relembra que, no último dia 14 de julho, o centro passou a ter sua sede própria podendo, com isto, ampliar e intensificar os seus trabalhos de apoio técnico psicopedagógico, psicológico, fonoaudiólogo e de terapia ocupacional às crianças da rede pública municipal que possuem dificuldades, distúrbio ou transtorno de aprendizagem percebidos na escola. Hoje são cerca de 500 crianças atendidas por semana.
“Cabe ressaltar, ainda, não apenas os serviços prestados pelos profissionais que ali trabalham, dedicando todo seu conhecimento à causa, mas também salientar a forma com que são prestados esses serviços, com técnica, carinho e empenho, fazendo do Capi um eixo central no desenvolvimento de nossa educação, diminuindo injustiças e trazendo à tona o potencial de muitas crianças que, muitas vezes, se perde por falta de compreensão e tratamento eficaz”, acrescenta Beto.
Segundo o vereador o Capi mostra à Câmara Municipal de Ilhabela que é possível fazer um serviço público eficiente, sério e responsável, que una técnica com carinho, valorizando, sobretudo, o ser humano e crer ainda em um mundo com menos injustiças. (Fonte: Câmara Municipal de Ilhabela)

Prefeitura leva programa de educação no trânsito às Escolas

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Divisão de Trânsito Municipal, palestrou na última quinta-feira, 14, na escola Eurípides da Silva Ferreira, dando continuidade ao projeto “Educação de Trânsito na Escola”, realizado nas unidades de Ensino em Ilhabela.
O programa conta com palestras que enfatizam como devem se comportar em vias públicas, pedestres, motoristas e ciclistas, dando orientações aos alunos sobre sinalizações; utilização da ciclovia e faixas de pedestres; uso do cinto de segurança e capacetes apropriados; limites de velocidade (em Ilhabela a velocidade máxima permitida é de 40 km/h); a atenção dos ciclistas em não trafegar na contra mão; o uso do cinto de segurança pelos passageiros postados no banco de trás dos veículos, principalmente crianças. Durante as aulas, que duram cerca de uma hora, são utilizados cartazes e modelos de placas de sinalização para melhor demonstração do assunto.
Segundo o diretor municipal de Trânsito, Laudelino Carlos de Souza Dias, o objetivo do projeto é de conscientizar e orientar os jovens, sobre os cuidados que devem ter na questão da segurança no trânsito. “Esta orientação dada aos alunos é, com certeza, repassada por eles aos pais, irmãos, parentes e colegas. É mais fácil educar o futuro motorista do que reciclar os atuais”, ressalta Dias. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)

Ilhabela estuda implantação do “Projeto Cão Ilhéu”

Ilhabela - A Prefeitura de Ilhabela por meio da Secretaria Municipal da Saúde estuda a implantação do Projeto Cão Ilhéu no município. O projeto está em fase de adaptação conforme as normas da vigilância sanitária estadual para iniciar as atividades e espera aprovação na Câmara Municipal.
Trata-se de um Projeto de Lei do Executivo sobre Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos através da esterilização cirúrgica (castração), que fará registro e identificação de toda a população canina e felina do município; o controle reprodutivo de cães e gatos; realizará o manejo ambiental para diminuir a capacidade de suporte de animais soltos na cidade. O objetivo do programa vai além de acabar com o problema populacional de animais de rua, ele irá fazer campanha educacional de conscientização sobre posse responsável, ou seja, não basta ter animal em casa, é preciso cuida-lo.
Todos os cães e gatos, a partir do sexto mês de vida, deverão portar identificação permanente, onde constarão os dados do animal e responsável. Considera identificação a atribuição e implantação de um código individual permanente em cada animal.
Com essa iniciativa irá diminuir acidentes em vias publicas; acabar com a transmissão de doenças, tanto de animal para animal, quanto de animal para o homem.
O programa já possui instalações próprias, e, como já foi citado, está em fase de adaptação para suportar um escritório, alojamento para nove cães e oito gatos, uma sala de cirurgia, três consultórios, quatro banheiros, uma área de serviços, uma varanda e duas salas de higienização dos animais. As instalações ainda possuirão suprimentos e equipamentos adequados aos seus fins, e tem como responsável uma médica veterinária, que terá uma equipe de trabalho composta por profissionais capacitados à realização de todas as atividades necessárias à execução do Programa.
O projeto irá funcionar com o auxilio do PSF (Programa Saúde da Família), com o cadastramento das famílias que possuem animais de estimação. Assim que o programa estiver em funcionamento, as famílias serão chamadas para dar inicio ao processo de castração dos animais. Mas também funcionará para cachorros de ruas, que eventualmente serão castrados e, logo depois, doados. O projeto também atenderá animais das comunidades tradicionais.
Os animais só permanecerão no período pós operatório, isso nos casos de animais que não possuem donos, caso contrários os bichos farão a recuperação em casa.
“Estou em Ilhabela desde 2003 e desde então trabalho em prol os animais abandonados e me comprometo em me empenhar para que o projeto Cão Ilhéu siga com o seu propósito, conseguindo acabar com o sofrimento dos animais de rua”, garantiu a Coordenadora do Projeto, Drª. Silvia Badilio da Silva.
Segundo o diretor municipal de Saúde, Márcio Tenório, cabe explicar a população que as instalações do Projeto Cão Ilhéu não se trata de um Centro de Zoonoses e sim de um Centro de Controle Populacional de Cães e Gatos. Com a sua aprovação e iniciação, esse projeto será o pioneiro de todo o Litoral Norte.
Algumas vantagens da Castração
- Diminui o risco de doenças nas vias uterinas e, principalmente, do câncer de mama, útero, próstata e testículos;
- Elimina a gravidez psicológica, estado presente em algumas fêmeas após o termino do cio, que ocasiona aumento das mamas (muitas vezes com edema) com produção de leite e irritabilidade excessiva;
- Diminui o risco das fugas e brigas, que podem acarretar acidentes graves e até fatais;
- Acaba com os latidos, uivos e miados excessivos que ocorrem por ocasião do cio;
- Diminui o hábito dos gatos de urinar para marcar território. A urina também perde o odor forte e desagradável. (Fonte: Prefeitura Municipal de Ilhabela)

Notícias de São Sebastião Topo

Anuncie

Pescador confecciona canoa e mantém viva tradição caiçara

São Sebastião - A vontade de manter viva a tradição caiçara, além da junção de pesca e artesanato, levou o pescador Valmir Rafael de Sousa, 31 anos, morador de Ilhabela, a confeccionar na sede da Casa de Agricultura de São Sebastião e Ilhabela, ligada à Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), uma canoa utilizando uma árvore da espécie Anadenanthera SP, também chamada de “Angico”, que caiu na praia de Maresias, na Costa Sul de São Sebastião.
Ontem, o pescador entrou no nono dia de trabalho onde, com o auxílio de um machado e um enxó (ferramenta pré-histórica utilizada para suavizar a madeira recém-cortada), lapidou as formas da canoa. Segundo Sousa, o tempo para confeccionar uma embarcação demanda entre 20 e 25 dias, mas a mesma pode durar até 100 anos. “Minha vida sempre foi montar canoas e viver da pesca. À convite da Cati vim confeccionar a embarcação que será destinada a um pescador de São Sebastião”, explica.
Além da Cati, as Secretarias de Cultura e Turismo (Sectur) e Meio Ambiente (Semam), também apóiam a ação visando sempre a preservação da cultura caiçara, já que foi uma das primeiras que surgiu no Brasil. A parceria começa quando árvores propícias para a confecção das canoas são derrubadas por interferência da natureza. Os técnicos da Prefeitura e Casa da Agricultura analisam o motivo da queda e podem destinar aos artesãos após autorização de órgãos como o DEPRN (Departamento Estadual de Proteção de Recursos Naturais) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama).
Segundo o engenheiro agrônomo da Cati, Maurício Rubio Pinto Alves, os pescadores têm algumas dificuldades para se manter na atividade pesqueira por falta de embarcações. “O aproveitamento de árvores derrubadas pelo vento e das que estão em áreas urbanas são autorizados por oferecerem risco, além de ser uma forma de compartilhar a necessidade dos pescadores com a legislação ambiental”, disse.
Ele complementa dizendo que a idéia é repassar técnicas de conservação de madeiras e construir ranchos de pesca para abrigar as canoas de modo a aumentar a sua vida útil, diminuindo a demanda de madeira para este fim. Já a chefe de Divisão de Agricultura e Abastecimento da Semam, Joyce Michelucci, explica que a região é abundante em árvores que são boas para a montagem de canoas. “A principal característica do Angico é que se trata de uma madeira nobre e resistente”, explica.
Com o objetivo da preservação dessa tradição, a Sectur conseguiu que o trabalho de confecção da canoa possa ser visitado pela população de segunda a sexta-feira, entre 9 e 17h, na Rua Ipiranga, 50. (Fonte: Imprensa Livre)

Prefeitura conclui demolição de moradias na Vila Tropicanga, em Boiçucanga

São Sebastião - Na última semana, a Prefeitura concluiu a demolição das 30 moradias que estavam em uma das áreas de risco situada na Vila Tropicanga, em Boiçucanga, na Costa Sul da cidade. A medida atende ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público.
A próxima etapa, de acordo com a chefe da Divisão de Habitação da Secretaria de Obras e Planejamento (Seop), Claudia Lima Pereira de Castro, é a recuperação ambiental total da área onde o moradores viviam, que ultrapassava a cota 40 e o acesso era feito por meio de uma trilha na mata. Antes, porém, a Secretaria de Meio Ambiente vai retirar todo o entulho do local, cujo serviço está marcado para hoje. O material deverá ser utilizado no próprio bairro.
O secretário de Meio Ambiente, Teo Balieiro, explica que na área haverá o plantio de mudas, a demarcação da cota 100 – onde está o Parque Estadual da Serra do Mar, além da proteção da mata para que ela tenha condições de se regenerar naturalmente.
Outras famílias que ainda se encontram em área de risco na Vila Tropicanga serão, posteriormente, removidas do local.
Os imóveis demolidos eram ocupados por pessoas que mudaram, desde o dia 1 de agosto, para as casas populares do Conjunto Habitacional Marques Dias de Souza, localizado no início da rua Tropicanga, em Boiçucanga. O serviço contou com a ajuda dos servidores da Administração Regional de Boiçucanga, divisão ligada à Subprefeitura da Costa Sul, que disponibilizou um caminhão e uma kombi para realizar o transporte dos móveis e demais pertences das famílias beneficiadas neste momento. (Fonte: Imprensa Livre)

Grupo de Capoeira de São Sebastião fará batizado neste sábado

São Sebastião - A Associação AreiaCanta realizará neste sábado o VI Batizado de Capoeira, do grupo Coquinho Baiano, terá entrega e trocas de cordões. Este batizado reflete a evolução de seus alunos. O evento acontecerá às 14h, na quadra de Esporte de Juquehy.
São esperados cerca de 150 capoeiristas, entre alunos e mestres de diversos grupos do País e da Europa. Isso porque o grupo Coquinho Baiano participa de um intercambio com a cidade de Perugia, na Itália, por meio da Associação AreiaCanta que trabalha em parceria com associação italiana II Nagual, para divulgar a capoeira e a cultura brasileira.
O grupo de capoeira Coquinho Baiano, é atualmente coordenado pelos Mestre Paulão e Tozinho. O grupo já é uma tradição na região, mas teve seu inicio em Campinas, na década de 70, fundado pelos Mestre Godoy e Maya.
O Grupo chegou em Juquehy no ano de 1991, com o Mestre Tozinho, no ano 2006 foi criada formalmente Associação AreiaCanta, com a direção do já formado, Jocimar e da aluna graduada Ana Paula. Segundo eles, o trabalho realizado através da capoeira contribui na formação de cidadãos e pretende ser um meio de multiplicação de valores e hábitos que possam melhorar a qualidade de vida dos praticantes.
O grupo de capoeira Coquinho Baiano convida toda a comunidade para o evento de sábado.Para mais informações o telefone é (12) 3863-2623 , ou pelo celular 9757-5622. (Fonte: Imprensa Livre)

Alterações tornam mais rígidas a lei de passe livre para deficientes nos ônibus

São Sebastião - Resgatar bandeiras dentro da área social é sempre um avanço quando a iniciativa parte do poder público no sentido de colaborar com a integridade das pessoas com deficiências. Na sessão desta terça-feira, o vereador José Cardim de Souza, apresentou o projeto de lei 34/08, que prevê acesso livre aos deficientes em ônibus. O vereador explica que a isenção da tarifa tem o objetivo oferecer melhores condições para a integração social das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Diante da proposta, as pessoas com qualquer tipo de deficiência terão possibilidade de viajar, desde que cumpram os critérios descritos no documento. “Acho importante essa alteração na lei, que deve viabilizar o atendimento somente das pessoas com deficiência”, comenta o presidente da Adef (Associação das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida de São Sebastião), Mônico Santos Silva.
O projeto, inclusive, vai de encontro com a proposta do município que recebeu o Prêmio Sentidos em 2007 e refere-se a pessoas e municípios que se destacam nessa área. Com isso, o município busca tornar a cidade acessível.
Esta não é a primeira vez que a cidade busca regulamentar o passe livre aos deficientes físicos. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Câmara, em 2002, foi aprovada a Lei 1565/02, de autoria do ex-vereador Marquinho Souza; e, em 2005, foi aprovada a Lei 1789/05, do vereador Modesto Koji Ono, o Kotian.
Segundo o presidente da Adef, Mônico Santos Silva, as duas leis teriam sido vetadas pelos ex e atual prefeitos e promulgadas pelos ex-presidentes da Câmara, na época, José Luiz Ribeiro e Wagner Teixeira.
A novidade no projeto, portanto, não está no passe livre, mas na cobertura de eventuais falhas da legislação já existente (lei 1565/02). “A lei do Kotian tem muitas falhas, é ampla demais e não existem critérios”, comenta Mônico Silva. Segundo ele, a proposta foi apresentada pela própria associação e baseada numa antiga reivindicação do presidente da Adef desde a gestão passada. “Com a atual proposta, segue-se a Tabela do Código de Doenças (CID-10), que cumpre as determinações do decreto federal 5296/04 no aspecto de quem é considerado usuário”, exemplifica.
Em seu artigo 5º diz: “os órgãos da administração pública direta, indireta e fundacional, as empresas prestadoras de serviços públicos e as instituições, deverão dispensar atendimento prioritário às pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida”.
Diante da legislação federal, consideram-se portadores de deficiência, pessoas que possuem limitação ou incapacidade para o desempenho de atividades, que se enquadram nas seguintes categorias: deficiência física (alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano), acarretando o comprometimento da função física, além das deficiências auditivas, visual, mental e múltipla.
De acordo com informações da assessoria de imprensa da prefeitura, atualmente, as pessoas dentro do perfil devem dar entrada à solicitação do Passe Livre. Eles passam por uma avaliação e se for aprovado o laudo vai para a Secretaria da Saúde onde o beneficiário é cadastrado e também é enviado ofício à empresa para a emissão da carterinha. Esse trâmite gira em torno de 15 dias, quando o documento é devolvido à entidade onde a pessoa fez a avaliação. A carteirinha pode ser provisória, com validade de seis meses, ou definitiva, válida por 2 anos.
Após esses períodos, o paciente é reavaliado. Segundo dados da prefeitura, atualmente, 530 pessoas são beneficiárias e 229 acompanhantes também recebem o documento. O passe livre é para o usuário, porém, a prefeitura paga pelo serviço à empresa de transporte.
Apesar da falta ainda de uma análise e aprovação das comissões parlamentares, São Sebastião pode seguir exemplos bem sucedidos em grandes capitais e municípios do estado paulista, onde a mesma proposta já virou realidade obedecendo o decreto federal 5296/04, que tem regras claras.
Com a nova proposta, as pessoas com deficiência que já trabalham recebendo o benefício do vale-transporte, também serão contempladas com o passe livre. “Não é justo! Porque a inclusão serve para não diferenciar. Acho que não deve ter multiplicidade do benefício, ou seja, quem recebe o vale-transporte não deve ficar com o passe livre”, admite o presidente da Adef.
De acordo com a assessoria da Ecobus, a empresa tem cinco ônibus adaptado, que fazem o trajeto das costas norte a sul do município. A norma da empresa é que a compra de novos veículos sejam todos adaptados.
Confira as alterações no Projeto de Lei 34/08
• Caso o Projeto de Lei seja aprovado, para obter o passe livre o deficiente físico vai precisar assinar um termo de responsabilidade e, caso cometa uma infração, como emprestar a carteirinha para terceiros, poderá responder civil e criminalmente;
• Além disso, hoje em caso de perda ou extravio da carteirinha, não existe um critério para a retirada da 2ª via do documento, mas com a aprovação do Projeto de Lei, caso isso ocorra, o usuário deverá registrar um boletim de ocorrência e pode ter que pagar uma multa equivalente a 20 tarifas de ônibus;
Outra mudança vai ocorrer na regra que estabelece o direito ao passe livre aos deficientes físicos com idades acima de 65 anos, que passarão a ter direito a um acompanhante;
• Quem já recebe o vale-transporte como benefício, também terá passe livre. (Fonte: Imprensa Livre)

ZEIS é tema do último encontro do curso de Educação Ambiental

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), em parceria com a Transpetro, finaliza neste sábado (16/7), na sede das Faculdades São Sebastião (Fass), localizada na rua Agripino José do Nascimento, o curso de Educação Ambiental.
O último encontro deve reunir mais de 30 professores que ministram aulas na Educação Infantil e Ensino Fundamental das redes municipal e estadual.
O tema do curso será a ZEIS (Zonas de Especial Interesse Social), ministrado pela chefe de Divisão de Habitação, Claudia Lima, da Secretaria de Obras e Planejamento (Seop). Outros assuntos já abordados nos encontros foram “Ecossistemas Costeiros”, “Educação Ambiental e Sustentabilidade”, “Recursos Hídricos” e “Resíduos Sólidos”.
O telefone para mais informações sobre o encerramento do curso é o (12) 3892-4717. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Prefeitura forma mais de 30 pessoas em Oficina de Iniciação a Salgados

São Sebastião - A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Humano (Setradh), encerrou na quarta-feira (13/8), no Centro Integrado Profissionalizante (CIP) da Topolândia, localizado na região central do município, a Oficina de Iniciação a Salgados. O curso é certificado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e formou mais de 30 pessoas.
A oficina teve início no dia 22 de julho, com aulas nos períodos vespertino e noturno e uma carga horária total de 30 horas. O conteúdo da aula variou com atividades teóricas e práticas.
Para Isabel Cristina Barros, 44 anos, moradora da Enseada, apesar da experiência de ter trabalhado com o tipo de alimento, o curso possibilitou com que pudesse reciclar os conhecimentos e aprender novas técnicas. “Sempre trabalhei com salgados em restaurantes, mas não diferenciava o meu serviço. Hoje, consigo fazer coisas que nem imaginava”, comentou.
De acordo com o professor Arnaldo de Morais o aproveitamento dos alunos também foi satisfatório. “O aprendizado que eles obtiveram os deixam prontos para o mercado de trabalho”.
No dia 19 de agosto o CIP da Topolândia iniciará as oficinas de confeitaria, com carga horária de 45 horas e iniciação a doces, com carga horária de 30 horas. Ainda estão previstos os cursos de pedreiro, soldador eclético, montador de andaimes, maçariqueiro e pintor industrial, resultado da parceria entre a Prefeitura de São Sebastião, Senai e a Transpetro. Mais informações pelo telefone (12) 3892-5535. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Olimpíada Estudantil de São Sebastião integra professores e alunos

São Sebastião - Com início na última segunda-feira (11/8), a 5ª Olimpíada Estudantil de São Sebastião tem tido muito mais do que belos lances durante os jogos. O evento, realizado pelo Colégio Objetivo, em parceria com a Prefeitura, por meio das secretarias de Esportes (Seesp) e Educação (Seduc), promove a integração entre professores e alunos de 14 instituições de ensino do Litoral Norte.
Para Lucas Dias de Souza, 16 anos, estudante da Escola Estadual Profª Maísa Theodoro da Silva, a competição permite com que os alunos tenham um olhar diferente com relação aos educadores. “Aqui nós não temos o compromisso de apenas responder a chamada e participar da aula. Com o mesmo respeito, nós temos mais liberdade e opinião. É uma amizade que se cria”, explica.
Já a professora de educação física, Cláudia Nascimento, também da Escola Maísa, acredita que muito mais do que integração, o evento prepara o dicente para a vida. “A cada jogo nós conseguimos tirar lições importantes. No caso de uma partida de futsal, é preciso separar titulares e reservas, e isso, possibilita com que eles possam compreender esse processo no seu cotidiano”, salienta.
A 5ª Olimpíada Estudantil de São Sebastião conta com as modalidades de vôlei, tênis de mesa, basquete, xadrez, futsal e damas. Até o dia 22 de agosto, será possível conferir a “aula” de respeito e cidadania em mais de 50 partidas divididas na quadra do Colégio Objetivo e no Ginásio José de Souza Gringo. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Investimentos em São Sebastião trazem novas oportunidades para comerciantes

São Sebastião - A Associação Comercial e Industrial de São Sebastião (Aciss) e a Caixa Econômica Federal (CEF) se reuniram na manhã desta quinta-feira com comerciantes locais para apresentação da palestras “Planejamento Estratégico: Desafios para Crescer com Sustentabilidade”. O encontro foi no Porto Grande Hotel e serviu para que a Superintendência de Negócios da Caixa apresentasse as propostas que têm de investimentos para pequenos, médios e grandes empresários da cidade.
Entre os temas destacados, os investimentos realizados pela Prefeitura de São Sebastião ao longo dos últimos 3,6 anos. Também foi citado que o município será, futuramente, a matriz energética do país, com a Transpetro construindo mais um píer para transporte de granel líquido – hoje 50% do petróleo que entra no país passam por São Sebastião – além da ampliação do Porto, duplicação da rodovia dos Tamoios, Alcooduto e Gás Natural. Outro ponto abordado foi a construção do terminal de navio de passageiros para receber mais esse nicho de turista.
A Urbanização do Aterro e Revitalização da Rua da Praia também foram apontadas como investimentos para melhorar o comércio na região central da cidade, valorização do Centro Histórico e atração de novos investimentos para o município.
O presidente da Aciss, Fábio Aranho, destacou que a entidade está sempre em busca de novidades que possam ajudar o empresariado local e a parceria com a CEF é importante para o fortalecimento do setor. Já o superintendente da Caixa Econômica Federal no Vale do Paraíba e Litoral Norte, Paulo José Galli, ressaltou que o banco federal está aumentando seu leque de investimento e pretende atender agora pequenos, médios e grandes empresários. O encontro contou com a presença do prefeito de São Sebastião, Dr. Juan Garcia.
No conteúdo apresentado no encontro desta quinta-feira foram abordados temas como: Importância da Micro, Pequena e Média empresa para o Brasil, O que é um Plano de Negócio (PN), Os benefícios de se Elaborar um PN, Aspectos Mercadológicos, Estratégicos e Financeiros. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)

Guarda Civil socorre turistas argentinos em Boiçucanga

São Sebastião - A Guarda Civil Municipal (GCM), órgão ligado à Secretaria de Segurança Urbana (Segur) da Prefeitura de São Sebastião, auxiliou na semana passada turistas argentinos que trafegavam com seu veículo (trailler) pela rodovia Rio-Santos, na serra de Boiçucanga, na Costa Sul do município.
De acordo com a GCM, o trailler estava em cima da guia e com os pneus calçados por pedras, já que ficou sem freio e força no motor para prosseguir viagem. No local, segundo os agentes, além do motorista, havia uma senhora de 57 anos e uma criança de 10 anos (sexo feminino) que estavam muito nervosas com o acidente. Os três pediam ajuda, quando a viatura da GCM os avistou e parou. A mulher e a menina, além de nervosas, estavam preocupadas com as picadas dos borrachudos, já que eram alérgicas.
A GCM solicitou apoio ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que enviou um guincho para retirar o trailler da rodovia. Paralelamente, os guardas civis municipais levaram os argentinos ao Pronto Atendimento de Boiçucanga, onde foram as vítimas foram atendidas e liberadas, devidamente medicadas.
A ação resultou no encaminhamento de um e-mail de agradecimento à GCM, por parte das vítimas, quando regressarem à Argentina. (Fonte: Prefeitura Municipal de São Sebastião)
 

Notícias de Ubatuba Topo

O Guaruçá ACIU Anuncie

Grupo de trabalho realiza primeiro encontro para definir assinatura das APA´s

Ubatuba - O diretor do Instituto Florestal do Estado de São Paulo e representantes de diversos setores da náutica paulista estiveram reunidos nesta última semana para o debate e modificação da segunda minuta de lei, sobre as Áreas de Proteção Marinha da costa paulista. Participaram do encontro, além das autoridades do Governo Estadual, representantes dos pescadores artesanais do litoral (Ubatuba e Itanhaém), a Associação de Construtores de Barcos do Brasil, além de integrantes de ONGs ligadas a área náutica.
O grupo de trabalho foi montado, após a discussão das APA´s ter chegado à Assembléia Legislativa do Estado. O objetivo principal da reunião foi abrir o diálogo sobre as questões que envolvem o litoral do Estado e sua gestão. De acordo com o assessor da ONG Vivamar, Roberto Negraes, o debate foi muito produtivo e conseguiu demonstrar a insatisfação dos setores que dependem do mar, em relação à proposta de lei. “É preciso elogiar o trabalho do Wagner Neto (Fundação Florestal), que abriu o diálogo e pôde compreender as reivindicações dos cidadãos que utilizam o mar para lazer ou forma de sustento”, diz o assessor.
“Todas as mudanças debatidas, e que tiveram o consenso da maioria, foram acatadas pelas autoridades estaduais e as alterações no texto foram realizadas na nossa frente, durante a reunião”, ressalta Negraes, lembrando que a minuta atual já está bem diferente da proposta inicial lançada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente. “Antes eles queriam que todas as ilhas da costa paulista se transformassem em Áreas de Relevante Interesse Ecológico, com a possibilidade de se tornarem Unidades de Conservação Integral, como o entorno da Ilha Anchieta. No entanto, a pressão do grupo surtiu efeito e as autoridades substituíram o termo Integral, pela Área de Proteção Contra Ações Predatórias. Desta forma, temos a garantia de debate do que será ou não proibido para que os arquipélagos se mantenham em boas condições”, acrescenta Roberto Negraes, afirmando que a saída não é coibir, ma sim, fiscalizar as atividades que já são regulamentadas por lei.
Segundo o assessor da Ong Vivamar, existem milhares de pessoas que sobrevivem da pesca e do turismo náutico no litoral, portanto, esta parcela da sociedade não pode ficar à margem das discussões sobre a área marítima.
O Governo de São Paulo foi procurado pela reportagem, porém, a assessoria de imprensa ainda não divulgou qualquer notícia ou previsão sobre a assinatura do decreto estadual que cria as Áreas de Proteção Ambiental no litoral de São Paulo. (Fonte: Imprensa Livre)

Comunicado ACIU

Ubatuba - A Associação Comercial de Ubatuba comunica à seus associados que realizará no próximo dia 19 de agosto (terça-feira), às 20h00, o Primeiro Debate com os candidatos a Prefeitura de Ubatuba- Eleições 2008.
A ACIU solicita aos associados interessados em participar do evento, que entrem em contato com Cristiane através do telefone 3834 1441 até o dia 15 de agosto (6ª feira) as 18h00 para que seja confirmada a presença, para o credenciamento.
Informamos que é de extrema importância a confirmação da presença, pois o espaço do auditório é limitado.
Informamos que, se o número de participantes associados ultrapassar o limite de espaço será realizado um sorteio para a participação.
Informamos ainda que, não iremos disponibilizar credenciamento para candidatos a vereador.
A ACIU estuda disponibilizar um telão do lado de fora do evento para todos aqueles que queiram assistir ao debate.
Solicitamos ainda que nossos associados nos enviem perguntas que serão utilizadas no debate. Estas deverão ser sempre referentes somente à propostas. Todas as perguntas serão realizadas por sorteio, não havendo necessidade de direcionar sua pergunta à um candidato especifico.
Segue modelo para a pergunta a ser enviada no e-mail imprensa@aciubatuba.com.br

Associado: (Razão social ou nome fantasia)

Pergunta:

 

 

Cordialmente,

Ahmad Khalil Barakat
Presidente da ACIU

Florais da Mata Atlântica no Espaço Baguá

Ubatuba - Nos dias 23 e 24 de agosto acontecerá no Espaço Baguá curso sobre as essências florais e vibracionais da Mata Atlântica, ministrada por Sandra Epstein, criadora do Sistema Ararêtama.
Uma essência floral ou vibracional é uma freqüência de onda que contém a força vital de uma determinada planta. A propriedade de uma essência vibracional quando integrada ao corpo atua como harmonizador de freqüências, proporcionado cura a nível físico e emocional.
As essências do Sistema Ararêtama foram criadas a partir dos remanescentes da Mata Atlântica, uma das maiores biodiversidades do planeta, sendo que as primeiras pesquisas aconteceram em Ubatuba.
O Sistema possui 31 essências produzidas, linha cosmética Aqua Ígnea, seqüência de 31 movimentos corporais relativos às essências, CD com músicas e sutras, material didático apostilado, além de 4 kits especiais, kit da prosperidade, araretama especial, segredos da vida e Fernando de Noronha.
Hoje o Sistema Araretama ganhou espaço em vários países da Europa principalmente no Leste Europeu onde Sandra Epstein ministra cursos, palestras e trabalhos terapêuticos.
O curso em Ubatuba abordará alguns tópicos como, a mata atlântica e sua biodiversidade com qualidades de harmonização e autoconhecimento, compreendendo a biodiversidade interna, as 31 essências de cura, como trabalhar utilizando a mandala Ararêtama, os movimentos essenciais, os produtos Ararêtama e apresentação do material didático.
O curso é direcionado a todos aqueles que buscam autoconhecimento, terapeutas, profissionais da área da educação e saúde.
Para maiores informações e inscrições entre em contato com Jayo pelo telefone (12) 3835-1275.

SINCOVAT promove curso gratuito de Gestão Empresarial em Ubatuba

Ubatuba - O Sindicato do Comércio Varejista (SINCOVAT), em parceria com o SEBRAE, realiza entre os dias 18 (segunda-feira) e 23 de agosto (sábado) o curso “Gestão de Negócios - Ferramentas de Tecnologia”, que será gratuito. Voltado a empresários, estudantes de Administração, e interessados em geral, o curso tem como objetivo apresentar os resultados da automação comercial no cotidiano das empresas, possibilitando assim a redução dos custos operacionais e agilização nos processos internos. Além disso, abordará o processo de melhorias no atendimento aos clientes.
As empresas que participarem do curso terão direito a 4 horas de consultoria personalizada na área de Tecnologia da Informação.
O Presidente do SINCOVAT, Dan Guinsburg, considera o conteúdo do curso uma boa chance para que os empreendedores se atualizem. “É imprescindível que principalmente os empresários de pequeno e médio porte tenham oportunidades para se manterem sintonizados com o mercado, e essa é uma dessas oportunidades”, afirma.
O evento tem o apoio da Federação do Comércio de SP (FECOMERCIO), Confederação Nacional do Comércio (CNC) consultoria do Grupo Baffini. O Sindicato do Comercio Varejista fica na Rua Salvador Corrêa, 146, no centro de Ubatuba. Mais informações e reserva de vagas pelo telefone: (12) 3833-9386.
Serviço:
Mini-curso: “Gestão de Negócios - Ferramentas de Tecnologia”
Data: de 18 a 23 de agosto
Horário: 19 horas
Local: Auditório do SINCOVAT
Rua Salvador Corrêa, 146, centro - Ubatuba
Informações e Inscrições: (12) 3833-9386
As vagas são limitadas.

IV Festival Gastronomico de Ubatuba
Premiação de receitas: "A conservação da Mata Atlântica começa pela boca”
Parceria: AREUBA/ABRASEL, UNITAU, IA-RBMA, ASSOCIAÇÃO CUNHAMBEBE


Critérios para Participação:

1) Inscrição: A inscrição do candidato será feita na UNITAU/ Campus Ubatuba, localizada à Rua Castro Alves, 392, bairro do Itaguá, sem qualquer custo para o participante, no período de 11/08/08 a 22/08/08 das 14 as 18 horas, com Giovana ou Élida.
· Qualquer pessoa poderá participar desde que apresente receitas inovadoras e que estejam de acordo com a temática da Premiação de receitas: “A CONSERVAÇÃO DA MATA ATLÂNTICA COMEÇA PELA BOCA”.
· O candidato poderá se inscrever nas seguintes modalidades: prato quente, sobremesa ou bebida.
· O candidato deve estar ciente que as receitas apresentadas estarão sendo avaliadas por uma banca da organização do IV Festival Gastronômico de Ubatuba, e que apenas as receitas pré-selecionadas participarão do concurso.
· Se a receita do candidato for pré-selecionada ele será avisado via telefone e via e-mail com antecedência de pelo menos 3 dias. Fica de inteira responsabilidade do participante fornecer os telefones e e-mails pessoais atualizados, bem como a consulta dos mesmos no período de 25 a 29 de agosto de 2008, quando se dará a pré-seleção das receitas, respondendo via email e/ou por telefone o recebimento do recado (se for o caso) e confirmação de sua participação junto ao concurso.
2) Receitas: As receitas deverão ser apresentadas até o dia 22/08/2008, no mesmo local da inscrição (UNITAU-Campus Ubatuba), em envelopes lacrados contendo na frente o nome completo do concorrente, o local onde trabalha: restaurante, bar, quiosque (se for o caso), e a categoria a qual se inscreveu.
· Dentro do envelope, deve conter a receita com os seguintes itens: nome da receita, ingredientes a serem utilizados, onde serão adquiridos, a quantidade de ingredientes, o modo de fazer detalhado, os utensílios artesanais a serem utilizados, o tempo de preparo, e contar se a receita tem uma história e o valor sócio ambiental do prato (opcional).
· As receitas deverão ser inovadoras, com a temática voltada para os produtos oferecidos pela Mata Atlântica, tais como: palmito pupunha de local licenciado, mandioca processada em casa de farinha caiçara, cachaça artesanal de Ubatuba, Paraty e região, frutas da Mata Atlântica, peixes e frutos do mar pescados de forma artesanal, bem como produtos de Ubatuba como banana, e gengibre.
· Deverão ser utilizados um ou mais utensílios artesanais (trazidos pelos participantes) como: colher de pau, panela de barro, entre outros.
Não serão aceitas receitas, já existentes nos restaurantes locais, no entanto, serão consideradas receitas modificadas, conforme a criatividade do concorrente.
3) A elaboração das Receitas: Os concorrentes selecionados apresentarão as receitas nas datas e horários estipulados pela organização do concurso para um grupo de jurados (representantes da AREUBA/ABRASEL, UNITAU, IA-RBMA, organizações não governamentais, e pessoas da comunidade local) no Laboratório de Alimentos e Bebidas da Universidade de Taubaté – Campus Ubatuba, situado à Rua Castro Alves; 392. Todas as receitas serão apresentadas durante os dias 01 a 05 de setembro de 2008, no período da manhã ou tarde.
O concorrente deverá respeitar as regras de higiene alimentar evitando ao máximo a contaminação dos alimentos e de preferência portar uniforme branco completo (camiseta, calça, meias, sapato antiderrapante, jaleco ou avental, touca).
Os concorrentes serão avaliados pela apresentação pessoal (peso 1), etapas de pré-preparo e preparo dos alimentos (peso 2), sabor e apresentação do prato pronto (peso 2), criatividade (peso 3), comportamento e noções de espaço e liderança (peso 1).
A ficha de avaliação dos jurados, com os pesos de cada item a ser avaliado, será lida ao concorrente antes do início da apresentação.
O concorrente deve explicar sua receita rapidamente antes de executá-la.
O concorrente poderá levar um auxiliar de cozinha para ajudá-lo no pré-preparo dos alimentos e na limpeza do local (como lavagem de utensílios, equipamentos e etc.).
O concorrente terá o espaço do laboratório apenas para a elaboração da sua receita, juntamente com seu auxiliar e os jurados. Não serão aceitos no ambiente, outros concorrentes ou expectadores.
Os ingredientes que compõem a receita, bem como utensílios artesanais, serão de inteira responsabilidade dos concorrentes.
A preparação da receita e apresentação da mesma não poderá ultrapassar o tempo de uma (1) hora e trinta (30) minutos.
A receita de prato quente ou sobremesa deverá ser apresentada em prato individual, com decoração pertinente aos ingredientes.
A pontuação dada pelos jurados na ficha de avaliação serão posteriormente somadas, após todas as apresentações selecionadas, e os concorrentes classificados informados dos resultados finais, no período que compreende 1 a 5 de setembro de 2008, via telefone e e-mail.
Informamos que o Laboratório de Alimentos & Bebidas da Universidade de Taubaté – Campus Ubatuba dispõe de um forno industrial com capacidade para formas pequenas (nº 2), um microondas, um fogão industrial com 06 bocas grandes, 01 multiprocessador, pias, bancadas, geladeira e frizeer, panelas de aço inox e outros utensílios básicos;
Informamos que no Laboratório de Alimentos e Bebidas não dispomos de panelas de ferro, de barro, de colheres grandes para mexer as panelas e facas diversas de corte para cozinha; ficando a critério do concorrente trazer os equipamentos, materiais e utensílios que não dispomos no nosso laboratório.
4) A premiação: A data de premiação será definida posteriormente, entre os dias 05 a 12 de setembro, e avisados os participantes. As categorias receberão os seguintes prêmios:
Categoria Prato Quente: R$ 250,00 para o 1º lugar, R$ 150,00 para o segundo lugar e R$ 100,00 para o terceiro lugar.
Categoria Sobremesa: R$ 150,00 para o primeiro lugar; R$ 100,00 para o segundo lugar e R$ 50,00 para o terceiro lugar.
Categoria Bebida: R$ 90,00 para o primeiro lugar; R$ 60,00 para o segundo lugar e R$ 50,00 para o terceiro lugar.

Programação Oficinas Gastronômicas

Dia 13/08 Quarta - Feira
10h:00 - Restaurante Senzala - Peixe a Caiçara
14h:30 - Restaurante O Rei do Peixe - Camarão Rosa no Espeto

Dia 14/08 Quinta - Feira
10h:00 - Restaurante Perequim - Gnocchi de Cará com Abóbora e Carne Seca
14h:30 - Restaurante Raízes - Enseada

Dia 20/08 Quarta - Feira
10h:00 - Restaurante Peixe com Banana - Cozinha Caiçara
14h:30 - Restaurante Spaghetto - Linguine com Marisco e Brócolis

Dia 21/08 Quinta - Feira
10h:00 - Restaurante Malibu - Camarão Malibu
14h:30 - Restaurante Ubatuba Palace - Salmon Martinez

Dia 22/08 Sexta - Feira
10h:00 - Restaurante Bucaneiros - Kibe do Mar
14h:30 - Restaurante Donana - Donana

Dia 26/08 Terça - Feira
10h:00 - Restaurante Pedra Azul - Hotel Recanto das Toninhas - Camarão Beira Mar

Dia 27/08 Quarta - Feira
10h:00 - Restaurante Mar Virado - Polvo a Mar Virado
14h:30 - Restaurante Cajú - Cavala do Caju

Dia 28/08 Quinta - Feira
10h:00 - Restaurante Jangada - Camarão com Pequi
14h:30 - Félix Pizzaria - Pizza Félix

Dia 29/08 Sexta - Feira
Cozinha do Restaurante Oásis - Canto esquerdo da Praia Grande
14h:30 - Marinado a Oásis

Programação Palestras - 19h:30

Dia 14/08 - quinta-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Gastronomia e Sustentabilidade com Embalagens de Aço"
Thaís Fagury- coordenadora de projetos de embalagem CSN, executiva da ABEAÇO -
Associação Brasileira de Embalagens de Aço, Engenheira de Alimentos - Escola de
Engenharia de Mauá, pós -graduada em Gestão Empresarial pela Universidade de São Paulo

Dia 15/08 - sexta-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Azeite, uma valorização na culinária saudável"?
Marco A. Guimarães - executivo da D'Olivino -

Dia 19/08 - terça-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Maricultura na Região"
Alexandre Baldassin Gomes Novaes - Biólogo, mitilicultor, vice presidente da Associação dos Maricultores do Estado de São Paulo

Dia 20/08 - quarta-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Gastronomia Italiana e sua adequação brasileira"?
Bruno Stippe- Executive Chef e Sommelier Internacional. FIC -
Federazione Italiana Cuochi -Presidente da FIC Brasile e FIC América Latina

Dia 21/08 - quinta-feira
Hotel Ubatuba Palace
"Vinhos e Harmonizações"
Luis Fernando- Sommelier da Vinícula Miolo

Dia 22/08 - sexta-feira
Hotel Ubatuba Palace
"Culinária Caiçara" - lançamento do livro homônimo
Vito D'Alessio - Coordenador da editora Dialeto, fotógrafo e jornalista

Dia 26/08 - terça-feira
Unitau - campus Ubatuba
"A história e a evolução da cerveja"
Vitor Buzzo - Consultor Ambev

Dia 27/08 - quarta-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Alta Empregabilidade no Mercado de Gastronomia"
Marcio Moraes - Professor do SENAC Campos de Jordão durante 7 anos, responsável pela revista "Quem Indica"

Dia 29/08 - sexta-feira
Unitau - campus Ubatuba
"Aplicabilidade de Revenue Menagement em Hotéis e Restaurantes"
Fernando Ferreira Santiago - Turismólogo, MBA em Gestão Empresarial, longa experiência
na rede Accor

Cinema: SEMANA DE 15/08 a 21/08/2008
Cine Porto (12) 3833-2066

"Batman - O Cavaleiro das Trevas"
Ação!!!!Dublado!!!!!!
ás 15:50 - 18:30 - 21:25 hs

cineporto@hotmail.com

Poesia Topo

Anuncie

Perenidade da lembrança

A roda do mundo girou,
quem era criança cresceu,
quem era solteiro casou,
quem era talvez nasceu,
a flor cheirosa murchou,
uma nova rosa apareceu,
a roda do mundo girou,
só faltou levar junto
a nostalgia que restou.

Félix Cabral

Carta do Leitor
As mensagens, fotos e opiniões  publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As mensagens deverão conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.
Topo

Em junho, vendas e locações recuam no Estado de SP

O mês de junho não apresentou desempenho favorável nos segmentos de venda e locação de imóveis usados em todo o Estado de São Paulo. De acordo com os dados apurados pela pesquisa CRECI-SP em 37 cidades, incluindo a Capital, o número de novos contratos de aluguel foi 21,42% menor que o obtido em maio e a venda de casas e apartamentos registrou recuo de 8,63% no mesmo período.
Mesmo com esse resultado, a maioria das imobiliárias consultadas - 44,29% - considerou o desempenho de junho igual ao de maio; 26,48% afirmaram que o mercado está melhor e 29,23% acharam que foi pior.
O levantamento realizado mensalmente pelo Conselho Regional divide o Estado em quatro regiões: Capital, ABCD - incluindo Guarulhos e Osasco - Litoral e Interior. Destas quatro áreas, apenas uma - o Litoral - apresentou movimento inverso no mercado de locação de imóveis: houve um acréscimo de 3,46% no número de casas e apartamentos alugados em junho. Nos outros três pontos do Estado, os resultados foram negativos: -33,78% no Interior; -24,19% no Grande ABCD e -6,01% na Capital.
Em termos de faixa de valor de aluguel, a mais procurada pelos inquilinos ficou entre R$ 200,00 e R$ 400,00 mensais em todas as regiões do Estado exceto o Litoral. Ali, 48,31% dos contratos assinados foram de imóveis com aluguel entre R$ 400,00 e R$ 600,00.
O fiador se mantém na liderança como a principal garantia locatícia apresentada pelos locatários. No Interior, 86,08% dos contratos de aluguel foram feitos por meio desta garantia; 41,19% na Capital; 41,05% no ABCD, Guarulhos e Osasco; e 48,08% no Litoral.
A inadimplência no aluguel aumentou na Capital (19,21%) e no Grande ABCD (2,4%). Entretanto, no Litoral e no Interior, houve redução no número de inadimplentes de 40,26% e 1,23%, respectivamente.
Vendas - Outro dado interessante da pesquisa CRECI-SP diz respeito ao financiamento de imóveis usados. Na Capital, 48,15% dos negócios foram fechados à vista e 45,68% através de financiamento da CAIXA e de outras instituições privadas e estatais. No Interior, estes índices ficaram em 46,34% para as vendas à vista e 47,52% para os financiamentos.
Já no Grande ABCD, 77,52% das vendas foram financiadas pelos bancos e 15,98% foram feitas à vista. E no Litoral, as operações à vista representaram 72,04% do total de negócios fechados e os financiamentos bancários, 20,97%.
Imóveis com valores médios de até R$ 140 mil responderam por metade das vendas na Capital (51,19%) em junho. No Interior, 50,36% dos negócios fechados foram com imóveis de valor médio até R$ 100 mil. No Litoral, a faixa de até R$ 100 mil respondeu por R$ 57,07% do total vendido, enquanto que nas cidades do ABCD, Guarulhos e Osasco, a faixa de até R$ 120 mil concentrou 56,41% das vendas.
Os resultados de junho apontam queda de 8,63% no total de imóveis vendidos na comparação com maio, mas o resultado não foi negativo em todas as regiões. O recuo foi maior na Capital, onde atingiu 30,6%, seguida pelo Litoral, com 12% e pelo ABCD, Guarulhos e Osasco, com 6,57%. O Interior teve um volume de vendas 2,94% maior no período.
A pesquisa CRECI-SP foi feita nas cidades de Americana, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Diadema, Guarulhos, Franca, Itu, Jundiaí, Marília, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba, Bertioga, Guarujá, Santos, São Vicente, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe e Praia Grande.
Fonte: CRECI/SP

Ozéias Amaro de Oliveira
Coord. de Pesquisa
Ubatuba, SP

Vagas pros peixes...

Foto do Dia Topo

Para participar desta seção basta enviar as fotos com crédito do autor e legenda, no tamanho mínimo
de 1024 x 768 pixels com resolução de 72dpi para fotododia@litoralvirtual.com.br.  O envio da foto caracteriza autorizada a sua publicação, assumindo o autor total responsabilidade pela publicação da mesma.

Tabatinga  © Emilio Campi

Tabatinga
© Emilio Campi

Envie sua foto!

Para instalar a foto como papel de parede (wallpaper)
Clique na foto acima. Após carregar a foto ampliada, clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha "Definir como papel de parede" ou "Definir como fundo de tela". Para ajustar a imagem em tela cheia, clique em qualquer lugar da área de trabalho com o botão direito do mouse, escolha "Propriedades" / "Fundo de Tela" ou "Papel de Parede" / "Ampliar".

Arquivos:  Foto Saudade  -  Foto do Dia

 Faça seu comentário, crítica, opinião ou sugestão no Litoral Virtual:
Clique Aqui


As notícias, fotos e cartas publicadas neste boletim são de inteira responsabilidade de suas fontes e autores,
não expressando necessariamente a opinião deste informativo. O envio de qualquer material para nosso e-mail
será considerado como autorizado a sua publicação e assumida a total responsabilidade pelo seu conteúdo.
As cartas devem conter nome completo, RG, endereço, telefone de contato e um e-mail válido.
Reservamos o direito de não publicar cartas que não contenham a devida  identificação do autor.

Editor: Emilio Campi

GRÁTIS!!
Receba as Últimas Notícias do Litoral em seu e-mail:

Quero receber GRATUITAMENTE o boletim Últimas Notícias do Litoral:

e-mail:
Cidade:



Obs.: Você poderá cancelar o recebimento das notícias a qualquer momento.

 

Conheça as cidades do Litoral Norte Paulista:

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba

Litoral Virtual
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet
Sugestões, críticas e informações, entre em contato:
info@litoralvirtual.com.br

©1995/2001 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor