Artigos Anteriores

Ronaldo Dias

Auto Estima

Não houve grandes surpresas na nomeação dos assessores do novo prefeito. De todos os discursos que ouvi, pincei uma frase bastante significativa. A recuperação da auto estima da cidade. Trabalho árduo, mas imprescindível. Difícil. Muito difícil. Envolve, na verdade, uma reorganização sócio-econômica total do município.

Não gostei das propostas das identidades visuais para a administração, a tal “canoa”. Muito menos da frase “você esteve no paraíso” para “lembrar” aos nossos visitantes nossos predicados. Não podemos vender (por enquanto) o que não temos para entregar. Os problemas do nosso paraíso são complexos, não podem e não devem ser tratados com metodologia simplória.

Uma cidade que foi induzida politicamente à exploração imobiliária, portando privilegiando o veraneio, voltar para o turismo é complexo. Esta atividade, ocupou as melhores áreas disponíveis com predinhos de um dormitório, a maioria de aluguel temporário. As praias, mais freqüentadas, foram loteadas para barracas e invadidas por centenas de carrinhos de ambulantes para desconforto e incomodo aos usuários. Não há ordem, critérios, muito menos fiscalização.

O mesmo acontece nas zonas centrais da cidade, e principalmente na famosa e conhecida Av Iperoyg, onde a paisagem foi completamente deturpada por esta atividade (comércio ambulante) onde ela não respeita nem mesmo o marco histórico do Cruzeiro. Tomadores de conta de carros, lotearam entre si, as ruas. Mendigos e pedintes ( aqui despejados por municípios vizinhos) disputam, com violência, em plena calçada, com os catadores de latinhas, as sobras das mesas dos restaurantes.

Ambos, mais os visitantes da noite, urinam e defecam com espontânea naturalidade pelos jardins e muros da cidade. Aliás, ela já fede. As discotecas sobre rodas, movidas a drogas e muito álcool ao volante, sonorizam a milhões de decibéis o meio ambiente. Até mesmo em frente da Santa Casa. Bares noturnos e flipers disputam os trocados dos menores em atividades de maiores. Inclusive prostituição. As bicicletas indisciplinadas, valentes, mal educadas e sem mão de direção, tomaram conta das ruas, das calçadas e calçadões. Para não falar nas quermesses, tipo barraquinhas, de pau cobertas de lona plástica, que infestam mensalmente o calendário anual de “eventos” er fazem (junto com os demais ambulantes) tabula rasa às regras da vigilância sanitária para a manipulação de alimentos.

Nas praias, os canos de esgotos da SABESB, vazam na Enseada, por conta da tal bomba de recalque, que funciona apenas quando o funcionário liga. Quem liga? Como se não bastasse, ruas e casas abandonadas desertificaram a EX – badalada Enseada. Quem se lembra? Na mesma rota, o Lázaro, as Toninhas, o Perequê- Mirim até mesmo, vejam vocês, a Praia Da Almada. Em todas, ruelas estreitas, invadidas, vão descaracterizando a paisagem e a passagem. Em todas, o hábito de lixeiras coletivas, impunes, comprometem perigosamente a saúde publica.

Responda quem souber: Quais praias os hotéis do centro podem, e devem indicar para seus hóspedes? Em quais encontrarão o que vieram buscar? E os hotéis destas praias? Seus acessos e suas placas indicativas? E as nossas estradas? Esburacadas, cheias de lombadas ( com buracos também) abandonadas, sem acostamentos, terceiras faixas, são, quando muito, um caminho.

Assim, justifico o meu desagrado com o lançamento do “você esteve no paraíso”. Temos muito ainda pela frente. Como desenvolver a nossa vocação dentro deste quadro, sem recuperar a auto estima da cidade? Quanta legislação a ser modificada. Quanta imposição de vontade política. Quanta imposição de autoridade. Recuperar a auto estima da cidade, vai dar um trabalhão! Vai desagradar alguns, mas irá beneficiar a todos.

Que Ele ilumine o novo prefeito, e lhe dê toda a coragem e as condições necessárias para executar este trabalho hercúleo. Já imaginaram quando não teremos mais que explicar a quem nos visita o porque a cidade e as praias ficaram como estão? Vai ser gratificante.
Paulinho, nós todos vamos ficar lhe devendo essa.

Ubatuba, 22/12/2000

Ronaldo Dias

Artigos Anteriores

Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Conheça as cidades do Litoral Norte:
Caraguatatuba Ilhabela São Sebastião Ubatuba
Home Litoral Virtual - Home Page
O mais completo site do Litoral Norte Paulista na Internet

info@litoralvirtual.com.br
©1995/2010 Emilio Campi - Studio Maranduba - Direitos Reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem a expressa autorização do autor

Sites do grupo: Litoral Virtual - Jornal Maranduba - PanoTour - Caraguá - Maranduba - Maré Legal - Truckmodelismo Brasil - ECampi